JOÃO BAPTISTA DA COSTA (1865 - 1926)

Pintor, desenhista, professor nascido em Itaguaí, RJ e falecido no Rio de Janeiro, RJ. Iniciou sua formação artística em 1877 no Asilo dos Meninos Desvalidos, Rio de Janeiro, onde estudou desenho com Antônio de Souza Lobo. Em 1885 ingressou na Academia Imperial de Belas Artes - Aiba e foi aluno de Zeferino da Costa , José Maria de Medeiros e Rodolfo Amoedo. Em 1894 recebeu o prêmio de viagem ao exterior na 1ª Exposição Geral de Belas Artes. Foi para a Europa e, em 1897, estudou com Jules Joseph Lefebvre e Tony Robert-Fleury na 'Académie Julian', em Paris. Na sua volta, o artista passou a expor anualmente nos Salões nacionais, recebeu medalha de ouro de segunda classe em 1900, de primeira classe em 1904 e a grande medalha de ouro em 1908. Em 1906, foi convidado pela Aiba a substituir Rodolfo Amoedo na coordenação do ateliê de pintura. Teve como alunos: Candido Portinari, Orlando Teruz e Quirino Campofiorito, entre outros. De 1915 até 1926 assumiu a direção da Enba. Em 1915 o artista foi homenageado com duas honrarias: uma artística - a medalha de honra da 22ª Exposição Geral de Belas Artes, a outra foi a sua eleição como diretor da Enba, cargo que exerceu até o fim da vida sem deixar de dirigir o ateliê de pintura. Nessa função, formou muitos discípulos na pintura de paisagem, como Levino Fanzeres, Francisco Manna e Vicente Leite. JULIO LOUZADA VOL. 1, PÁG. 276; PONTUAL PÁG. 61; TEIXEIRA LEITE PÁG. 62; ITAU CULTURAL; WALTER ZANINI PÁG. 443; ARTE NO BRASIL PÁG. 556; F. ACQUARONE PÁG. 141; MEC VOL. 1, PÁG. 470; www.artprice.com; www.pinturabrasileira.com.