VINCENZO CENCIN (1925 - 2010)

Pintor e engenheiro nascido em Veneza, Itália e falecido em São Paulo. Formou-se engenheiro eletromecânico na Itália. Iniciou-se na pintura sob a orientação de Francescchini (1941) na cidade de Tolmezzo. Durante a Segunda Guerra Mundial enfrentou os fascistas e foi preso por alemães, ficando um ano e meio em um campo de concentração. Terminada a guerra emigrou para o Brasil, fixando residência em São Paulo (1949). Nos anos de 1950, 1960 e 1970, sem abandonar a pintura, trabalhou como engenheiro eletrônico numa indústria de eletrodomésticos de São Paulo. Em 1980 aposentou-se para dedicar-se somente à pintura, montando em 1981 a Galeria Velha Europa. Realizou exposições individuais em: São Paulo (1981, 1982, 1992); Fortaleza, CE (1986); Rio de Janeiro (1986, 1987, 1988); Blumenau, SC (1990). Participou de diversas mostras coletivas e Salões oficiais, recebendo alguns prêmios. Em 1992 realizou-se exposição comemorativa dos 50 anos de sua pintura em São Paulo. JULIO LOUZADA, VOL.2, PÁG. 262; VOL. 6, PÁG. 239; ITAU CULTURAL; portalartes.com.br; oscardambrosio.com.br; www.artprice.com.