VASCO PRADO (1914 - 1998)

Gravador, escultor, tapeceiro, ilustrador, desenhista e professor, Vasco Prado Gomes da Silva nasceu em Uruguaiana, RS e faleceu em Porto Alegre, RS. Estudou por um breve período na Escola de Belas Artes de Porto Alegre (1940). Iniciou pesquisas em escultura como autodidata. Construiu seu primeiro ateliê (1941) e foi assistido pelo pintor Oscar Boeira. Estudou em Paris (1947 e 1948) como bolsista do governo francês. Foi aluno de Fernand Léger e frequentou por um curto período o ateliê de gravura da "École Nationale Supérieure des Beaux-Arts". Em Paris, entrou em contato com o artista mexicano Leopoldo Mendez, dirigente do "Taller de Gráfica Popular". Retornou ao Brasil (1949) e fundou o Clube de Gravura de Porto Alegre (1950) com Carlos Scliar. Lecionou escultura no Ateliê Livre da Prefeitura Municipal de Porto Alegre (1966). Fez estágio como artista convidado (entre 1968 e 1969) viajando pela Europa. Integrou a equipe de direção do Museu de Arte do Rio Grande do Sul Ado Malagoli - Margs (1987 - 1991). Possui esculturas e painéis murais instalados em espaços públicos no Brasil e no exterior. Foi realizada a retrospectiva "Vasco Prado, 80 Anos" (1994) na Usina do Gasômetro, Porto Alegre. Realizou exposições individuais em: Porto Alegre, RS (1949, 1966, 1980, 1984, 1987); Rio de Janeiro (1965, 1988); Salvador, BA (1965); São Paulo (1965, 1984, 1985 – retrospectiva no MAB); Córdoba, Argentina (1966); Montevidéu, Uruguai (1966); Varsóvia, Polônia (1968); Munique, Alemanha (1969); Pelotas, RS (1989); entre outras. Participou de muitas mostras coletivas e oficiais pelo Brasil e exterior como: Bienal Internacional de São Paulo (1967, 1985); Bienal de Varsóvia, Polônia (1968); Panorama da Arte Atual Brasileira, MAM – SP (1972, 1973, 1978). Recebeu diversos prêmios. PONTUAL PÁG. 534; MEC VOL. 3, PÁG. 435; WALTER ZANINI, PÁG. 711; ARTE NO BRASIL, PÁG. 842; JULIO LOUZADA VOL.4, PÁG. 913; ITAU CULTURAL; www.artprice.com.