EDUARDO SUED (1925 - )

Pintor, desenhista, gravador, ilustrador, vitralista e professor. Graduou-se na Escola Nacional de Engenharia do Rio de Janeiro (1948). No ano seguinte estudou desenho e pintura com Henrique Boese. Trabalhou como desenhista no escritório de Oscar Niemeyer (entre 1950 e 1951). Viajou para Paris (1951) onde frequentou as academias “La Grande Chaumière” e “Julian”. Retornou ao Rio de Janeiro (1953) e frequentou o ateliê de Iberê Camargo para estudar gravura em metal, tornando-se mais tarde, seu assistente. Lecionou desenho e pintura na Escolinha de Arte do Brasil (1956) e transferiu-se para São Paulo (1957) onde ministrou aulas de desenho, pintura e gravura, na FAAP (1958 a 1963). Voltou a morar no Rio de Janeiro (1964) e publicou o álbum de águas-fortes “25 Gravuras”. Ministrou aulas de gravura em metal no MAM, RJ (entre 1974 e 1980). Realizou exposições individuais no: Rio de Janeiro (1968, 1970, 1974, 1982, 1983,1986,1987, 1990, 1992, 1994, 1997 a 2000, 2004, 2005, 2010, 2013 a 2017); São Paulo (1984, 1989, 1993, 1999, 2003, 2005, 2010, 2016); Curitiba, PR (1995); Belo Horizonte, MG (2010, 2013); Brasília, DF (2019). Também foram muitas as participações em mostras coletivas e oficiais, destacando-se: Bienal Internacional de Gravura, Cracóvia – Polônia (1970); Bienal Internacional de São Paulo (1981, 1987, 1989); Bienal de Veneza (1984); Bienal do Merco Sul (2005). ARTE NO BRASIL PÁG. 814; JULIO LOUZADA VOL. 2, PÁG. 975; www.sued.art.br; ITAU CULTURAL; ACERVO FIEO; www.artprice.com.