FRANZ XAVER WINTERHALTER (1805 - 1873)

Pintor, desenhista e litógrafo alemão nascido em Menzenschräend, Black Forest e falecido em Frankfurt. Estudou gravura com um tio em Freiburg e depois foi trabalhar em Munique (1823) no Instituto Litográfico Piloty. Nesse período, recebeu orientações do pintor de retratos Stieler. Estabeleceu-se em Karlsruhe como pintor de retratos e executou, com sucesso, uma efígie do Grão-Duque Leopold de Baden e assim, foi nomeado pintor de sua corte. Mudou-se para Paris (1834) e, protegido pela Rainha Maria-Amélia, cujo retrato pintou, logo se tornou conhecido, não só na França, mas também nos principais países da Europa. Pintou o Rei Luís Filipe e os principais membros da Casa de Orleans, o Príncipe Imperial (Salão de 1864), o Imperador Franz Josef, a Grã-duquesa Helena da Rússia, o Rei Leopoldo I, o Príncipe Alberto e sua família, e exaltou especialmente as glórias da Rainha Vitória. Da mesma forma, foi responsável por registrar os esplendores do Segundo Império em torno de Napoleão III e da Imperatriz Eugénie no “Château des Tuileries” e no “Parc de Compiègne”. Também executou uma série de paisagens. Participou de várias exposições coletivas: “Salon” de Paris (1835 a 1868, sendo premiado com uma medalha de segunda classe em 1836, e medalhas de primeira classe em 1837); Exposição Universal (1855) e Salão da “Royal Academy”, Londres (1852 a 1867). Foi nomeado “Chevalier da Légion d'Honneur” em 1839 e Oficial em 1857. BENEZIT; www.artprice.com.