MANUEL CARGALEIRO (1927 - )

Pintor, ceramista, azulejista nascido em Vila Velha do Ródão - Beira Baixa - Portugal. Estudou na Escola de Belas Artes de Lisboa e depois de decidir dedicar-se à cerâmica, estudou com Jorge Barradas na Escola de Artes Decorativas de Lisboa. Conhecido, sobretudo como pintor ceramista, a partir de 1952 participou de várias exposições em Portugal e Paris, recebendo muitos prêmios internacionais por suas criações. Em 1957 ganhou bolsa de estudos e seguiu para a Itália, onde trabalhou. Em 1958 dedicou-se à faiança de Gien. Mudou-se para Paris e começou a trabalhar com pintura. Em 1964 veio ao Brasil e expôs no Rio, Brasília, Porto Alegre e São Paulo. Depois seguiu para a Alemanha, Itália e Japão. Possui obras nos museus de Genebra, Haifa, Jerusalém, Lisboa, Porto, Rabat e Rio de Janeiro. Em 1990 foi criada, em Lisboa, a Fundação Manuel Cargaleiro para a qual ele doou um grande número e uma grande variedade de suas próprias obras e de sua coleção. BENEZIT VOL. 2, PÁG. 524; ITAU CULTURAL; JULIO LOUZADA VOL. 3, PÁG. 217; VOL. 8, PÁG. 170; infopedia.pt; insideportugaltravel.com; arcadja.com; lisboapatrimoniocultural.pt; artnet.com; web.artprice.com.