GREGÓRIO GRUBER (1957 - )

Pintor, desenhista, gravador, escultor, cenógrafo e fotógrafo, Luís Gregório Gruber Novaes Correia nasceu em Santos, SP. Assina Gregório. Frequentou o curso de desenho de Frederico Nasser (1969) e também produziu filmes em super-8. Em 1971, interrompeu o curso de arquitetura na Universidade Mackenzie e passou a frequentar aulas de litografia e de gravura em metal no Ateliê Mário Gruber, seu pai, e no Socorro Curso de Gravura em Metal, respectivamente. Ingressou no curso de artes plásticas da FAAP (1972), abandonando-o no ano seguinte. Viajou para Paris e teve aulas de desenho na "Académie de la Grande Chaumière" (1974). Foi responsável pelo curso de desenho de modelo vivo na Pinacoteca do Estado de São Paulo (1976). Sua obra foi objeto de quatro filmes: "O Gesto Criador" (1977) e "Retrato do Artista Quando Jovem" (1978), ambos de Olívio Tavares de Araújo; "Uma Tarde com Gregório" (1987), de Nelson Pereira dos Santos e "Gregório" (1992), do Instituto Itau Cultural. Realizou exposições individuais em São Paulo (1974, 1976 a 1980, 1982 a 1984, 1988); Campinas, SP (1974); Rio de Janeiro (1975, 1976, 1983); Brasília, DF (1978, 1981); Santos, SP (1979); Porto Alegre, RS (1980). Tem participado de mostras coletivas e oficiais como: Panorama da Arte Atual Brasileira, SP (1971); Bienal Internacional de São Paulo (1973), entre outras. Foi premiado em: Campinas, SP (1972); Jundiaí, SP (1975); São Paulo (1976 - Melhor Gravador da APCA-SP); São Caetano do Sul, SP (1976); Rio de Janeiro (1976); Maldonado, Uruguai (1978 – II Bienal). JULIO LOUZADA VOL.2, PÁG. 468; VOL. 4, PÁG. 488; VOL. 9, PÁG. 385; ITAU CULTURAL; ACERVO FIEO; www.artprice.com.