GIUSEPPE SIGNORINI (1857 - 1932)

Pintor nascido e falecido em Roma, Itália. Estudou no Instituto de Belas Artes de Roma e depois foi aluno de Tiratelli. Expôs seu primeiro trabalho na Mostra do Círculo Artístico de Roma. Casou-se e foi para Paris onde participou de vários Salões Oficiais. Viveu por trinta anos nessa cidade produzindo e conquistando prêmios. Foi nomeado diretor da Academia de Belas Artes dos Campos Elíseos. Muitas de suas obras fazem parte do acervo da Galeria Nacional de Arte de Barcelona e dos Museus de: Brema e Hamburgo- Alemanha, Madri - Espanha, São Petersburgo - Rússia, Paris e Nova York. BENEZIT VOL. 9, PÁG. 597; JULIO LOUZADA VOL. 2, PÁG. 946; artfact.com; artnet.com; askart.com; arcadja.com; christies.com; artnet.com; web.artprice.com.