THOMAZ IANELLI (1932 - 2001)

Pintor, gravador, aquarelista, desenhista e professor nascido e falecido em São Paulo. Teve aulas de desenho e pintura com Angelo Simeone (1953) na Associação Paulista de Belas Artes, SP. Trabalhou com publicidade até 1957 e depois dedicou-se à pintura. Integrou o Grupo Guanabara. Viajou pela Europa com o prêmio de viagem recebido no Concurso Velázquez do MAM, RJ (1961). Ministrou curso de desenho no Centro de Estudos Brasileiros, em Lima, Peru (1965). Tornou-se membro do conselho da Associação Internacional de Artes Plásticas da UNESCO (1972) e, dez anos depois, foi eleito o primeiro presidente da Associação Profissional de Artistas Plásticos. Participou do Congresso Internacional de Artes Plásticas realizado em Stuttgart, Alemanha (1979) e trabalhou em um ateliê de Rothrist, Suíça. Realizou exposições individuais em: São Paulo (1960, 1961, 1964, 1965, 1968, 1970,1972, 1977, 1980, 1985, 1986); Campinas, SP (1960,1971); Rio de Janeiro (1961, 1973, 1975, 1976, 1979, 1982); Paris, França (1962,1980); Madri, Espanha (1962,1964); Bilbao, Espanha (1962,); Brasília, DF (1995); São Bernardo do Campo, SP (1996); Lima, Peru (1965); Santos, SP (1969); Belo Horizonte, MG (1984); Curitiba, PR (1979,1985); Brasília, DF (1985); Porto Alegre, RS (1985); Buenos Aires, Argentina (1987). Participou de diversas mostras coletivas e oficiais pelo Brasil e exterior, destacando-se; Bienal Internacional de São Paulo (1961, 1967 – Prêmio, 1975 - Prêmio); Bienal de Paris, França (1963); Trienal Latino Americana Del Grabado, Buenos Aires - Argentina (1979); Panorama da Arte Atual Brasileira, MAM – SP (1969, 1970, 1987); Biennial Print Exhibition, Taipei Fine Arts Museum – Taiwan Republic f China (1987).Recebeu muitos prêmios. TEIXERIA LEITE, PÁG. 507; PONTUAL PÁG. 523; MEC, VOL. 2, PÁG. 345; WALTER ZANINI, PÁG. 755; ARTE NO BRASIL, PÁG.914, JULIO LOUZADA VOL. 1, PÁG. 478; VOL. 3, PÁG. 1133; ACERVO FIEO; www.artprice.com.