Leilão de Abril de 2012

24 e 25 de Abril de 2012

001 - CAMILO EDUARDO TAVARES - (1932)
Lance Livre - " Os oito jogos proibidos ache-os" - ast - 30 x 40 - cid - Rio de Janeiro
Paulistano, o pintor foi membro de juri da Associação dos Artistas Plásticos de São Paulo. Segundo depoimento do próprio artista: " Os meus quadros são carregados de humanismo, amor e realidade, uma verdadeira mensagem filosófica pois quem leva a vida com amor à arte, é feliz." Expõe individualmente desde 1971, inclusive MAM-RJ em 1974; e coletivamente a partir de 1970. Internacionalmente, expôs a partir de 1971, destacando-se Alemanha, EUA, México e Itália. JULIO LOUZADA, vol.4, pág. 1083. Acervo FIEO.

002 - TOMOSHIGUE KUSUNO - (1935)
Lance Livre - A chuva chegou - lito. 44/50 - 49 x 66 - cid - 1978
Natural de Yubari, Japão. Pintor, desenhista e gravador. A obra do autor situa-se no limiar entre o formalismo e o objeto. Individuais a partir de 1976, coletivas internacionais em 1982, e premiações diversas. JULIO LOUZADA, vol.4, pág.1101; MEC, vol.2, pág.430 e 431; PONTUAL, págs.295 e 296; TEIXEIRA LEITE, pág.274; WALMIR AYALA, vol.1, pág.452; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 697; ARTE NO BRASIL, pág. 968; LEONOR AMARANTE, pág. 171, Acervo FIEO.

003 - SANTE BULLO - (1895 - 1987)
Lance Livre - Paisagem - a - 17 x 31 - cid
Natural de Porto Tolle, Itália, onde nasceu em 6 de setembro de 1895. Fixou residência em São Paulo a partir de 1948, desenvolvendo diversas atividades na área artística, inclusive como professor na Associação Paulista de Belas Artes, no Dante Alighieri, Liceu Franco Brasileiro, Colégio São Luis, etc. Executou além de belos quadros, grandes trabalhos como painéis para decoração de industrias, igrejas e salões comerciais. Pintor de paisagens e cenas urbanas. Retratou várias cidades de Minas Gerais, Bahia e Rio de Janeiro; e, em São Paulo, as cidades litorâneas de Iguape e Cananéia. Um dos pontos altos de sua pintura é a intensa luminosidade e o brilho que confere a seus quadros. Soube tirar extraordinário partido dos claros e escuros, ao mesmo que tempo em que funde numa só obra a força da pintura clássica e o melhor da atmosfera impressionista. Participou de inúmeros certames oficiais, recebendo diversas premiações. JULIO LOUZADA, vol. 1, pág. 863/864, Acervo FIEO.

004 - WALDEMAR MARANGONI JUNIOR - (1972)
Lance Livre - "Crianças da Abrasta alegria e doação" - ast - 60 x 80 - cie e d
Pintor nascido em São Paulo. Assina Marangoni Junior. Em 1985 fez desenho na Recrearte, depois freqüentou o Ateliê RM Iguma e estudou pintura com R.Pinto. Realizou várias exposições individuais em: São Paulo (1989, 1991, 2003, 2005, 2006); Portugal (1991, 1993); Itália (2000); Argentina (2003). Participou de inúmeros Salões oficiais nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e ganhou prêmios em: Capivari, SP (1991); Piracicaba, SP (1991); São Paulo (1993, 1994, 2005) Mariana, MG (1993); Presidente Venceslau, SP (1995); Presidente Prudente, SP (1998); Belo Horizonte, MG (2000); Extrema, MG (2005). JULIO LOUZADA VOL.9, PÁG.530; VOL.10, PÁG. 543; www.galeriaaberta.com.

005 - ALDEMIR MARTINS - (1922 - 2006)
Lance Livre - Gato - grav. 147/250 - 24 x 19 - ci - 1997/98
Com a seguinte inscrição no dorso" Feliz Natal e bom Ano Novo do Aldemir Martins 1997/98". -Desenhista, pintor e gravador. Viveu em São Paulo a partir de 1946, após rápida permanência no Rio de Janeiro (1945). Um dos fundadores da Sociedade Cearense de Artes Plásticas. Participou da I à IV Bienal de São Paulo, premiado na Bienal de Veneza e MAM-RJ, 1951, 1953 e 1957, prêmio de melhor desenhista nacional. Dedicou-se a temas do nordeste (cangaceiros, rendeiras, retirantes), passando depois a retratar peixes, gatos, cabras, galos, flores e frutas do Brasil; sua obra caracteriza-se pelo traço múltiplo e variado. MEC, vol. 3, pág. 78, PONTUAL, págs. 342/343; ARTE NO BRASIL, vol 2, pág. 1051; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 637; LEONOR AMARANTE, pág. 18; Acervo FIEO.

006 - VICTOR VASARELY - (1908 - 1997)
Lance Livre - Figura - lito. E/A XI de XV - 100 x 75 - cid
Natural de Pecs, Hungria, onde nasceu a 9 de abril de 1908. Pintor e gravador, viveu em Paris desde 1930, naturalizando-se frânces em 1961. Iniciou-se na Academia de Padolini-Volkmann, Hungria, filiando-se à Bauhaus de Budapest. Mestre da pesquisa abastrata, é tido como continuador do espírito que moveu as realizações da Bauhaus, de de Albers e de Moholy Nagy. Deu um impulso excepcional à arte ótica, pela qualidade de suas realizações. Expôs individualmente em Paris, Bruxelas, Copenhagen, Estocolmo e outros grandes centros culturais europeus. WALTER ZANINI, pág. 664; JULIO LOUZADA, vol. 1, pág. 1024; LEONOR AMARANTE, pág. 137;

007 - WALDECI DE DEUS - (1952)
Lance Livre - Paisagem - ast - 40 x 30 - cid - 2008
Pintora, natural de Boa Nova, Bahia. Veio para São Paulo, com a família, aos quinze anos de idade. Autodidata, começou a pintar no final dos anos 60 e já em 1969 ganhou seu primeiro prêmio ao participar de uma coletiva. Realizou exposições individuais em: São Paulo, Osasco, Santos, Ribeirão Preto, Jaboticabal, Suzano, Salvador - BA e participou de várias coletivas pelo Brasil, Estados Unidos, Alemanha e Itália. www.waldecidedeus.kit.net.

008 - RENATO SOTTOMAYOR - (1921 - 1958)
Lance Livre - Nus - dn - 25 x 34 - cid - 1949
Pintor, desenhista, ilustrador e decorador nascido no Rio de Janeiro onde estuda na Escola Nacional de Belas Artes. Faleceu em Santos, SP. Em 1950, transfere-se para São Paulo e passa a lecionar no MAM. Também estuda com André Lhote e Gino Severini, em Paris. Como decorador, colaborou com o arquiteto Sérgio Bernardes e também se destacou como ilustrador de obras literárias. Exposição individual em Roma (1952). Participou, em São Paulo, da 1ª Bienal e do Salão de Arte Moderna (1951); em Paris (1956) da exposição do Museu de Arte Moderna. MEC, VOL. 4, PÁG. 310; PONTUAL, PÁG. 500; JULIO LOUZADA, VOL. 11, PÁG. 306.

009 - VIRGÍLIO DELLA MONICA - (1889 - 1956)
Lance Livre - Natureza morta - osc - 18 x 25 - cie
Pintor ativo em São Paulo, onde participou do Salão Paulista de Belas Artes em 1940 e 1942. Pintou paisagens, naturezas mortas e figuras. THEODORO BRAGA; JULIO LOUZADA, vol. 5, pág. 302; ACERVO FIEO, pág. 280.

010 - THOMAZ IANELLI - (1932 - 2001)
Lance Livre - Composição - grav. P.A. - 34 x 34 - cid
Natural de São Paulo, estudou com Angelo Simeone na Associação Paulista de Belas Artes (1953). Participou de coletivas do Grupo Guanabara. Expôs individualmente desde 1960, em diversas cidade do País e no exterior (Madrid, Paris, Bilbao e Lima), e particpou de coletivas nacionais e estrangeiras, sendo presença constante em mostras antológicas de pintura brasileira no país e no estrangeiro. Sobre sua obra mais recente, já se disse pertencer a um mundo de suavidades carinhosas, poéticas, sem se tornar adocicado, monótono e cansativo. Um mundo feérico, aberto, fluído. Viveu no Paraná, com grande sucesso de público e crítica. TEIXERIA LEITE, pág. 507; MEC, vol. 2, pág. 345; WALTER ZANINI, pág. 755; ARTE NO BRASIL, pág.914, Acervo FIEO.

011 - VINCENZO CAPRILE - (1856 - 1936)
Base: R$ 3.800,00 - Camponesa - osm - 83 x 36 - csd
Pintor da Escola Italiana que nasceu em Nápoles, Itália. Foi aluno do Instituto de Belas Artes de Nápoles e participa de Salões e exposições oficiais, a partir de 1873. Possui obras em muitos museus da Europa. BENEZIT, VOL.2, PÁG. 509; ART PRICE; ARTNET.

012 - PAULO CALAZANS - (1947)
Lance Livre - "Eles foram por ali" - g s/c - 30 x 21 - cid
Mineiro de Caratinga, onde nasceu a 25 de maio de 1947. Gravador, desenhista, fotógrafo e poeta. Dos 15 aos 30 anos executou trabalhos na área visual (pintura, ilustração, gravura, fotografia, cenografia, entre outros), o que gerou a sua formação atual. Sua obra reflete várias tendências, ora passando uma releitura na História da Arte no período 1300/1950, ora desenvolvendo imagens a partir do inconsciente racionalizado. Individuais e coletivas a partir de 1983, com premiações. JULIO LOUZADA vol.11, pág. 49.

013 - VICENTE MOLINA - (XX)
Lance Livre - Paisagem - osm - 22 x 40 - cid
JULIO LOUZADA, vol.4 pág.749 e 750.

014 - SONYA GRASSMANN - (1933 - 1997)
Lance Livre - Moça - grav. 20/50 - 50 x 32 - cid - 1975
Batizada Anne Marie Elisabeth Graesse, esta importante gravadora nasceu em Burgas, Bulgária , e faleceu em São Paulo. Era filha de pintor alemão e trapezista húngara. Veio para o Brasil em 1950, excursionando pelo país com uma trupe de luta livre. Em 1952, trabalha na Galeria Oxumaré em Salvador. Nesse ano, conhece o gravador e desenhista Marcelo Grassmann, casam-se e passam a viver em São Paulo. Por volta de 1962 começa a pintar; no entanto, é raro expor. Expõe em Individual, na Oficina de Arte, Porto Alegre, 1977; Individual, na Seta Galeria de Arte, São Paulo, 1982 e 1986; Individual, na Performance Galeria de Arte, Brasília, 1987; Coletiva, no Museu Banespa, São Paulo, 1994. "Existem artistas cuja produção, independem de sua vontade pessoal, desafia as verdades estabelecidas não por serem revolucionários ou inovadores. Às vezes, por parecerem distantes do processo histórico. Sonya Grassmann é uma dessas artistas. O seu trabalho é resultado de um imaginário no qual estão ausentes as referências da época, solicitações do século e, até mesmo, as preocupações típicas da sociedade de massa. O universo de Sonya é vagamente medieval. Estas imagens lembram uma Idade Média passada a limpo, vista de grandes sacadas de castelos idealizados. Tudo é particular, organizado e pesado de atmosfera cheia de intenções. Estas intenções podem ser românticas, mórbidas ou de expectantes. Alguma coisa está prestes a acontecer. Cada um percebe e recria a atmosfera que é mais afim." Jacob Klintowitz In: Sonya Grassmann. Brasília, Performance Galeria de Arte, 1987. JULIO LOUZADA vol.1, pág. 439; ITAU CULTURAL; TEIXEIRA LEITE, pág. 229.

015 - JOSÉ SABÓIA - (1949)
Lance Livre - Violeiro - ost - 40 x 40 - cid
Nascido em Almadina (BA). Indo para o Rio de Janeiro em 1967, começou a pintar no ano seguinte, passando a expor seus trabalhos na Feira Hippie de Ipanema. Sua primeira individual deu-se em Fortaleza em 1970; a partir de então, tem exposto com freqüência no Rio de Janeiro e em São Paulo. A pintura de Sabóia partiu de uma raiz eminentemente popular, tendo atingido depois um rebuscamento que se traduz no caprichoso desenho de linhas recurvas, na pincelada lisa, impessoal, no colorido reduzido a três ou quatro tons básicos e na composição, dotada daquele inconfundível horror vacui dos ingênuos. JULIO LOUZADA vol. 11, pág. 278; ARTE NAIF NO BRASIL, pág. 228; ITAÚ CULTURAL, Acervo FIEO.

016 - SYLVIO ALVES - (1926)
Lance Livre - Marinha - ost - 38 x 55 - cid
Com etiqueta da Seleção de Artistas Contemporâneos da Sociarte realizada em 1989 no Clube Atlético Monte Líbano- São Paulo. -Formado e ativo em São Paulo, foi expositor do Salão Paulista de Belas Artes. Especializou-se na Academia de Belas Artes de Roma e na Escola Superior de Belas Artes, na Academia Julien e na Grande Chaumièrè, na França. MEC, vol. 1, pág. 72; JULIO LOUZADA, vol. 1, pág.55; ITAÚ CULTURAL; Acervo FIEO.

017 - PAULO CALAZANS - (1947)
Lance Livre - Paisagem - g s/c - 30 x 21 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 012 deste catálogo.

018 - EVANDRO CARLOS JARDIM - (1935)
Lance Livre - "B.M.F." - grav. 215/250 - 50 x 70 - cid
Excepcional gravador e pintor, diplomado pela Escola de Belas Artes de São Paulo, em 1958. Suas obras são sensíveis, tem apuro artesanal e invenção formal; buscam o insólito da paisagem, transformando em arte quase surreal. PONTUAL, pág. 277; MEC, vol. 2, pág. 372; TEIXEIRA LEITE, pág. 264.; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 764; ARTE NO BRASIL, pág. 966; LEONOR AMARANTE, pág. 240. Acervo FIEO. -

019 - SHIGEO NISHIMURA - (1918 - 1983)
Lance Livre - Frutas - ost - 26 x 51 - csd - 7/1971
Paulistano de Catanduva, onde nasceu em 22/7/1918, e falecido em São Paulo-SP, aos 11/7/1983. Foi aluno de Juarez Almada Fagundes e Paulo Vergueiro Lopes Leão, na Escola de Belas Artes de São Paulo. Fixou-se em São Paulo a partir de 1946, participando de salões oficiais. Foi aluno de Bernardino de Souza Pereira durante quatro anos, em Itanhaém-SP. Sérgio Cavalcanti, na década de 80 comentava: " ... Shigeo transitava com delicadeza entre a técnica clássica e a pós-impressionista.Variava o tema, denotando sempre segurança, precisão e equilibrio. Nas cores preferia a suavidade, espelho do próprio artista." Individual em 1989 - póstuma no MASP-SP. Recebeu em vida diversos prêmios em salões oficiais. JULIO LOUZADA, vol 04 pag 1031

020 - JENNER AUGUSTO - (1924 - 2003)
Lance Livre - Paisagem - p - 30 x 20 - cid - 1964- Bahia
Com dedicatória. -Natural de Aracajú, SE, fixou-se em Salvador a partir de 1949. Juntamente com Mario Cravo Júnior, Carybé e Genaro de Carvalho, trabalhou pela renovação das artes plásticas da Bahia (1950). Seus temas preferidos são os alagados, marinhas e sacros. MEC vol.1, pág.148; PONTUAL, pág. 279; JULIO LOUZADA vol.11, pág. 157; WALTER ZANINI, pág. 717; ARTE NO BRASIL, pág. 874; LEONOR AMARANTE, pág. 75, Acervo FIEO.

021 - SALVADOR DALI - (1904 - 1989)
Lance Livre - A invasão - lito. os E. A. - 82 x 60 - cid
Pintor, gravador e cartazista. Grande mestre Catalão. Personagem extravagante, louco, irreverente, apocalíptico, são alguns dos adjetivos mais frequentes dados à sua pessoa, mas foi, sobretudo, um gênio. ART PRICE ANNUAL, 2000, págs.582 a 585: BENEZIT, vol.3, págs. 329 a 331; JULIO LOUZADA, vol. 1, pág. 309

022 - EMILIANO DI CAVALCANTI - (1897 - 1976)
Lance Livre - Bordel - ser. 45/200 - 57 x 38 - cid - 1965
Emiliano Augusto Cavalcanti de Albuquerque e Melo (Rio de Janeiro RJ 1897 - idem 1976). Pintor, ilustrador, caricaturista, gravador, muralista, desenhista, jornalista, escritor e cenógrafo. Inicia sua carreira artística como caricaturista e ilustrador, publicando sua primeira caricatura em 1914, na revista Fon-Fon. Em 1917, reside em São Paulo, onde freqüenta o curso de Direito no Largo São Francisco e o ateliê de Georg Elpons (1865 - 1939). Convive com artistas e intelectuais paulistas como Oswald de Andrade (1890 - 1954) e Mário de Andrade (1893 - 1945), Guilherme de Almeida (1890 - 1969), entre outros. Em 1921, ilustra A Balada do Enforcado, de Oscar Wilde (1854 - 1900), e publica o álbum Fantoches da Meia-Noite, editado por Monteiro Lobato (1882 - 1948). É o idealizador e o principal organizador da Semana de Arte Moderna de 1922, na qual expõe 12 obras. Em 1923, faz sua primeira viagem à França, onde atua como correspondente do jornal Correio da Manhã. Em Paris, freqüenta a Academia Ranson, instala ateliê e conhece obras, artistas e escritores europeus de vanguarda como, Pablo Picasso (1881 - 1973), Georges Braque (1882 - 1963), Fernand Léger (1881 - 1955), Henri Matisse (1869 - 1954), Jean Cocteau (1889 - 1963) e Blaise Cendrars (1887 - 1961). Volta a São Paulo em 1926, trabalha como jornalista e ilustrador no jornal Diário da Noite. A estada em Paris marca um novo direcionamento em sua obra. Em 1938 viaja a Paris, onde trabalha na rádio Diffusion Française nas emissões Paris Mondial. Retorna ao Brasil em 1940, trabalha como ilustrador, e publica poemas e memórias de viagem. Em 1972, seu álbum 7 Xilogravuras de Emiliano Di Cavalcanti é editado pela Editora Chile. REIS JR., págs. 378/379; TEODORO BRAGA, pág. 82; MEC, vol. 2, págs. 53 e 54; PONTUAL, págs. 176 a 178; WALMIR AYALA, vol. 1, págs. 256 e 257; ART SALES, vol.1, pág. 207; ITAU CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 446; LEONOR AMARANTE, pág. 12, Acervo FIEO.

023 - SANTUSA DE ANDRADE - (1941)
Base: R$ 4.000,00 - Composição - ast - 90 x 90 - d - 2002
Nasceu em BH, a 4 de outubro. Estudou com Oswald de Andrade Filho, em 1964 e com Frederico Nasser em 1968. Foi aluna na EScola Brasil, onde pontificavam Baravelli e José Resende, entre outros. "O seu trabalho é feito através da relação entre massas cromáticas. Há um sentido universal, alguma coisa de aparência cósmica, ou, mais cotidianamente, alguma coisa da aparência emocional do ser humano."Jacob Klintowitz, crítico de arte brasileiro, em 1984. JULIO LOUZADA, vol. 4 pág. 60; ITAÚ CULTURAL.

024 - FERNANDO ODRIOZOLA - (1921 - 1986)
Lance Livre - Gato - tm - 35 x 48 - cid - 1976
Fernando Pascual Odriozola nasceu em Oviedo, Espanha e faleceu em São Paulo. Pintor, desenhista e gravador. Começou a pintar em 1936. Veio para o Brasil em 1953 e fixou residência em São Paulo. No ano seguinte, realizou sua primeira exposição individual na Galeria Portinari. O Museu de Arte Moderna de São Paulo dedicou-lhe outra individual, em 1955. Na década de 1960, lecionou no Instituto de Arte Contemporânea da Fundação Armando Álvares Penteado e colaborou como ilustrador nos jornais O Estado de S. Paulo e Diário de S. Paulo, e na revista Habitat. Em 1964, integrou, com Wesley Duke Lee , Yo Yoshitome e Bin Kondo , o Grupo Austral, ligado ao movimento internacional Phases. Participou das 7ª, 8ª, 9ª, 12ª, 13ª, 14ª, 15ª e 18ª Bienais Internacionais de São Paulo onde foi premiado na 7ª, 8ª, e 14ª edição; da 7ª Bienal de Tóquio; dos 2º e 5º Panoramas da Arte Atual Brasileira, entre outras. No ano de seu falecimento, o Centro Cultural São Paulo (CCSP) realizou uma exposição retrospectiva póstuma em sua homenagem. JULIO LOUZADA VOL.11, PÁG. 231; MEC VOL.3, PÁG.291; PONTUAL PÁG. 389; ITAU CULTURAL; WALTER ZANINI PÁG. 737; ARTE NO BRASIL PÁG.907; LEONOR AMARANTE PÁG. 143; ACERVO FIEO.

025 - MARIE LOUISE MATTOS - (1916)
Lance Livre - Paisagem da Lapa - a - 31 x 21 - cie - Rio de Janeiro
Nascida em Paris, França, filha do escultor Antônio Pinto de Mattos. Pintora, cresceu em ambiente de intensa produção artística, tomando gosto pela arte desde muito criança. Transferiu-se para o Brasil na dec. de 40, passou a frequentar o Liceu de Artes e Ofícios do RJ, onde foi aluna de Armando Viana (1946). Já no ano seguinte recebia Menção Honrosa no SNBA. Nesse mesmo salão conquistou ainda a Medalha de Prata (1951). Ganhadora de prêmio viagem 'a Europa (1960), participou de salões na capital da França. Algumas de suas obras encontram-se no MNBA-RJ. JULIO LOUZADA, vol. 1 pág. 610, Acervo FIEO.

026 - MANEZINHO ARAUJO - (1910 - 1993)
Lance Livre - Feira - ser. 125/300 - 45 x 60 - cid
Com apenas dezesseis anos de idade mudou-se para Recife, a fim de concluir seus estudos. Após cursar a escola de comércio de Pernambuco, transferiu-se para o Rio de Janeiro, onde foi buscar fama através da música, sua primeira paixão. Destacou-se como compositor e intérprete de música popular nordestina, o que lhe valeu a possibilidade de montar um restaurante de comida nordestina em SP, muito famoso durante vários anos, o Cabeça Chata. Apesar de viver, em SP, suas raízes ainda permanecem em Pernambuco. De uma forma autodidata começou a dedicar-se à pintura, retratando o folclore nordestino, sua gente, suas vidas, fase que sustentou até o seu desaparecimento, com uma menção surrealista. Expôs individualmente nas Galerias Astreia e Capela (SP), e na Ranulfo em Recife (1969). Em 1968, apresentado por Aldemir Martins, teve publicado o álbum de serigrafias Meu Brasil. WALMIR AYALA, vol. 1, pág. 56; MEC, vol. 1, pág. 109; PONTUAL, pág. 38; JULIO LOUZADA, vol. 11, pág. 18; ITAU CULTURAL; ARTE NO BRASIL, pág. 832; Acervo FIEO.

027 - SANSÃO CAMPOS PEREIRA - (1926)
Lance Livre - Marinha - ose - 24 x 18 - cie
Ativo no Rio de Janeiro, foi membro da Academia Brasileira de Artes, e da Academia Brasileira de Belas Artes. Artista várias vezes premiado, participou de diversas coletivas e salões, recebendo premiações várias. Seu tema preferido é a marinha. MEC vol.3, pág.389; JULIO LOUZADA vol.11, pág.243, Acervo FIEO.

028 - INOS CORRADIN - (1929)
Lance Livre - São Francisco - lito. 97/150 - 100 x 53 - cid
Um dos valores da pintura em São Paulo. Corradin expôs com frequência na Europa e nos Estados Unidos, onde seus quadros são muito apreciados. Também tem se dedicado com igual talento e sucesso a escultura. JULIO LOUZADA, vol. 11, pág. 152; PONTUAL, pág. 143; MEC, vol. 1, pág. 448; WALMIR AYALA, vol. 1, pág. 215; ITAÚ CULTURAL; Acervo FIEO.

029 - OCTÁVIO ARAÚJO - (1926)
Lance Livre - casal - xilo. - 23 x 19 - cid
Este importante artista brasileiro nasceu em Terra Roxa, SP. Em São Paulo foi aluno de Edmundo Migliaccio e José Barchitta, e teve por colegas, dentre outros, Luiz Sacilotto e Marcelo Grassmann, ao lado de quem, no Rio de Janeiro, com 20 anos de idade, expôs pela primeira vêz. Em 1947 integrou o Grupo dos 19. Trabalhou para Portinari em Paris, na confecção do grande mural Pescadores, com quem aprendeu a disciplina e a consciência profissional. Expôs em viagens que fêz pela China, na então União Soviética e nos Estados Unidos. Na sua obra é destaque a figura da mulher, em leitura ora fantástica, ora mágica, mas sempre perturbadora. TEIXEIRA LEITE, pág. 34; ITAU CULTURAL; JULIO LOUZADA, vol. 1, pág. 71; ARTE NO BRASIL, pág. 803; WALTER ZANINI, pág. 645; Acervo FIEO.

030 - AUTOR DESCONHECIDO, SÉC XX- (1942)
Lance Livre - "Lágrimas do céu" - xilo. 37/60 - 40 x 30 - cid e d - 1978 - assinado Maravelli.

031 - BUSTAMANTE SÁ - (1907 - 1988)
Lance Livre - Paisagem - dn e a - 24 x 18 - cid - Paris
Natural da cidade do Rio de Janeiro, estudou na ENBA naquela cidade, onde foi aluno de Rodolfo Amoedo e Rodolfo Chambelland. Participou do Núcleo Bernardelli, do qual foi um dos fundadores em 1931. Participou de sucessivas versões do SNBA a partir de 1928, recebendo diversas premiações. Excepcional pintor do gênero paisagem. TEODORO BRAGA, pág. 59; REIS JR. , pág. 385; MEC,vol. 4, pág. 127; WALMIR AYALA, vol. 1, pág. 145 e 147; TEIXEIRA LEITE, pág. 94; JÚLIO LOUZADA, vol. 11, pág. 47; ITAU CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 579; ARTE NO BRASIL, pág. 763; Acervo FIEO.

032 - LEVINO FANZERES - (1884 - 1956)
Lance Livre - Paisagem - ostcm - 18 x 25 - cid
Pintor e professor. Estudou no Liceu de Artes e Ofícios e na antiga ENBA, ambas no Rio de Janeiro, recebendo nesta última, orientação de Zeferino da Costa e de João Batista da Costa. Excepcional colorista, interpreta com sentimento e honestidade o momento da natureza que se propõe a retratar, e sempre com admirável êxito. TEIXEIRA LEITE, pág.190; PONTUAL, pág.201; JULIO LOUZADA vol.2, pág.387; ITAU CULTURAL.

033 - ALDO BONADEI - (1906 - 1974)
Lance Livre - Flores - xilo. P/E - 42 x 32 - cid
Estudou com Pedro Alexandrino (1923 a 1928) e aperfeiçoou-se na Itália. Integrou o Grupo Santa Helena, com Rebolo, Zanini, Rosa, Graciano, Pennacchi (1935) e participando em 1937 de exposições da Família Artística Paulista. Pintou paisagens e naturezas mortas, com composição estruturada no cubismo. MEC, vol. 1, pág. 247; PONTUAL, págs. 78/79; ARTE NO BRASIL, vol. 2, pág. 1041; ART PRICE ANNUAL 2000, pág. 258; TEIXEIRA LEITE, pág. 79; ITAU CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 586; LEONOR AMARANTE, pág. 72; Acervo FIEO.

034 - CESAR LACANNA - (1901 - 1983)
Lance Livre - Na feira - a - 31 x 22 - cid - 1966
Pintor, escultor e ceramista paulista, estudou com Elpons e Barchitta. Como pintor, trabalhou a paisagem, a natureza-morta, nus e retratos, numa atmosfera realista, evocativa de Daumier. TEODORO BRAGA, pág.136; MEC vol.2, pág. 435; WALMIR AYALA, vol.1, pág.453; PONTUAL, pág.297; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 623.

035 - PAULO LAENDER - (1946)
Lance Livre - " Barroco XLIV 1" - tm e col. - 37 x 28 - cse - 14/05/1965
Pintor, desenhista, gravador, escultor, arquiteto e professor, Paulo Roberto Frade Laender nasceu em Teófilo Otoni, MG. Mudou-se para Belo Horizonte e iniciou estudos de desenho com Maria Helena Andrés (1962). Dois anos depois, fundou o Grupo Oficina e realizou sua primeira exposição individual. Em 1965, passou a residir no Rio de Janeiro e freqüentou o ateliê de gravura do Museu de Arte Moderna. No ano seguinte, voltou a Belo Horizonte, iniciou graduação em arquitetura pela Escola de Arquitetura da Universidade Federal de Minas Gerais, concluída em 1970. A partir desse período desenvolveu desenhos e atividades em cinema, design de jóias e cenografia, dedicou-se à arquitetura e ao design, além de produzir esculturas, gravuras e pinturas. Montou e dirigiu as oficinas de joalheria, fundição e lapidação da Bronfen-Laender (1983). Tem realizado muitas exposições individuais e participado de várias coletivas e Salões oficiais no Brasil e pelo mundo. Teve obras nas Bienais Internacionais de São Paulo em 1965, 1967, 1973 e 1991. ITAU CULTURAL; JULIO LOUZADA VOL. 5, PÁG. 548; MEC VOL. 2, PÁG. 436; PONTUAL PÁG. 298; www.laender.com.br.

036 - IBERÊ CAMARGO - (1914 - 1994)
Lance Livre - Composição - ser. - 15 x 20 - cid - as n/tela serigráfica 84
Natural da cidade de Restinga Seca, RS, e falecido na capital gaúcha. Foi aluno de Salvador Parlagreco e João Fahrion. No Rio de Janeiro, a partir de 1942, estudou pouco tempo na Escola Nacional de Belas Artes, trocando-a pelos ensinamentos de Guignard. Recebeu o prêmio viagem ao estrangeiro em 1947, na Divisão Moderna do Salão Nacional de Belas Artes. Morou dois anos em Paris e Roma, aperfeiçoando-se com De Chirico, Lhote, Achille e Rosa em pintura e Petrucci em gravura. Foi considerado o Melhor Pintor Nacional na VI Bienal de São Paulo, em 1961. MEC, vol.1, pág.328 e 329; WALMIR AYALA, vol.1, pág.156 a 158; JULIO LOUZADA, vol.11, pág.51; TEIXEIRA LEITE, pág.101; PONTUAL, pág.100 e 101; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 573; ARTE NO BRASIL, pág. 853; LEONOR AMARANTE, pág. 127.

037 - AUTOR DESCONHECIDO, SÉC. XX -
Lance Livre - Paisagem - a - 30 x 20 - cid - De Pellicciotta- 1944

038 - PÍNDARO MARTINS CASTELO BRANCO - (1930)
Lance Livre - Figuras - ose - 28 x 35 - cie e d - 1995- rio de janeiro
Pintor, professor, ilustrador e cartazista, natural de Floriano-PI. Estudou na antiga ENBA-RJ, onde foi aluno de Henrique Cavalleiro. Expõe individualmente desde 1966 e coletivamente desde 1960, em certames oficiais de importância, recebendo premiações. JULIO LOUZADA, vol. 11, pág. 246; ITAÚ CULTURAL.

039 - JUDITH LAUAND - (1922)
Lance Livre - Composição - tm - 24 x 16 - cs - 1999
Nasceu na cidade paulista de Pontal. Em 1950 formou-se em artes plásticas na Escola de Belas Artes de Araraquara-SP. Em 1952, já em São Paulo, estuda pintura com Domênico Lazzarini e gravura com Lívio Abramo. Integra o grupo paulista do movimento de arte concreta em 1955. Participa da Bienal Internacional de São Paulo, várias edições entre 1955 e 1969; Exposição Nacional de Arte Concreta, São Paulo, 1956; Tendências Construtivas no Acervo do MAC/USP, Rio de Janeiro, 1996; Arte Construtiva no Brasil: Coleção Adolpho Leirner, São Paulo e Rio de Janeiro, 1998 e 1999. Na crítica de Mario Schenberg, ..." Judith Lauand permanece fiel a sua postura e trajetória concretista. Sua obra recente revela a densidade da composição, o apuramento do cromatismo, o equilíbrio do grafismo, conseguidos por constante pesquisa. Judith envereda agora por novos caminhos realizando obras que podem ser chamadas de assimétricas, onde o geometrismo da decomposição cromática destrói a ‘partição eqüilateral’ presente ao longo de sua obra, criando uma nova simetria. " (LAUAND, Judith. Judith Lauand : pinturas. Sao Paulo : Choice Galeria de Arte, 1986. p. 3). JULIO LOUZADA, vol. 10, pág. 479; ITAU CULTURAL.

040 - MONA GOROVITZ - (1937)
Lance Livre - Composição - asp - 21 x 31 - cid - 1978
Pintora, desenhista, ceramista, gravadora, jornalista, figurinista e desenhista de moda nascida em Cruz Alta, RS. Em São Paulo, cidade para onde se transferiu ainda jovem, estudou pintura, desenho, gravura no MAM e história da arte no MASP. Foi aluna, também, de Alfredo Volpi, Eleonore Koch, Pedro Corona e fez outros cursos na França, Itália e Israel. Realizou individuais em Campinas, SP (1961) e em São Paulo (1979, 1980, 1989, 1990). Desde 1957 tem participado de coletivas e salões oficiais, entre os quais a IX Bienal Internacional de São Paulo (1967). Foi premiada em São Paulo (1960, 1961); Campinas, SP (1966); Portugal (1984); França (1984). ITAU CULTURAL; PONTUAL PÁG. 246; MEC VOL. 2, PÁG. 278; www.esculturagaucha.com.br.

041 - LIVIO ABRAMO - (1903 - 1992)
Lance Livre - Composição - xilo. - 19 x 15 - cie - Rio- 1951
Paulista de Araraquara, Lívio foi exímio gravador, desenhista, pintor, jornalista e professor. Autodidata, executou suas primeiras gravuras em madeira por volta de 1926. Sofreu influência de Lasar Segall, focalizando desde então de modo expressionista tipos e paisagens dos subúrbios paulistanos, inclusive temas de caráter social, como indicou Sérgio Milliet em sua obra de 1940. O autor, certa feita, assim falou de si próprio: "Geralmente persisto em um mesmo motivo por longo tempo: trabalho-o até que me pareça haver esgotado todas as possibilidades que ele oferece. Jamais pensei em fazer 'paisagens'. O que procuro é interpretar o sentido e a problemática da natureza de uma terra, a força dos sentimentos que ela provoca em mim, e assim, quanto mais de acordo com a minha própria natureza, tanto mais imediata surge a interpretaçãop plástica, como sucedeu, por exemplo, com meu 'encontro' com as 'arquiteturas' da realidade íntima da terra paraguaia. PONTUAL, pág. 1, JULIO LOUZADA vol. 3, pág. 19; MEC vol.1, pág. 33; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 584; ARTE NO BRASIL, pág. 795; LEONOR AMARANTE, pág. 28; Acervo FIEO.

042 - ANGEL CESTAC - (1948)
Lance Livre - Figuras - tm - 22 x 18 - cid - 1981 - São Paulo
Argentino da cidade de Azul, Província de Buenos Aires, onde nasceu a 4 de agôsto de 1948. Começou a estudar na ENBA Rogério Irurtina, na sua cidade natal. A partir de 1969 estuda na ENBA de Buenos Aires, recebendo o certificado de Mestre Nacional de Artes Plásticas e Professor Nacional de Pintura. Ativo em São Paulo, SP, onde reside e expõe individualmente a partir de 1980, e coletivamente desde 1979. JULIO LOUZADA, vol. 5, PÁG. 233

043 - HEINZ KUHN - (1908 - 1987)
Lance Livre - Composição - dlc - 29 x 20 - d - 1980
Nasceu em Berlim, Alemanha, e faleceu em São Paulo-SP. Inicia seus estudos em sua terra natal, expondo obras na Alemanha e na França. No Brasil em 1950, fixa-se em São Paulo. Nesse período sua pintura é figurativa, voltando-se aos poucos, para a abstração geométrica. Theon Spanudis considerava o autor como "um dos pintores mais conscientes, inquietos e produtivos de São Paulo (1964)". A partir dos anos 60 sua pintura se move no âmbito da abstração informal, com eventuais referências ao mundo real. Obra de sua autoria faz parte da Coleção Adolpho Leirner, participando do livro Arte Construtiva no Brasil, de Aracy Amaral (pág. 193) MEC, vol. 2 pág. 430; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 688.

044 - ROBERTO BURLE MARX - (1909 - 1994)
Lance Livre - Figuras - lito. 7/10 - 46 x 32 - cie - 1948
Nasceu em São Paulo e faleceu no Rio de Janeiro. Pintor, paisagista, arquiteto, desenhista, pintor, gravador, litógrafo, escultor, tapeceiro, ceramista, designer de jóias, decorador. Durante a infância viveu no Rio de Janeiro. Foi com a família para a Alemanha, em 1928. Em 1929, freqüentou o ateliê de pintura de Degner Klemn. Nos jardins e museus botânicos de Dahlen, em Berlim, entusiasmou-se ao encontrar exemplares da flora brasileira. De volta ao Brasil, fez curso de pintura e arquitetura na Escola Nacional de Belas Artes, RJ (1930 - 1934), onde foi aluno de Leo Putz , Augusto Bracet e Celso Antônio. Seu primeiro projeto paisagístico foi para a arquitetura de Lúcio Costa e Gregori Warchavchik, em 1932. Entre 1934 e 1937, ocupou o cargo de diretor de parques e jardins do Recife, PE, onde passou a residir. Nesse período, foi com freqüência ao Rio de Janeiro e teve aulas com Candido Portinari e com o escritor Mário de Andrade. Em 1937, retornou ao Rio de Janeiro e trabalhou como assistente de Candido Portinari. Foi em 1949, conforme sua paixão por plantas e seu interesse por botânica e jardinagem, que Burle Marx adquiriu um sítio em Barra de Guaratiba, RJ. Com auxílio de botânicos, viajou, coletou, catalogou exemplares de plantas do Brasil e reproduziu em seu sítio a diversidade fitogeográfica brasileira. Em 1985 doou esse sítio, com todo o seu acervo, à extinta Fundação Nacional Pró Memória, atual Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - IPHAN.Realizou muitas exposições individuais e projetos paisagísticos, participou de diversas mostras oficiais coletivas pelo Brasil e no exterior. PONTUAL, PÁG. 94; TEIXEIRA LEITE, PÁG. 93; MEC. VOL.1, PÁG.303; ITAU CULTURAL; WALTER ZANINI, PÁG.564; ARTE NO BRASIL, PÁG. 738; LEONOR AMARANTE, PÁG. 98; JULIO LOUZADA VOL.1, PÁG. 179; artnet.com.

045 - ÉLVIO BECHERONI - (1934 - 2000)
Lance Livre - Pássaro - m em b 164/200 - h= 19 - ass.
Escultor e pintor natural de Florença, Itália, onde nasceu a 23/2/1934, e falecido em São Paulo-SP, onde residia e foi ativo. Iniciou suas atividades em 1962, participando no decorrer de sua carreira de diversas e importantes exposições nacionais e internacionais, tais como o Prêmio Juan Miró, em Barcelona, Espanha. Artista que alcançou renome internacional, constando inclusive de catálogo internacional de arte. JULIO LOUZADA, vol. 13, pág. 32

046 - ARTUR BÁRRIO - (1945)
Lance Livre - Composição - tm - 58 x 44 - cid - 1978
Com dedicatória. -Nascido Artur Alípio Barrio de Souza Lopes, na cidade do Porto, Portugal, no dia 1 de fevereiro de 1945. Pintor e desenhista. Jovem ainda fixou-se no Rio de Janeiro. Frequentou a Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro, recebendo orientação artística do prof. Onofre Penteado. Trabalha com materiais recicláveis (papel, plástico, etc). Em 1969 participou da seleção da representação para a VI Bienal dos Jovens em Paris, com Ivald Granato e Luis Pires. JULIO LOUZADA vol. 1 pág. 96; ITAU CULTURAL.

047 - ALIBERTO BARONI - (1911 - 1994)
Lance Livre - Paisagem - ostce - 27 x 17 - cie
Pintor ativo em São Paulo. Discípulo de Antonio Rocco, participou várias vezes do Salão Paulista de Belas Artes, premiado com menção honrosa (1935), medalha de prata (1959), pequena medalha de ouro (1960), prêmio Prefeitura de São Paulo (1962), Assembléia Legislativa (1965). Figurou no Salão de Belas Artes / Rio de Janeiro (1931 e 1941) e na Exposição de Belas Artes da Muse Italiche, SP (1928). Realizou individuais em São Paulo e outros estados. MEC, vol. 1, pág. 182; JÚLIO LOUZADA/1985, pág. 95 e vol. 6, pág. 103; PONTUAL, pág. 54; ITAÚ CULTURAL; Acervo FIEO.

048 - MARCIO SCHIAZ - (1965)
Lance Livre - Nu - dc e lc - 29 x 20 - cie - 6.03.1994
Paulistano, o pintor nasceu em 10/5/1965. Estudou na APBA-SP, onde desenvolveu curso de desenho e pintura, frequentado sessões de modelo vivo. Individuais desde 1989 e coletivas em Salões Oficiais, com sucesso de crítica. Recebeu diversos prêmios. JULIO LOUZADA, vol.13, pág. 304; Acervo FIEO.

049 - CARLOS SCLIAR - (1920 - 2001)
Lance Livre - "Jeferson" - dce - 47 x 31 - cie - 28.03.1962
Desenhista, gravador, pintor, ilustrador, cenógrafo, roteirista e designer gráfico que nasceu em Santa Maria da Boca do Monte, RS e faleceu no Rio de Janeiro. Assina Scliar. Estudou com Gustav Epstein, em Porto Alegre, em 1934. Participou, em 1938, da fundação da Associação Riograndense de Artes Plásticas Francisco Lisboa. Entre 1939 e 1947, residindo em São Paulo, integrou a Família Artística Paulista - FAP. No Rio de Janeiro, escreveu e dirigiu em 1944 o documentário 'Escadas', sobre os pintores Arpad Szenes e Vieira da Silva com os quais conviveu desde 1941. Convocado pela Força Expedicionária Brasileira - FEB, participou da Segunda Guerra Mundial, na Itália. Morando em Paris de 1947 a 1950, cursou gravura com Galanis na Escola de Belas Artes e teve contato com o gravador mexicano Leopoldo Méndez. De volta ao Brasil, fundou com Vasco Prado o Clube de Gravura de Porto Alegre. Em 1956, passou a viver no Rio de Janeiro. Foi diretor do departamento de arte da revista 'Senhor' entre 1958 e 1960. Fundou a editora Ediarte, em 1962, com os colecionadores Gilberto Chateaubriand, Michel Loeb, Carlos Nicolaievski e o pintor José Paulo Moreira da Fonseca. Realizou durante toda sua vida exposições individuais e participou de inúmeras coletivas e Salões oficiais, recebendo muitos prêmios. Também foram realizadas várias exposições póstumas. MEC VOL.4, PÁG. 214; TEODORO BRAGA, PÁG. 66; WALMIR AYALA VOL.2, PÁG. 306 a 309; PONTUAL, PÁG. 479 e 480; JULIO LOUZADA VOL.1, PÁG.884; VOL.2, PÁG. 925; VOL.13, PÁG. 305; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, PÁG. 587; ARTE NO BRASIL, PÁG. 798; RGS, PÁG. 442; ACERVO FIEO.

050 - A. SCHWICKER - (XIX - XX)
Lance Livre - Composição - osm - 40 x 30 - cse - Firenze
Pintor suíço que participou de vários Salões e exposições oficiais. Atualmente, suas obras têm sido encontradas em muitos leilões da Europa. artnet.com; arcadja.com; christies.com; artfact.com.

051 - EUGÊNIO DE PROENÇA SIGAUD - (1889 - 1979)
Lance Livre - "Plantando café" - dn - 16 x 20 - cie - 1972
Estudou desenho na Escola Nacional de Belas Artes do Rio de Janeiro com Modesto Brocos, formando-se em arquitetura em 1932, nessa mesma escola. A partir de 1935, dedicou-se à pintura mural e, de 1937, à pintura de temas sociais, com predominância de motivos de operários em construção e trabalhadores rurais. Caracteriza-se por uma grande versatilidade técnica, sendo dos raros pintores brasileiros a utilizar, lado a lado, o óleo, a têmpera e a encáustica, além da aquarela e do guache. Participou do Núcleo Bernardelli. PONTUAL, pág. 489; MEC, vol. 4, pág. 243; TEIXEIRA LEITE, pág. 475 e 476; WALMIR AYALA, vol. 2, pág. 324 a 327; ITAU CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 579; ARTE NO BRASIL, pág. 763, Acervo FIEO.

052 - JOSÉ ROBERTO AGUILAR - (1941)
Lance Livre - Composição - lito. 29/50 - 48 x 66 - cid - 1978
Surgiu em 1963, quando expôs na VII Bienal de São Paulo. Autodidata. Participou de diversas e importantes exposições coletivas, ligado ao figurativismo expressionista e à pop-art. JULIO LOUZADA, vol. 10, pág, 34. PONTUAL, pág, 6. MEC , vol 1, pág,40; TEIXEIRA LEITE, pág. 14; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág 734; ARTE NO BRASIL, pág 975; LEONOR AMARANTE, pág. 170; Acervo FIEO.

053 - ALDEMIR MARTINS - (1922 - 2006)
Base: R$ 3.000,00 - "Cartão de dia dos namorados" - a e col. s/p - 50 x 36 - ld - 1983
Reproduzido na página 93 do livro "Aldemir Martins 50 anos depois de Veneza". - - Ver nota sobre o autor na descrição do lote 005 deste catálogo.

054 - EDITH MARTHA PFISTER - (1925)
Lance Livre - Flores - ost - 40 x 49 - cid
Pintora e professora natural de Zurique, Suíça. Assina E. Pfister. Vindo para o Brasil (1926) e fixando-se em São Paulo, começou a dedicar-se à arte em 1955, estudando desenho publicitário e pintura na Associação Paulista de Belas Artes com Nestor Peres e Colette Pujol. Também foi aluna de Castellane, Dario Mecatti e Hedwa Megget. Fez viagens de estudo pela Europa e se especializou em pintura em porcelana. Participou de muitas coletivas, mostras oficiais e recebeu vários prêmios: São Paulo (1969 a 1973, 1977, 1981,1983, 1986, 1987); São Bernardo do Campo, SP (1965); Santa Bárbara D’Oeste, SP (1969); Campinas, SP (1983); Araras, SP (1985). MEC VOL.3, PÁG. 394; PONTUAL PÁG.423; JULIO LOUZADA VOL. 1, PÁG.762; VOL.3, PÁG.902.

055 - LIVROS -
Lance Livre - -
1) "QUATRO GRANDES PINTORES EM SÃO PAULO" - EDIÇÃO FUNDAÇÃO PADRE ANCHIETA, IMPRESSÃO GRÁFICA DA SECRETARIA DA INDUSTRIA. 2) "A ESTILÍSTICA DO AXIOMISMO NA PINTURA DE CASTELLANE" - BIBLIOTECA BRASILEIRA DE ARTES/1973, POR GERALDO DUTRA DE MORAES, IMPRESSO NAS OFCINAS DA EMPRÊSA GRÁFICA DA REVISTA DOS TRIBUNAIS. 3) "GOMIDE" POR ELVIRA VERNASCHI, IMPRESSÃO PANCROM/1989. 4) "OFF GALLERY" - ARTE BRASILEIRA CONTEMPORÂNEA - 98/99, EDITADO POR JULIO LOUZADA, IMPRESSÃO OESP GRÁFICA. 5) "FLÁVIO DE CARVALHO E A VOLÚPIA DA FORMA", POR LUIZ CARLOS DAHER, IMPRESSÃO RAÍZES ARTES GRÁFICAS. 6) "HISTÓRIA DA PINTURA MODERNA", POR HERBERT READ - EDITORA ZAHAR/RIO DE JANEIRO.

056 - ANDRE PETICOV -
Base: R$ 4.000,00 - "Feira da Pompéia" - ast - 110 x 70 - d - 2006
Autodidata e com múltiplos talentos, ficou conhecido por criar cenários, roupas e capas de discos para grupos como o Violeta de Outono e Os Mutantes, além de inúmeras instalações e quadros, em sua maioria pendendo para o psicodélico e o hiper-realismo. www.andrepeticov.com; http://lugarzinho-br.blogspot.com.br/2011/09/andre-peticov.html

057 - MASSAO OKINAKA - (1913 - 2000)
Lance Livre - "Sabará" - ost - 27 x 22 - cie e d
Pintor e grande mestre do sumi-ê, Massao Okinaka era natural de Kyoto, Japão, onde iniciou os seus estudos artísticos. Imigrante, fixou residência em Lins-SP (1932). Em 1947 ingressa no Seibi-kai, e dois anos após, no Grupo do Jacaré e, a partir de 1993, no Grupo Guanabara. Congrega inúmeras exposições coletivas, com premiações. A paisagem predomina suas telas, apresentando uma marca distintiva, expressando o cotidiano urbano, com requintes técnicos, pleno domínio do desenho e inquietação. JULIO LOUZADA vol.8, pág. 620; ITAU CULTURAL, Acervo FIEO.

058 - MANOEL MARTINS - (1911 - 1979)
Lance Livre - Figuras - lito. número 2 - 33 x 23 - cid
Natural de São Paulo, MANOEL MARTINS participou ativamente do Grupo Santa Helena, onde defendeu a necessidade de fazer da arte uma profissão, e ocupar com ela, um espaço na sociedade. Manoel Martins, a partir da exposição da Familia Artística Paulista em 1937, realizado pelos integrantes do Grupo, desenvolveu obras no âmbito do figurativo, buscando incorporar a vida, o movimento, as aglomerações do mundo urbano, substituindo a figuração pós-impressionistas por elementos racionais do cubismo com a valorização do expressionismo. TEIXEIRA LEITE, pág. 316; JULIO LOUZADA, vol.11, pág. 201; ITAU CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 584; ARTE NO BRASIL, pág. 784, Acervo FIEO.

059 - DIONISIO DEL SANTO - (1925 - 1999)
Lance Livre - Composição - g - 19 x 19 - cid - 1985
Pintor, desenhista, gravador e serigrafista, nasceu em Colatina-ES, e faleceu em Vitória, naquele mesmo Estado. Autodidata. Em 1975, recebe o Prêmio de Melhor Exposição de Gravura do Ano, da APCA. Participou da 9ª Bienal Internacional de São Paulo, 1967 (Prêmio Itamarati Aquisição) e do Salão Nacional de Arte Moderna, Rio de Janeiro, 1968 (Prêmio Isenção do Júri). JULIO LOUZADA vol.11, pág. 88; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 682; ARTE NO BRASIL, pág. 934.

060 - ESCOLA EUROPÉIA SÉC XVIII -
Base: R$ 3.000,00 - Paisagem - ost - 41 x 57 - n/as.

061 - HARRY ELSAS - (1925 - 1994)
Lance Livre - Menina com cachorro - ost - 80 x 60 - cid - 1974
Com etiqueta de Samarte Empreendimentos Artísticos Ltda - Rio Janeiro, no dorso. -Nascido na Alemanha e radicado no Brasil desde 1936, Elsas desenvolveu suas aptidões artísticas com Lasar Segall, que muito o incentivou a ingressar na carreira das artes. Permaneceu no Nordeste brasileiro por oito anos, retratando com maestria e singularidade paisagens e aspectos da vida local, sempre com influência renascentista, com cor e desenhos fortíssimos. Participou de coletivas no Brasil e no exterior a partir de 1962, com excelente repercussão. JULIO LOUZADA, vol. 11, pág. 99. MEC, vol, 2, pág, 111; TEIXEIRA LEITE, pág 176; ITAÚ CULTURAL; Acervo FIEO.

062 - DIAS RAMOS - (XX)
Lance Livre - Estaleiro - ost - 50 x 65 - cie - No estado. -
Pinta paisagens, naturezas mortas e cenas do cotidiano utilizando excelentes recursos técnicos. JULIO LOUZADA vol.3, pág. 341

063 - MARCELO LOPES - (1968)
Lance Livre - A dúvida - ost - 30 x 30 - d - 2004
Pintor, Marcelo Lopes Cabelo nasceu em São José do Rio Preto, SP. Assina Marcelo Lopes. Foi aluno de Terezinha Turano, Mido Jales, Cláudio Malagoli, Cássia Bernardi e Ruth Germano. Realizou exposições individuais (1997, 1998) e participou de coletivas oficiais (1996 a 1998) em São José do Rio Preto, Mirassol e Cedral, todas no estado de São Paulo. JULIO LOUZADA VOL. 11, PÁG. 179.

064 - BIN KONDO - (1937)
Lance Livre - Composição - ost - 35 x 27 - cie - 1974
Pintor e desenhista chinês. Realizou sua formação artística no Japão, residindo em São Paulo desde 1960. Diversas exposições individuais e coletivas. Várias premiações.PONTUAL, pág. 292; MEC, vol.2, pág. 411; JÚLIO LOUZADA, vol. 9, pág. 453; WALTER ZANINI, pág. 697, Acervo FIEO.

065 - ANTONIO PESSOA - (1943)
Lance Livre - Figura - e em b - h= 43 - b
Escultor, assina Tonny. Radicado no Rio de Janeiro detentor de bom curriculo nacional e internacional com inumeras participações em Salões Oficiais,varias vezes premiado. Ótimo mercado.

066 - FRANK SCHAEFFER - (1917 - 2008)
Lance Livre - Barcos - g - 47 x 62 - cie - 1958- Belém
Pintor, desenhista e professor. Realizou sua formação artística com Arpad Szenes no Brasil e, entre 1948 e 1949, com André Lhote e Fernand Léger em Paris. Participou de diversas edições da Bienal SP, do SNAM, e outras mostras importantes, tais como I Bienal Interamericana do México (1958), SAMDF (1964 e 1965), entre outras, todas com premiações. Pintor fiel ao seu estilo, pinta seus tema preferidos através de sua imaginação romântico-expressionista. TEODORO BRAGA, pág. 101; PONTUAL, pág. 477; MEC, vol. 4, págs. 192 e 209; Catálogo da Exposição de Paisagem Brasileira, MEC-MNBA/Rio/1944.; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 717.

067 - GEORGES WAMBACH - (1901 - 1965)
Lance Livre - "Ruela" - dn e a - 25 x 15 - cid - Rouen - França
Com dedicatória. -Belga de nascimento, veio a falecer no Rio de Janeiro. Excepcional aquarelista, que retratou o Brasil em suas inúmeras incursões. "Georges Wambach (1901-1965) talvez tenha sido um dos últimos exemplares de uma espécie em extinção, ou já extinta, quem sabe: a dos artistas viajantes de que o século XIX foi pródigo. Artistas com cavalete, paleta, tintas e pincéis na mochila, que vararam o mundo em busca do fantástico, do erótico, e, sobretudo, do excitante desconhecido, aventura que até custou a vida de alguns como Adrien Taunay, que viu a morte aos 25 anos em pleno Mato Grosso." Fernando Cerqueira Lemos, in AQUARELAS de Georges Wambach: impressões do Brasil. Ed. Marca d´Água-SP, 1988. JULIO LOUZADA, vol. 1, pág. 343; TEIXEIRA LEITE, pág. 540; ITAÚ CULTURAL.

068 - JANOS VISKI - (1891 - 1969)
Lance Livre - Buscando a tropilha - ost - 80 x 120 - cid
Realizou seus estudos em Budapeste. Pintou cenas da vida dos pastores da Hungria e dos pampas da Argentina, país para o qual se transferiu em 1936. Após, realizou diversas exposições em Buenos Aires e mudou-se para o Brasil, fixando-se no Rio Grande do Sul. Participou de diversas exposições em Porto Alegre durante os anos em que ali morou, regressando algum tempo depois para Budapeste, onde veio a falecer. JULIO LOUZADA vol.5, pág.1116.

069 - NERÃO - (ANTONIO JOAQUIM NERY) - (1903 - 1997)
Lance Livre - "Os repentistas Zé Pretinho e cego Aderaldo" - ost - 38 x 46 - cid - 1987
Pintor primitivo, de singular criatividade em seus temas, expôs no MASP, tendo sido apresentado em catálogo pelo saudoso P. M. Bardi, que o considerava depois de José Antonio da Silva, o melhor pintor primitivo brasileiro,tendo inclusive realizado uma exposição individual do autor no MASP - SP. JULIO LOUZADA, vol. 2 pág. 715, Acervo FIEO.

070 - JOHN GRAZ - (1891 - 1980)
Base: R$ 7.000,00 - Pavão - ose - 60 x 60 - cid - 1971
Pintor suíço, estudou em Genebra, Munique e Paris. Casando-se com a brasileira Regina Gomide em 1920, fixou-se no Brasil, de onde não mais sairia. Foi um dos integrantes da Semana de Arte Moderna de 1922. Sua arte alia decorativismo e estilização. TEODORO BRAGA, pág. 112; PONTUAL, pág. 251; MEC, vol. 2, pág. 283; ITAU CULTURAL.; WALTER ZANINI, pág. 530; ARTE NO BRASIL, pág. 672; LEONOR AMARANTE, pág. 200, Acervo FIEO.

071 - MARLENE GODOY - (1934)
Lance Livre - Composição - lito. 53/60 - 50 x 70 - cid - 2004
Pintora, desenhista e professora, Marlene Maria Godoy Barreiros nasceu em Coimbra, MG. Assina M. Godoy e Marlene Godoy. Residiu no Rio de Janeiro de 1960 a 1966 onde iniciou sua formação artística (1960-1961) com Carlos Oswald, Armando Vianna, Rodolfo Chambelland, Carlos Chambelland, Caterina Baratelli (1962) e na Academia Municipal de Belas Artes de Berlim, Alemanha (1967), sob orientação de Hann Trier e Mebithz. De volta ao Brasil (1968) realizou pesquisa com Sérgio Campos Mello, MAM - RJ. Na década de 70, para pesquisas de arte, viajou pela África, Europa e América Latina. Em 1977 fixou residência em Brasília, DF. Realizou diversas exposições individuais e participou de inúmeras coletivas e Salões oficiais pelo Brasil e Europa. Foi premiada no Rio de Janeiro, em 1964. ITAU CULTURAL; JULIO LOUZADA VOL. 4, PÁG. 468; VOL. 5, PÁG. 440; VOL. 6, PÁG. 451, VOL. 12, PÁG. 180.

072 - EDUARDO CARLSON - (1924)
Lance Livre - Porto - ose - 24 x 33 - cie
Pintor natural de Bauru, SP. Assina E. Carlson. Foi aluno de Edgar Walter, Armando Viana, Carlos Cavalcanti, no Rio de Janeiro, e de Anson Coriant Piper, nos Estados Unidos. Participou de inúmeras exposições coletivas e Salões oficiais, ganhando muitos prêmios em: Rio de Janeiro (1956, 1960, 1962, 1966, 1968, 1970, 1973 a 1975, 1978 a 1980, 1982, 1983); Valença, RJ (1972, 1974, 1975, 1980); Niterói, RJ (1970, 1974); São Paulo (entre 1963 e 1976). JULIO LOUZADA, VOL. 1, PÁG. 212; VOL. 6, PÁG. 204; MEC, VOL. 1, PÁG. 357.

073 - ELZA DE OLIVEIRA SOUZA - (1928 - 2006)
Lance Livre - Anjo - ostcc - 23 x 16 - cie
Pernambucana do Recife. Esta importante pintora iniciou suas atividades com o prof. Ivan Serpa. Integrou o grupo de nordestinos que se apresentou na Galeria Giro, no RJ, em 1968. Seu interesse pelo registro da figura humana é praticamente exclusivo. Walmir Ayala afirma: " ... O biotipo que Elza repete obcessivamente, diz respeito ao povo de sua família conterrânea. São gente do povo, sem sofisticação, despojada do requinte civilizatório, mas embebida de um outro requinte, que diz respeito 'as latadas, trepadeiras em flor, animais domésticos, temáticas." JULIO LOUZADA, vol. 10, pág. 313, Acervo FIEO.

074 - AUTOR DESCONHECIDO, SÉC. XX -
Lance Livre - Paisagem - g - 43 x 57 - cid ileg.

075 - LIVROS -
Lance Livre - -
1) "THE COMPELTE VAN GOGH" - BY JAN HULSKER, HARRY N. ABRAMS, INC., PUBLISHERS, NEW YORK. 2) "DIEGO RIVERA" - EDICIÓN DEL FONDO EDITORIAL DE LA PLÁSTICA MEXICANA, POR EL BANCO NACIONAL DE COMERCIO EXTERIOR, S.A./1979. 3) "MANET" - LESLEY STEVENSON, SMITHMARK PUBLISHERS INC. NEW YORK/1992.- 4) "FRIDA KAHLO" POR FRANK MILNER - PUBLISHED BY BISON BOOKS LTDA/1995. 5) "REMBRANDT PAINTINGS" BY HORST GERSON - HARRISON HOUSE, PUBLISHERS-NEW YORK. 6) "JOHN SINGER SARGENT" BY CARTER RATCLIFF - PUBLISHERS ABBEVILLE PRESS-NEW YORK.

076 - HILDE WEBER - (1913)
Lance Livre - "Nixon" - dce - 21 x 28 - cie
Desenho executado em papel timbrado da Associação dos Amigos do Museu de Arte Moderna- Rua 7 de Abril, 230- São Paulo. -Pintora, desenhista e caricaturista alemã. Iniciou o seu aprendizado de desenho e artes gráficas em Hamburgo, por volta de 1930, interrompendo três anos mais tarde, quando transferiu-se para o Brasil (país de quem se tornaria cidadã naturalizada), fixando-se primeiramente em São Paulo, até 1949. Entre 1941 e 1949, colaborou com trabalhos de pintura para o atelier OSIRARTE de azulejos. Foi caricaturista de diversos periódicos, destacando-se o Estado de São Paulo. WALMIR AYALA, vol. 1, pág. 391; PONTUAL, pág.265; MEC, vol. 2, pág. 337; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 630; ARTE NO BRASIL.

077 - DURVAL PEREIRA - (1918 - 1984)
Base: R$ 2.800,00 - Paisagem - ost - 70 x 50 - cie
Nascido e falecido em São Paulo, DURVAL PEREIRA foi pintor e professor ativo em São Paulo. Premiado com a Menção Honrosa no SPBA em 1944, passou a viver exclusivamente da pintura. Pintava ao ar livre aos domingos com os pintores Salvador Rodrigues, Salvador Santisteban, Cirilo Agostinho, Jaime Dinis, Djalma Urban, Innocencio Borghese, e outros. Premiado praticamente em todos os Salões de que participou. Recebeu ao todo, 15 comendas das mais importantes do Brasil. Nos últimos três anos de sua vida, recebeu todos os Primeiros Prêmios e Medalhas de Ouro nas exposições de Paris, Rouen, Lyon, Roma, Miami e Milão. MEC, vol. 3, pág. 368; JULIO LOUZADA, vol. 1, págs. 749/750/751. ITAU CULTURAL; Acervo FIEO.

078 - JOSÉ ANTONIO DA SILVA - (1909 - 1996)
Lance Livre - "Descanso do dia" - osc - 21 x 18 - cie - 1980
Considerado por muitos críticos e colecionadores como o mais típico dos nossos pintores ingênuos, Silva foi o intérprete da cena rural de São Paulo, num estilo expontâneo em que assomam, por vezes, soluções plásticas inesperadas. MEC, vol. 4, pág. 256; PONTUAL, pág. 493 e 494; TEIXEIRA LEITE, pág. 478; JULIO LOUZADA, vol. 2, pág. 958; ARTE NO BRASIL, vol. 2, pág. 958; BENEZIT, vol. 9, pág. 602; ARTE NAIF NO BRASIL, pág. 227; ITAU CULTURAL; LEONOR AMARANTE, pág. 171; Acervo FIEO.

079 - KENICHI KANEKO - (1935)
Lance Livre - Árvore - ost - 62 x 62 - cid e d - 2003
Pintor, gravador e professor, nascido em Yokohama, Japão, em 30 de março de 1935. Formou-se em artes em 1958, vindo para o Brasil dois anos após, onde se dedica com refinada técnica e perseverança, a construir uma nova cultura. Expõe individualmente desde 1963 e coletivamente a partir de 1962, com unanimidade de crítica e sucesso de público. Também expôs no Japão em diversas oportunidades, e no México. JULIO LOUZADA, vol. 4, 568/569, Acervo FIEO.

080 - LULA CARDOSO AYRES - (1910 - 1987)
Base: R$ 7.000,00 - Figuras - ost - 120 x 60 - cid e d - 1963 - Recife
Natural do Recife, PE, foi pintor e desenhista, tendo se iniciado artisticamente sob a orientação de Henrich Moser, naquela mesma cidade. Estudou no Rio de Janeiro com Carlos Chambelland e na antiga ENBA até 1930, onde foi aluno de Rodolfo Amoedo. Foi contemporâneo nessa escola de Portinari, Teruz, Oswaldo Teixeira, Joaquim da Rocha Ferreira e Orózio Belém. A partir de 1933, já de volta à sua terra natal, dedica-se totalmente aos temas regionais. JULIO LOUZADA vol. 1, pág. 31; TEIXEIRA LEITE, pág. 293; WALTER ZANINI, pág. 637; ARTE NO BRASIL, pág. 879; Acervo FIEO.

081 - ISABEL DE JESUS - (1938)
Lance Livre - Flores - g - 70 x 52 - ci - 1970
Mineira de Cabo Verde, é pintora e desenhista. Começou a pintar em 1965, já em São Paulo. Estudou anteriormente desenho com Iracema Arditi. Participou do setor de desenho do XXIII SPar.BA, 1966, realizando exposições individuais no mesmo ano em São Paulo e Rio. MEC, vol.2, pág.374; PONTUAL, pág.280; JULIO LOUZADA, vol.11, pág.158; ARTE NAIF NO BRASIL, pág. 226; ITAÚ CULTURAL; Acervo FIEO.

082 - CLÓVIS GRACIANO - (1907 - 1988)
Lance Livre - O chamado - dc - 35 x 29 - cid
Pintor e desenhista figurativo, integrou o Grupo Santa Helena, juntamente com Volpi, Zanini e outros, e foi um dos organizadores e expositores do I Salão da Família Artística Paulista; suas figuras seguem a disciplina cubista da organização do espaço, destacando-se uma série de Músicos; dedicou-se a pinturas murais e à ilustração de obras literárias. MEC, vol. 2, pág. 280; PONTUAL, pág. 247/8; TEIXEIRA LEITE, pág. 225 a 227; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 586; ARTE NO BRASIL, pág. 784; LEONOR AMARANTE, pág. 58; Acervo FIEO.

083 - BENEDITO LUIZI - (1933)
Lance Livre - Paisagem - ost - 55 x 46 - cid - 1982
Pintor ativo em São Paulo. Participou do SPBA de 1960, recebendo menção honrosa e grande medalha de prata, em 1963. MEC, vol.2, pág. 512.

084 - GUERINO GROSSO - (1907 - 1988)
Lance Livre - Bananeiras - ost - 40 x 50 - cie
Natural de Rio Claro, neste Estado, Guerino Grosso iniciou seu aprendizado artístico em 1917. Frequentou a Escola de Belas Artes de São Paulo. Artista de grande sensibilidade, dedicou-se à pintura de naturezas mortas com metais, confirmando-se como um dos melhores do gênero. JULIO LOUZADA, vol, 12 ,pág 189. MEC, vol, 2, pág, 284; ITAÚ CULTURAL; Acervo FIEO.

085 - BRUNO GIORGI - (1905 - 1993)
Lance Livre - Candangos - m em b - h=30 - b
Escultor e pintor paulista, iniciou seus estudos de escultura em Roma 1920/1922. Mais tarde tornou-se aluno de Maillol, em Paris, onde também frequentou as academias Ranson e de La Grande Chaumière, em 1936. É considerado o maior escultor nacional. MEC, vol.2, pág. 250/1; PONTUAL, pág. 237/8; MAYER/84, pág. 1333; ITAU CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 587; ARTE NO BRASIL, pág. 715; LEONOR AMARANTE, pág. 18.

086 - JUAREZ DE ALMADA FAGUNDES - (1889 - 1962)
Lance Livre - Hortênsias - p - 60 x 68 - cid
Arquiteto, pintor e professor paulista . Estudou na Academia de Belas Artes de São Paulo. Participou do Salão Paulista de Belas Artes, com diversas premiações. MEC vol. 2 pág. 122

087 - ALBERTO DA VEIGA GUIGNARD - (1896 - 1962)
Lance Livre - Paisagem - dn - 15 x 20 - cie
Pintor, desenhista, gravador e professor. No dizer de Rodrigo de Melo Franco de Andrade, no álbum de reproduções da obra do artista, em 1967: "Quando Guignard voltou da Europa, para onde tinha ido menino, só regressando com mais de 30 anos, redescobriu o Brasil, tomado de uma ternura e de uma admiração comovidas que conservou até os seus últimos dias. Toda a obra que produziu, desde então, ficou impregnada da emoção e da poesia sentidas naquele reencontro com a terra natal." PONTUAL, pág. 254 a 256; MEC, vol. 2, pag. 304; TEIXEIRA LEITE, pág. 236 a 240 ; JULIO LOUZADA, vol. 10, pág. 404; ART PRICE ANNUAL 2000, pág. 1013; WALMIR AYALA, vol. 1, pág. 373/375/377; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 559; ARTE NO BRASIL, pág. 505; LEONOR AMARANTE, pág. 28.

088 - OMAR RAYO - (1928)
Base: R$ 3.000,00 - "Origami" - tm - 76 x 55 - cie
Natural de Roldanilo, Colômbia. Pintor, gravador, desenhista e ilustrador. Fez viagens de estudos pela América Latina nos anos de 1954 a 1960. Fixou residência em Nova York , tendo realizado exposições em individuais na maioria dos países das Américas do Sul e Central. Na sua cidade natal foi criado um Museu em seu nome. A temática de sua obra vem sempre associada ao humor, a exemplo de seu conterrâneo Botero. BENEZIT, vol. 8, pág. 631, JULIO LOUZADA, vol. 13, pág. 278

089 - DARIO MECATTI - (1909 - 1976)
Lance Livre - Flores - osc - 44 x 34 - cie
Esta obra fez parte do acervo do Hotel Jaraguá - São Paulo.Pintor nascido na Itália. Mecatti radicou-se no Brasil em 1940, após trabalhar por vários anos na Tripolitânia, no norte da África. É notável pela estilização de suas figuras e paisagens concebidas, em tons baixos e obedientes a uma composição pessoal. TEODORO BRAGA, pág. 161/2; MEC, vol. 3, pág. 109; PONTUAL, pág. 352; WALMIR AYALA, vol. 2, pág. 72; TEIXEIRA LEITE, pág. 320; ITAÚ CULTURAL; Acervo FIEO.

090 - GIUSEPPE SIGNORINI - (1857 - 1932)
Base: R$ 20.000,00 - Visita ao Cardeal - ost - 39 x 58 - cid
Pintor nascido e falecido em Roma, Itália. Estudou no Instituto de Belas Artes de Roma e depois foi aluno de Tiratelli. Expôs seu primeiro trabalho na Mostra do Círculo Artístico de Roma. Casou-se e foi para Paris onde participou de vários Salões Oficiais. Viveu por trinta anos nessa cidade produzindo e conquistando prêmios. Foi nomeado diretor da Academia de Belas Artes dos Campos Elíseos. Muitas de suas obras fazem parte do acervo da Galeria Nacional de Arte de Barcelona e dos Museus de: Brema e Hamburgo- Alemanha, Madri - Espanha, São Petersburgo - Rússia, Paris e Nova York. BENEZIT VOL. 9, PÁG. 597; JULIO LOUZADA VOL. 2, PÁG. 946; artfact.com; artnet.com; askart.com; arcadja.com; christies.com; artnet.com; web.artprice.com.

091 - MARCIO SCHIAZ - (1965)
Lance Livre - "Ouro Preto" - ostcc - 20 x 25 - cie
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 048 deste catálogo.

092 - RENÉE LEFÈVRE - (1910 - 1996)
Lance Livre - Jangadas - mon. - 18 x 26 - cid - Mucuripe-CE, 1978
Nasceu (17/julho) e faleceu (26/abril) em São Paulo. Foi aluna de desenho de Pedro Alexandrino. Freqüentou a Academia Julian e a Academia de La Grande Chaumiere em Paris. Pintora e ilustradora, integrou a Família Artística Paulista. Expôs individualmente pela primeira vez em 1941, e coletivamente a partir de 1934, inclusive no exterior, recebendo premiações. O crítico Geraldo Ferraz assim se referiu à sua obra, conforme consta em JULIO LOUZADA abaixo mencionado: "Renée Lefevre gosta de pintar e desenhar paisagens, pequenas cidades do interior, praças, ruas, igrejas, casarões. Às vezes é seduzida pelas cenas regionais com figuras humanas. Raramente pinta naturezas-mortas. Conscientemente evita composições panorâmicas. Em geral, está empenhada em simples transposições pictóricas de fragmentos da realidade brasileira, que hoje é histórica. Sem dúvida, essas vistas do Brasil antigo são submetidas a um processo de afeto pessoal, a uma validade de poetização lírica, onde a artista revela as ocultas seduções de formas ressuscitadas da arquitetura barroca, formas tão brasileiras, tão graciosas, tão cativantes, já tão esquecidas, ainda que presentes e vivas (...) Será difícil classificar seus quadros, pintados em gama de cores luminosas, apagadas; esses desenhos sutis, sensibilizados, de caligrafia arejada, dentro das correntes reconhecidas da pintura atual. Parecem surgidos de outra época, aliás como são também essas parcelas do Brasil colonial fontes de sua inspiração. " JULIO LOUZADA, vol. 1, pág. 532; MEC. vol.2,. pág.465; PONTUAL, pág.306; TEIXEIRA LEITE, pág.283; WALMIR AYALA, vol.1, págs.466 e 467; ITAÚ CULTURAL. Acervo FIEO.

093 - KICHIZAEMON TAKAHASHI - (1908 - 1977)
Lance Livre - A visita do cavaleiro - a - 34 x 43 - cid - 1966- Ouro Preto
Natural do Japão, imigrou para o Brasil em 1927, fixando-se no interior do Estado de São Paulo, onde trabalhou durante 4 anos na lavoura, vindo depois para a Capital. Estudou na SPBA (1936-1938), participando do SNBA. Na déc. de 1950 integrou o Grupo Guanabara. Recebeu no SPBA medalha de bronze (1959, prêmio de aquisição 1961 e 1963, prêmio Prefeitura de São Paulo, 1962 e medalha de prata no VIII Salão de Seibi (1964). PONTUAL, pág. 509

094 - MOBY - (1922 - 1978)
Lance Livre - Figura - ost - 55 x 46 - csd - 1965
Moby, nome artístico de Mogns Osterbie, natural de Copenhagem, Dinamarca. Pintor e desenhista, frequentou na sua cidade natal a Escola de Arte Decorativa e a Real Academia de Belas Artes. No Brasil, fixou-se em São Paulo, onde realizou diversas individuais, cuja crítica, principalmente de Quirino da Silva, lhe foram favoráveis, transcrevendo comentários de Mário Schenberg. PONTUAL, pág. 363; MEC, vol. 3, pág. 1; ITAÚ CULTURAL; Acervo FIEO.

095 - LIVROS -
Lance Livre - -
1) "THE FRENCH IMPRESSIONISTS", BY CLIVE BELL, ED. PHAIDON. 2) "ÉCOLE DE PARIS" - BRASILINVEST S.A. E PETIT PALAIS GENEBRA, IMPRESSÃO AGES ARTI GRAFICHE TURIM - ITALIA/1982. 3) "DE GENEVE ETD'AILLEURS" - GENEVA A TALE OF MANY CITIES, JEAN-CLAUDE PRÉLAZ BY EDITEUR ATAR S.A. 4) "MONET" - JEAN-JACQUES LÉVÊQUE, ÉDITIONS SILOÉ - PARIS/1980. 5) "THE ART OF TOULOUSE LAUTREC", BY NATHANIEL HARRIS, ED. OPTIMUM BOOKS. 6) "THE HISTORY OF IMPRESSIONISM", BY JOHN REWALD - NEW YORK GRAPHIC SOCIETY.

096 - RUBEM VALENTIM - (1922 - 1991)
Lance Livre - "Emblema-86" - ast - 22 x 27 - d
Baiano de Salvador, autodidata, Rubem Valentin pinta desde meados de 1940. Sua primeira coletiva foi em 1949, no Salão Baiano de Belas Artes, do qual participaria outras vezes, recebendo premiações. Viveu no Rio de Janeiro e na Europa, fixando residência permanente em Brasil, DF, há mais de 20 anos. O artista assim explicava a sua arte: "Minha linguagem plástico-visual signográfica está ligada aos valores míticos profundos de uma cultura afro-brasileira (mestiça-animista-fetichista). Com o peso da Bahia sobre mim - a cultura vivenciada; com o sangue negro nas veias - o atavismo; com os olhos abertos para o que se faz no mundo - a contemporaneidade; criando os meus signos-símbolos procuro transformar em linguagem visual o mundo encantado, mágico, provavelmente místico que flui continuamente dentro de mim". PONTUAL, pág.532; WALMIR AYALA, vol.2, págs.395 a 397; TEIXEIRA LEITE, pág.517; MEC, vol.4, pág.443; JULIO LOUZADA, vol.11, pág.330; ITAU CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 682; ARTE NO BRASIL, pág. 874; LEONOR AMARANTE, pág. 257, Acervo FIEO.

097 - GILBERTO SALVADOR - (1946)
Base: R$ 3.000,00 - Composição - tm - 150 x 51 - ci
Paulistano, Gilberto Salvador é pintor e desenhista, desfrutando de reconhecidos méritos pela critica especializada. Participou da IX Bienal de São Paulo (1967) e de outros Salões Oficiais a partir desse mesmo ano, recebendo diversas premiações. MEC, vol. 4, pág. 153; PONTUAL, pág. 469; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 740; ARTE NO BRASIL, pág. 971; LEONOR AMARANTE, pág. 185; Acervo FIEO.

098 - BELMONTE, BENEDITO BASTOS BARRETO - (1887 - 1947)
Lance Livre - Bandeirantes - dn - 41 x 28 - cie
Nascido em São Paulo. Desenhista, caricaturista e jornalista. Depois de estrear na imprensa ilustrada em 1912, popularizou-se com a criação do personagem Juca Pato, na Folha da Noite, de São Paulo. Na Folha da Manhã , de São Paulo, apresentou, de 1936 em diante, diversas caricaturas de campanha contra o nazismo. Além dos álbuns de desenhos que publicou - como Angústias do Juca Pato (1926), O Amor através dos Séculos (1928) e No Reino da Confusão (1939) - ilustrou livros infantis de Monteiro Lobato. TEODORO BRAGA, pág. 49 e 50; PONTUAL, pág. 67; MEC, vl. 1, pág. 213; TEIXEIRA LEITE, pág. 69; JULIO LOUZADA, vol.10, pág. 103; CARICATURISTAS BRASILEIROS, de Pedro Corrêa do Lago, pág. 100; ARTE NO BRASIL, pág. 392; WALTER ZANINI, pág. 806; Acervo FIEO.

099 - MITSUTAKA KOGURE - (1938)
Lance Livre - Fachada - ost - 41 x 32 - cie - 1989
Natural de Gunmaken, Japão. Formou-se na Escola de Belas Artes de Tóquio. Participou de coletivas naquela cidade até 1960, quando fixa residência em São Paulo. Figurou desde então na BSP (1963) e dos VII e VIII salões de Artes Plásticas do Grupo Seibi, com premiações. Participou também dos salões organizados pelo MAM-RJ e do SPAM-SP. Conforme texto do pintor Tikashi Fukushima, Kogure "pinta becos e cantos obscuros, dando-lhes colorido mágico, modernizando a estrutura." JULIO LOUZADA, vol. 1, pág. 512; MEC, vol. 2-pág. 410; ROBERTO PONTUAL, pág.292; Acervo FIEO.

100 - HEITOR DOS PRAZERES FILHO - (1942)
Lance Livre - Pescador - ost - 40 x 30 - cse
Pintor, gravador e músico nascido no Rio de Janeiro. Filho do também pintor e músico carioca Heitor dos Prazeres, projetou-se profissionalmente nos anos 60, tendo realizado exposição individual (1972) no Rio de Janeiro. Participou também de coletivas em: Rio de Janeiro (1967,1972); EUA (1972); São Paulo (1973). JULIO LOUZADA VOL. 1, PÁG. 784.

101 - ALDEMIR MARTINS - (1922 - 2006)
Lance Livre - Gato - lito. a. 7/25 - 38 x 58 - cid - 1961
Com dedicatória. - - Ver nota sobre o autor na descrição do lote 005 deste catálogo.

102 - ANTONIO AUGUSTO MARX - (1919 - 2008)
Lance Livre - Barcos - ost - 70 x 70 - cid
Arquiteto e pintor ativo em São Paulo, onde participa de mostras coletivas a partir de 1966, com reconhecimento de crítica e público. Artista de muitos recursos técnicos, suas obras tem como tema a paisagem, do campo e da cidade, com conteúdo de atmosfera, côr e equilibrio. MEC vol.3, pág. 99; PONTUAL, pág. 346; JULIO LOUZADA vol.11, pág. 203; ITAU CULTURAL; ARTE NO BRASIL, pág. 803, Acervo FIEO.

103 - LEOPOLDO RAIMO - (1912 - 2001)
Base: R$ 2.500,00 - Composição - g - 25 x 25 - cie - 1953
Com carimbo de Galeria Sistina - São Paulo, no dorso.Pintor e gravador, nascido em Botucatu/SP, com diversas participações em Salões e Exposições, tais como: Salão Paulista de Arte Moderna, Salão Baiano de Belas Artes, Bienal de São Paulo e Salão Nacional de Arte Moderna, entre outros. MEC. VOL. 4, PÁG. 22

104 - ALDO BONADEI - (1906 - 1974)
Base: R$ 5.500,00 - Flores - a - 24 x 29 - cie
Com a seguinte dedicatória: " Para minha mamãe. Aldo 7.8.52 ". Esta obra participou da Exposição "Aldo Bonadei " na Galeria Millennium. - - Ver nota sobre o autor na descrição do lote 033 deste catálogo.

105 - YOLANDA MOHALYI - (1909 - 1978)
Base: R$ 4.500,00 - Composição - mon. - 60 x 50 - cie
Pintora, desenhista e professora. Formação artística na Academia Real de Belas Artes de Budapest. Ativa em São Paulo a partir de 1931. Fez parte do Grupo dos Sete, juntamente com Victor Brecheret, Gomide e outros. Participante de diversas Bienais de São Paulo, entre 1951 e 1967, recebendo diversas premiações TEIXEIRA LEITE, pág. 331; PONTUAL, pág. 363; ITAU CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 584; ARTE NO BRASIL, pág. 937; LEONOR AMARANTE, pág. 75; Acervo FIEO.

106 - JOSÉ MONTEIRO FRANÇA - (1875 - 1944)
Lance Livre - Marinha - ost - 30 x 38 - cid - Rio de Janeiro
Natural da cidade paulista de Pindamonhangaba. Foi aluno de Henrique Bernardelli na ENBA-RJ, seguindo posteriormente para a Europa, mercê de bolsa concedida pelo Executivo Paulista. Pintou naturezas-mortas e figuras, destacando-se com suas sensíveis paisagens. LAUDELINO FREIRE, pág. 513; THEODORO BRAGA, pág. 164; REIS JR, pág. 366; MAYER/1984, pág. 1040, TEIXEIRA LEITE, pág. 332, RUTH TARASANTCHI.

107 - TARSILA DO AMARAL - (1890 - 1973)
Lance Livre - Paisagem antropofágica - dn - 11 x 18 - cid
Monstro sagrado da pintura brasileira, Tarsila é a criadora de duas das principais tendências ou movimentos de nossa arte nacionalista: o Pau Brasil (1924) e o Antropofagia. Sua arte poderia ser definida como um Cubismo adaptado às condições e ao temperamento brasileiros. TEODORO BRAGA, págs. 220/21/22/23; REIS JR.-págs.388/89 ; WALMIR AYALA, vol. 2-págs. 365 e 367 ; MEC, vol. 4-págs. 370/71; PONTUAL, pág. 511; TEIXEIRA LEITE, pág. 492; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 389; ARTE NO BRASIL, pág. 577; LEONOR AMARANTE, pág. 24.

108 - MAURICIO NOGUEIRA LIMA - (1930 - 1999)
Lance Livre - Composição - lito. P. A. - 50 x 50 - cid - 1981
Natural da cidade do Recife, PE, o autor foi pintor, arquiteto, desenhista e professor. Frequentou o Instituto de Belas Artes de Porto Alegre, o MAM-SP e diplomou-se em arquitetura pela Faculdade Mackenzie-SP. Ligado ao grupo Ruptura, Maurício tornou-se um artista de acentuados princípios racionais, sendo o autor de algumas introduções no campo da animação ótica dos espaços, na seriação das construções e ainda na busca específica de retículas coloridas.Participou do Salão Paulista de Arte Moderna, onde obteve, dentre outros, o 1º Prêmio em Cartaz (1951 e 1957). Participou também do movimento de arte concreta, figurando nas exposições do MAM-SP (1956), no MEC-RJ (1957), na Exposição Internacional de Arte Concreta, em Zurique (1960), etc JULIO LOUZADA, vol 1, pags 678 e 679; ITAU CULTURAL.

109 - ANGEL CESTAC - (1948)
Lance Livre - Personagens - g - 23 x 21 - ci - 1981
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 042 deste catálogo.

110 - JOSÉ ANTONIO DA SILVA - (1909 - 1996)
Base: R$ 4.000,00 - Carro de bois - ost - 60 x 92 - cid e d - 1977
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 078 deste catálogo.

111 - SHOKICHI TAKAKI - (1914 - 2006)
Lance Livre - Rosas - osm - 35 x 26 - cie
Nasceu em Niegata, Japão, em 15/7/1914. No Brasil desde 1927, onde faleceu. Autodidata até os últimos dias de vida. De lavra acadêmica, sua pintura reproduz paisagens, naturezas mortas, figuras humanas, flores e marinhas, em cunho realista e naturalista. Pintor com diversas participações no Salão Paulista de Belas Artes, tendo obtido medalha de bronze. JULIO LOUZADA, vol.11, pág. 315; MEC, vol. 4, pág. 352.

112 - IRACEMA ARDITI - (1924 - 2006)
Lance Livre - "Homem de Deus" - ost - 16 x 22 - d
Esta festejadíssima artista brasileira, tanto em solo pátrio como no exterior, nasceu em São Paulo, SP. Suas obras ganharam o mundo pela linguagem própria e límpida de suas obras, nada ingênua ou primitiva. PONTUAL, pág. 272; TEIXEIRA LEITE, pág. 261; ITAÚ CULTURAL; Acervo FIEO.

113 - MILTON DACOSTA - (1915 - 1988)
Lance Livre - Vênus e pássaros - dlc - 17 x 20 - cid - 1971
Pintor, desenhista, gravador, ilustrador. Milton Rodrigues da Costa nasceu em Niterói, RJ e faleceu no Rio de Janeiro. Iniciou estudos de desenho e pintura, em 1929, com o professor alemão August Hantv. No ano seguinte matriculou-se no curso livre de Marques Júnior, na Escola Nacional de Belas Artes. Junto com Edson Motta, Bustamante Sá e Ado Malagoli , entre outros, criou o Núcleo Bernardelli em 1931. Viajou para Estados Unidos em 1945, com o prêmio de viagem ao exterior do Salão Nacional de Belas Artes do ano anterior. Na cidade de Nova York, estudou na Art's Students League of New York. Em 1946, foi para a Europa e após visita a vários países, fixou-se em Paris, onde estudou na Académie de La Grande Chaumière. Conheceu Pablo Picasso, por intermédio de Cícero Dias, e freqüentou os ateliês de Georges Braque e Georges Rouault. Expôs no Salon d'Automne (Paris) e regressou ao Brasil em 1947. Em 1949, casou-se com a pintora Maria Leontina e passou a residir em São Paulo. Realizou muitas exposições individuais e também recebeu prêmios nas Bienais Internacionais de São Paulo (1955, 1957). TEODORO BRAGA, PÁG. 163; WALMIR AYALA, VOL. 1, PÁG. 229; MEC, VOL. 2, PÁG. 13; BENEZIT, VOL. 3, PÁG.315; ITAU CULTURAL; PONTUAL, PÁG. 155; WALTER ZANINI, PÁG. 573; ARTE NO BRASIL, PÁG. 763; LEONOR AMARANTE, PÁG. 63; ACERVO FIEO.

114 - MARTINHO DE HARO - (1907 - 1985)
Base: R$ 5.000,00 - Carnaval - ost - 50 x 60 - cie
Martinho de Haro (São Joaquim SC 1907 - Florianópolis SC 1985). Pintor, desenhista e muralista. Inicia-se na pintura em Lages, Santa Catarina, em 1920 e expõe individualmente pela primeira vez no Conselho Municipal de Florianópolis, em 1926. Como bolsista do governo catarinense, estuda na Escola Nacional de Belas Artes - Enba, no Rio de Janeiro, de 1927 a 1937, tendo aulas com Cunha Melo e Rodolfo Chambeland. Trabalha como auxiliar de João Timóteo na decoração da Igreja de Nossa Senhora da Pompéia, em 1930, e de Eliseu Visconti na execução do panneau do Teatro Municipal, de 1930 a 1935. Ainda na década de 30, freqüenta o curso de pintura de Henrique Cavaleiro e o Núcleo Bernardelli; viaja à França, onde estuda com Otto Friez na Academia de La Grande Chaumiere de Paris, em 1938. Devido ao início da guerra, retorna a São Joaquim em 1939, ali permanecendo até 1944, quando muda-se para Florianópolis. ITAÚ CULTURAL.

115 - LIVROS -
Lance Livre - -
1) "KONRAD WITZ" COLEÇÃO GÊNIOS DA PINTURA- ABRIL CULTURAL LTDA, 1967. 2) " HALS" COLEÇÃO GÊNIOS DA PINTURA- ABRIL CULTURAL LTDA, 1967. 3) "THOMAS ENDER_AQUARELAS BRASILEIRAS" - LIVRARIA KOSMOS EDITORA. 4) "PINTURA ACADÊMICA OBRAS PRIMAS DE UMA COLEÇÃO PAULISTA 1860-1920_ PAISAGEM"- DOMINIQUE-EDOUARD BAECHLER- IMPRENSA OFICIAL DO ESTADO- SÃO PAULO- BRASIL, 1982. 5) "PINTURA ACADÊMICA OBRAS PRIMAS DE UMA COLEÇÃO PAULISTA 1860-1920_ RETRATO"- DOMINIQUE-EDOUARD BAECHLER- IMPRENSA OFICIAL DO ESTADO- SÃO PAULO- BRASIL, 1982. 6) "DEZ DESENHOS ALDEMIR MARTINS" - APRESENTADOS POR EMIL FARHAT- EXEMPLAR 1319-EDITORA CULTRIX- SÃO PAULO. 7) "CARYBÉ" APRESENTADO POR JORGE AMADO- EXEMPLAR 2515- EDITORA CULTRIX, SÃO PAULO.

116 - SÉRVULO ESMERALDO - (1929)
Lance Livre - Nu - grav. 2º prova - 19 x 10 - cid - 1955
Cearense de Crato, onde nasceu a 27 de fevereiro de 1929. Escultor e gravador. Importante representante da arte nacional. Expõe individualmente desde 1951, em São Paulo, Rio e Ceará. Participa de coletivas nacionais a partir de 1974 (MAC-SP) e internacionais a partir de 1956 (Cracóvia). É artista de extenso curriculum de exposições e premiações. Tem reconhecimento e cotação internacional. JULIO LOUZADA vol. 4 pág. 365; ARTE NO BRASIL, vol. 2, pág. 855; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 703; LEONOR AMARANTE, pág. 75.

117 - HÉLIOS SEELINGER - (1878 - 1965)
Lance Livre - Andarilho - dl - 26 x 19 - cie - 1939- Rio
Natural do Rio de Janeiro, seu pai era alemão e sua mãe brasileira, descendentes de franceses e gregos. O artista estudou na ENBA (1892-1896), onde foi aluno de Henrique Bernardelli. Recebeu influência do artista alemão Franz von Stuck, na Academia de Belas Artes de Munique, onde ali foram seus contemporâneos Kandinsky, Paul Klee e Franz Marc. SEELINGER decorou o salão nobre do Clube Naval do Rio de Janeiro, a convite do Ministério do Marinha (1910). PONTUAL, pág.481; TEIXEIRA LEITE, pág. 466; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 431; ARTE NO BRASIL, pág. 574.

118 - AUTOR DESCONHECIDO, SÉC. XX -
Lance Livre - Paisagem - ost - 35 x 44 - n/as.

119 - OTTONE ZORLINI - (1891 - 1967)
Lance Livre - Paisagem - osc - 21 x 27 - cid - 1932
Com dedicatória no dorso. -Pintor e escultor nascido na Itália e falecido em São Paulo, onde se radicou na década de 1920. Ottoni Zorlini destacou-se como paisagista e pintor de figuras, num estilo afim ao de Volpi e ao de outros ilustres componentes da hoje célebre Família Artística Paulista, cuja obra muito ajudou a difundir. MEC, vol. 4, págs. 534 e 535; PONTUAL, pág. 559; Catálogo de Pintores Italianos no Brasil, SOCIARTE/82; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 623.

120 - DARIO MECATTI - (1909 - 1976)
Base: R$ 11.000,00 - Interior de Ateliê - ost - 65 x 80 - cie
Com carimbo do Salão Paulista de Belas Artes de 1941, no dorso. - - Ver nota sobre o autor na descrição do lote 089 deste catálogo.

121 - ANTONIO MAIA - (1928 - 2008)
Lance Livre - Ex voto - ast - 40 x 40 - ci e d - 2006
Natural de Carmópolis, SE. Pintor e desenhista. Radicado no Rio de Janeiro desde 1955. Em 1959 fez suas primeiras apresentações em coletivas. Estreou no SNAM, obtendo o prêmio de viagem ao exterior (1969). Pertencente àquele grupo de artistas que organizam seu trabalho em torno de valores culturais vindos da expressão popular, o artista assumiu como um dos temas de sua pintura a imagem do ex-voto., escultura religiosa de caráter popular e votivo. O ex-voto representa, para o artista, um ponto de partida na realização de uma paisagem brasileira sem conotações urbanas. É uma pintura em que o mundo dos homens é construído pelos homens e por suas criações. O artista empresta às figuras com que trabalha, os ex-votos, conotações de análise ideológica, e o faz sem palavras, apenas pela força da presença visual. Figurou em diversas coletivas nacionais e internacionais, conquistando prestigio de critica e público. MEC vol.3, pág.42; PONTUAL, pág. 330 e 331; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 697; Acervo FIEO.

122 - UBI BAVA - (1905 - 1988)
Lance Livre - Composição - g - 31 x 27 - cid
Natural da cidade paulista de Santos. Faleceu em São Paulo. Arquiteto, professor e pintor. Foi aluno de Lucilio de Albuquerque e de Henrique Cavalleiro. Foi professor de desenho artístico da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Rio de Janeiro, FAU/UFRJ. Entre as exposições de que participa, destacam-se: Salão Nacional de Belas Artes - Divisão Moderna, Rio de Janeiro, 1949; Bienal Internacional de São Paulo, várias edições entre 1951 e 1975; Salão Preto e Branco (3º Salão Nacional de Arte Moderna), Rio de Janeiro, 1954; Panorama de Arte Atual Brasileira, no MAM/SP, São Paulo, 1976. Após sua morte, suas obras participam da seguintes exposições: Bienal Brasil Século XX, na Fundação Bienal de São Paulo, 1994; Espelho da Bienal, no MAC/Niterói, 1998. Segundo TEIXEIRA LEITE "Ubi Bava pode ser considerado um precursor e um pioneiro de certo tipo de pintura que tem nos efeitos óticos e nos recursos cinéticos sua razão maior de ser. Introduzindo em suas superfícies espelhos, ao mesmo tempo introduz, no cerne mesmo de sua obra, a imagem refletida do espectador. Também fez uso de tubos de plástico e de movimentos mecanicamente produzidos, subordinando todos esses elementos a uma evidente vontade construtivista. Em certo momento de sua evolução, o que produzia tinha certo parentesco com o concretismo..." TEIXEIRA LEITE; ITAU CULTURAL; JULIO LOUZADA, vol. 5 pág. 98; WALTER ZANINI, pág. 676; LEONOR AMARANTE; ARTE NO BRASIL, pág. 933.

123 - J. CARLOS - (1884 - 1950)
Lance Livre - Palhaços - dn e a - 24 x 28 - cid
Nasceu e faleceu no Rio de Janeiro. Foi pintor, desenhista, ilustrador e caricaturista. Realizou mais de cem mil desenhos, não se conhecendo um único ruim. Observador arguto, retratou com maestria e humor o cotidiano de sua cidade natal, da qual, consta, ausentou-se por duas únicas ocasiões. JULIO LOUZADA vol. 10, pág. 181; CARICATURISTAS BRASILEIROS, de Pedro Corrêa do Lago, pág. 74; WALTER ZANINI, pág. 448; ARTE NO BRASIL, pág. 646.

124 - BENEDITO JOSÉ DE ANDRADE - (1906 - 1979)
Base: R$ 3.000,00 - "Rainha de Sabá em visita a Salomão" - ost - 63 x 100 - ci
Através de sua arte obteve destaques e prêmio nas exposições em que participou, como o SPBA, onde foi agraciado com o Prêmio Costa Ribeiro. Recebeu Medalha de Bronze em 1948 e Pequena Medalha de Prata em 1949. Mais tarde em 1951, conquistou o Prêmio Prefeitura de São Paulo. Estudou no Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo, onde foi aluno de Viggiani, Panelli e Enrico Vio. Além do SPBA, participou e também obteve premiações no Salão de Belas Artes e no Salão de Santos. Colecionadores particulares do Brasil e do exterior possuem obras suas. JULIO LOUZADA, vol. 10, pág. 57; MEC, vol. 1, pág. 80; ITAU CULTURAL; Acervo FIEO.

125 - CAMPOS AYRES - (1881 - 1944)
Base: R$ 2.200,00 - Paisagem - ost - 50 x 65 - cid
Natural de Itapetininga, SP, Campos Ayres foi pensionista do Estado de São Paulo para estudar em Paris a partir de 1909, com Henry Royer, Fleury e Laurens. No SPBA obteve prêmios e menções. Dedicou-se especialmente à pintura de paisagem. A PINACOTECA-SP, possui duas telas de sua autoria. Expôs individualmente em São Paulo, nos anos de 1930, 1933 e 1938, com muito sucesso de público e crítica. TEODORO BRAGA, pág. 63; REIS JR., pág. 368; MEC, vol. 1,pág. 41; PONTUAL, pág. 105; WALMIR AYALA, vol. 1,pág. 167; ITAU CULTURAL; ACERVO FIEO, pág. 11, RUTH TARASANTCHI.

126 - ARNALDO FERRARI - (1906 - 1974)
Lance Livre - Composição - g - 23 x 26 - cid - 1963- São Paulo
Pintor e desenhista de São Paulo. Estudou artes decorativas, desenho e pintura no Liceu de Artes e Oficio de São Paulo e na Escola de Belas Artes de São Paulo, tendo sido aluno de Érico Vio . Pertenceu ao Grupo Guanabara de São Paulo, com Tomie Ohtake, Ianelli, Fukushima e outros. Passou, num trabalho lento e consciente, do figurativismo para uma abstração geometrizante. Participou do Grupo Santa Helena, com Alfredo Volpi, Mario Zanini e outros, nos anos de 1935 a 1950. WALMIR AYALA, vol. 1, pág. 304/5; MEC, vol. 2, pág. 149/50; TEIXEIRA LEITE, PÁG. 191; PONTUAL, pág. 207; JULIO LOUZADA, vol. 1, pág. 378; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág.678, Acervo FIEO.

127 - MARIA POLO - (1937 - 1983)
Base: R$ 2.000,00 - Composição - ost - 16 x 22 - ci - 1971
Natural de Veneza, Itália. Ainda em Roma, frequentou de 1955 a 1959 o ateliê de De Pisis. Residiu no Brasil a partir de 1962, fixando-se no Rio de Janeiro. Realizou diversas exposições individuais em algumas das principais capitais do País e no exterior. MEC, vol. 3, pág. 424; PONTUAL, pág. 430; JULIO LOUZADA, vol. 1, pág. 776; ITAU CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 697.

128 - FERNANDO ODRIOZOLA - (1921 - 1986)
Lance Livre - Composição - tm - 28 x 20 - cid - 1977
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 024 deste catálogo.

129 - FRANCISCO COCULILO - (1895 - 1978)
Lance Livre - Marinha - ost - 56 x 60 - cid
Paisagista nascido no Rio de Janeiro, aluno de Luiz Graner. Realizou exposições individuais em várias cidades brasileiras. Catálogo de Exp. de Paisagem Brasileira - MEC-MNBA/Rio/1944; MEC, vol. 1, pág. 40; TEODORO BRAGA, pág. 73; WALMIR AYALA, vol. 1, pág. 208; JULIO LOUZADA, vol. 11, pág. 74; Acervo FIEO.

130 - DJANIRA DA MOTTA E SILVA - (1914 - 1979)
Base: R$ 4.000,00 - Vendedor de balões - g - 44 x 32 - cid - 1953
Reproduzido no convite deste leilão. -Pintora, desenhista e gravadora, natural de Avaré, SP. Foi aluna de Marcier. A partir de 1942 participa do SNBA, recebendo premiação em 1943, 1944 e 1950. Realizou exposições individuais. Participou de diversas coletivas e salões de arte, nacionais e internacionais, com excelente recepção da crítica especializada. Diz-se que sua pintura é ingênua, mas ela declarava que ingênua, era ela mesma. JULIO LOUZADA vol.1, pág. 336; PONTUAL, pág. 181; TEIXEIRA LEITE, pág. 164; MEC, vol. 2, pág 58; WALMIR AYALA, vol. 1, pág, 263; ITAU CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 810; ARTE NO BRASIL, pág. 824; Acervo FIEO.

131 - LEVINO FANZERES - (1884 - 1956)
Lance Livre - Fazenda - osm - 27 x 19 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 032 deste catálogo.

132 - HERMELINDO FIAMINGHI - (1920 - 2004)
Lance Livre - Composição - lito. os 105/170 - 70 x 60 - ci - 1974
Nasceu em São Paulo, a 22 de outubro de 1920. Pintor e artista gráfico. Dedicou-se regularmente à pintura a partir de 1950, com seu mestre Volpi. Foi um dos pioneiros do concretismo, com o qual rompeu anos mais tarde, para fazer uma pintura mais solta, através de seu diálogo com a cor e da interação com a luz em contato com a natureza. Expõs individualmente a partir de 1961 e coletivamente desde 1955, sempre com premiações. JULIO LOUZADA, vol. 4 pág. 401; ITAÚ CULTURAL; ARTE NO BRASIL, pág. 928; LEONOR AMARANTE, pág. 75.

133 - CARLOS LEÃO - (1906 - 1982)
Lance Livre - Figura - dn e a - 28 x 20 - cid
Arquiteto, pintor e desenhista ativo no Rio de Janeiro. Participou com Lucio Costa no projeto do edifício sede do Ministério de Educação do Rio de Janeiro (1937). Excepcional desenhista, praticou igualmente a pintura, sempre fiel a uma só temática - "a mulher, seu corpo, seu mundo de amor, sexo e poesia". MEC, vol. 2, pág. 462/3; TEIXEIRA LEITE, pág. 281; PONTUAL, PÁG. 303; JULIO LOUZADA VOL.11, PÁG.171; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 602; ARTE NO BRASIL, pág. 746.

134 - GERSON DE SOUZA - (1926 - 2008)
Lance Livre - "Homenagem a Cida" - ost - 26 x 35 - cie e d
Pintor. Autodidata. Fixou-se no Rio de Janeiro, onde exerceu a profissão de carteiro dos Correios, e onde começou a pintar em 1950. Participou da V Bienal de São Paulo, de vários Salões Nacionais e exposições coletivas no exterior. Várias individuais e coletivas no País. JULIO LOUZADA, vol. 11, pág. 127; PONTUAL, pág. 236/237; MEC, vol. 2, pág. 248; TEIXEIRA LEITE, pág. 220; WALMIR AYALA, vol. 1, pág. 347, Acervo FIEO.

135 - LIVROS -
Lance Livre - -
1) "EDVARD MUNCH", ALF BOE - ED. RIZZOLI NEW YORK/1989. 2) "RAUL ANGUIANO" POR JORGE J. CRESPO DE LA SERNA, JOSE PASCUAL BUXO, WALDEMAR GEORGE, JUSTINO FERNANDEZ E ANNE PHILLIPS - EDITORA EDAMEX. 3) "A VISIT TO GIVERNY", BY GERALD VAN DER KEMP - L'INSTITUT CONSERVATEUR DE MUSÉE CLAUDE MONET. 4) "VAN GOGH" - BY RENÉ HUYGHE - CROWN PUBLISHERS, INC. - NEW YORK. 5) "MONET'S YEARS AT GIVERNY: BEYOND IMPRESSIONISM" - BY THE METROPOLITAN MUSEUM OF ART - HARRY N. ABRAMS, INC., PUBLISHERS, NEW YORK. 6) "MONET", STÉPHANE GRÉGOIRE - ÉDITIONS HAZAN, PARIS/1994.

136 - TAKASHI FUKUSHIMA - (1950)
Lance Livre - Paisagem - ast - 50 x 70 - cid e d - 1976
Filho do pintor Tikashi Fukushima, nasceu em São Paulo, Capital. Estuda com Luiz Paulo Baravelli em 1970 e, no mesmo ano, ingressa na FAU-SP. Paralelamente aos estudos universitários, expõe nas Bienais Internacionais de São Paulo em 1973 e 1975, obtendo, nesta última, prêmio aquisição. Em 1990 estuda na Universidade Nacional de Artes e Música de Tóquio, Japão, com bolsa concedida pela Fundação Japão. No mesmo ano, recebe o prêmio de excelência na 1ª Bienal Brasileira de Design, em Curitiba. Desde 1992 leciona desenho no curso de arquitetura e urbanismo da Faculdade de Belas Artes de São Paulo. JULIO LOUZADA, vol. 13 pág. 141; ITAÚ CULTURAL; LEONOR AMARANTE, pág. 231, Acervo FIEO.

137 - ABELARDO ZALUAR - (1924 - 1987)
Lance Livre - Menina - dn - 39 x 20 - cid - 1949
Desenhista, pintor e professor. Frequentou a antiga ENBA, de 1944 a 1948. Participou do I ao XII e do XV SNAM (entre 1952 e 1966/ prêmio de viagem ao estrangeiro em 1963.). Realizou exposições individuais no MNBA (1947) e na Galeria Ambiente (São Paulo, 1960), Museu de Arte de Belo Horizonte (1960), Instituto de Belas Artes de Porto Alegre (1961), Petite Galerie-GB (1962). Sua obra experimentou uma simplificação de traços de tendência geometrizante, levando Frederico Morais a comentar a seu respeito em 1969; "Não se pensem que Zaluar, por ser um partidário da ordem, afaste deliberadamente o imprevisto, a contribuição do acaso, o vôo poético (...) seus últimos trabalhos fazem lembrar, na monumentalidade silenciosa da forma despojada, o mundo futuro do espaço cósmico, das estruturas moventes, das plataformas que se acoplam ou se dividem numa metamorfose constante". Encontra-se representado no acervo do MNBA, Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro e Museu de Arte de Belo Horizonte. WALMIR AYALA, vol. 2, pág. 449/50; MEC, vol. 4, pág. 527; PONTUAL, pág. 556; TEIXEIRA LEITE, pág. 546; ITAU CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 682; ARTE NO BRASIL, pág. 934; LEONOR AMARANTE, pág. 218.

138 - DARCY PENTEADO - (1926 - 1987)
Lance Livre - "Estudo sobre a tela Alameda das Hortênsias" - a - 26 x 21 - cie - 1986
Desenhista, pintor, cenógrafo, figurinista e escritor, Darcy Penteado foi a personalidade polimorfe, que buscava tornar a própria existência matéria de arte. Em 1948 passou a integrar em São Paulo o Grupo Novíssimos. Expôs individualmente a partir de 1949, participando de inúmeras exposições coletivas e individuais, no país e no exterior. MEC, vol. 3, pág. 365; PONTUAL, pág. 416; JULIO LOUZADA, vol. 11, pág. 241. WALMIR AYALA, vol 2, pág 183; TEIXEIRA LEITE, pág 401; ITAÚ CULTURAL ; WALTER ZANINI, pág. 717; LEONOR AMARANTE, pág. 75.

139 - CARLOS SÖRENSEN - (1928 - 2008)
Lance Livre - Natureza morta - enc. s/t - 33 x 27 - cid e d - 1976
Com certificado de autenticidade firmado pelo autor. -Paulista de Baurú, Sorensen fez importantes estudos em Paris, onde a convite do governo francês, freqüenta o ateliê de André Lhote, onde conhece Picasso, Roonet e Fernand Léger e no ano seguinte freqüenta a Escola Superior de Belas Artes-Paris, estudando com Gleizes e André Lhote(1952-1953). Foi artista de múltiplas atividades, ceramista, tapeceiro, cenógrafo, ilustrador, arquiteto, designer e pintor, com sucesso de crítica e de público. Citado em Delta Larouse/1970, pág. 6406; MEC vol.4, pág. 309; PONTUAL, pág. 500, WALMIR AYALA vol.2, pág.347; JULIO LOUZADA vol.11, pág. 306; ITAÚ CULTURAL; Acervo FIEO.

140 - CARLOS BALLIESTER - (1874 - 1926)
Base: R$ 4.000,00 - Marinha - ost - 37 x 90 - cid - 1910
Pintor pernambucano, ativo no Rio de Janeiro, onde foi discípulo de Auguste Petit. Participou várias vezes da Exposição Geral de Belas Artes (1896, 1898, 1899, 1916, 1919 e 1925). Paisagista e marinhista. TEODORO BRAGA, pág. 45; MAYER/87, pág. 604, JULIO LOUZADA vol.11, pág. 24; ITAÚ CULTURAL.

141 - ALDEMIR MARTINS - (1922 - 2006)
Lance Livre - Coqueiros - asc - 45 x 33 - cie
Com certificado de autenticidade do Estúdio Ademir Martins. - - Ver nota sobre o autor na descrição do lote 005 deste catálogo.

142 - FERNANDO LEMOS - (1926)
Lance Livre - "Série memórias nº 10' - d g em os s/al 1/3 - 50 x 64 - cie
José Fernandes de Lemos nasceu em Lisboa, Portugal. Pintor, desenhista, fotógrafo, gravador, artista gráfico, muralista, poeta. Estuda pintura e litografia na Escola de Artes Decorativas Antonio Arroio, e pintura na Sociedade Nacional de Belas Artes, em Lisboa. Cedo identifica-se e define-se como "surrealista, pintando, desenhando, escrevendo poesia" e fotografando. Os poucos anos dedicados à fotografia, entre 1949 e 1951, possibilitou-lhe realizar uma série de exposições individuais no Brasil e na Europa e ganhar o Prêmio Anual de Fotografia, concedido pelo Centro Português de Fotografia, na cidade do Porto, em 2001. Em 1953, muda-se para São Paulo, naturalizando-se brasileiro por volta de 1960. Em 1955, vai a Portugal, Suíça, Holanda e França com o prêmio viagem ao exterior recebido da Fundação Bienal de São Paulo e, em 1962, recebe bolsa de estudos para o Japão, patrocinada pela Fundação Calouste Gulbenkian. Participa, entre outras exposições coletivas, da Bienal Internacional de São Paulo, várias edições entre 1953 e 1967; Salão Paulista de Arte Moderna, São Paulo, 1958; Panorama da Arte Brasileira, no MAM/SP, em 1970, 1973 e 1979; Tradição e Ruptura: síntese de arte e cultura brasileiras, na Fundação Bienal, São Paulo, em 1984; ITAU CULTURAL; JULIO LOUZADA, vol. 1 págs. 536/537. Acervo FIEO.

143 - MARCELO GRASSMANN - (1925)
Lance Livre - Guerreiro - grav. P.A. - 34 x 50 - cid
Desenhista, gravador, ilustrador, pintor, escultor e professor, nasceu em São Simão, SP. Estuda fundição, mecânica e entalhe em madeira na Escola Profissional Masculina do Brás, SP. Passa a realizar xilogravuras a partir de 1943. Atua como ilustrador do Suplemento Literário do ‘Diário de São Paulo’, do ‘O Estado de S. Paulo’ e do ‘Jornal do Estado da Guanabara’. Quando reside no Rio de Janeiro, a partir de 1949, freqüenta os cursos de gravura em metal, com Henrique Oswald e de litografia, com Poty, no Liceu de Artes e Ofícios. Em Salvador (1952), trabalha com Mario Cravo Júnior. .Recebe o prêmio de viagem ao exterior do Salão Nacional de Arte Moderna (1953) e vai para a Academia de Artes Aplicadas, em Viena. Passa a dedicar-se principalmente ao desenho, à litografia e à gravura em metal. Em 1969, sua obra completa é adquirida pelo governo do Estado de São Paulo, passando a integrar o acervo da Pinacoteca do Estado de São Paulo . Em 1978, a casa em que nasceu, em São Simão, é transformada em museu e tombada pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arqueológico e Turístico do Estado de São Paulo - Condephaat. Participou de muitas exposições e das Bienais de: São Paulo (1951 a 1961, 1967, 1969, 1979, 1985, 1989); Veneza (1950, 1956, 1958, 1962); Paris (1959). Principais prêmios: Bienal de São Paulo (1951, 1955, 1957, 1959, 1967); Bienal de Veneza (1950, 1956, 1958,1962); Bienal de Paris (1959). PONTUAL, PÁG. 249; MEC, VOL. 2, PÁG. 281 E 282; ITAU CULTURAL; JULIO LOUZADA, VOL.1, PÁG. 439; VOL. 5, PÁG. 453; VOL. 9, PÁG. 383.

144 - EUGÊNIO ACOSTA - (1896 - XX)
Lance Livre - Pescadores - ost - 70 x 140 - cid
Nascido EUGÊNIO ACOSTA MEDINA. Pintor espanhol que foi ativo no Rio de Janeiro. JULIO LOUZADA, vol. 1, pág. 274; TEODORO BRAGA; ACERVO FIEO, pág. 143.

145 - FRANCISCO STOCKINGER - (1919 - 2009)
Lance Livre - Guerreiro - e em b - h= 37 - b
Natural de Traum, Áustria, Xico Stockinger, como é conhecido, foi aluno de Bruno Giorgi e desde 1954, radicado em Porto Alegre, á um escultor da figura humana e do animal. Também é excelente desenhista e gravador. Começou a expor na década de 40, no Rio de Janeiro, recebendo premiações. Desempenhou importante papel no desenvolvimento das artes plástica gaúcha. Tem seu nome firmado no cenário nacional e internacional, como escultor expressivo e original. JULIO LOUZADA, vol.11, pág.311; PONTUAL, pág.506; MEC., vol.4, pág.342/3.; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 720; ARTE NO BRASIL, pág. 868; LEONOR AMARANTE, pág. 136.

146 - ANGELO SIMEONE - (1899 - 1963)
Lance Livre - Natureza morta - os pal - 20 x 28 - ld - 20.12.1961- São Paulo
Com dedicatória. -Pintor italiano, veio com a família para o Brasil em 1901, fixando-se em São Paulo, onde, aos dezessete anos, passou a freqüentar o Liceu de Artes e Ofícios como aluno de José Perissinoto. Participando regularmente do SPBA, nele obteve o prêmio Prefeitura de São Paulo, 1934,1953 e 1956, medalha de bronze,1935, pequena e grande medalhas de prata 1941 e 1944, primeiro prêmio Governo do Estado 1957, prêmios de aquisição 1957, 1959, 1961 e 1962, prêmio Caixa Econômica Federal de São Paulo, 1963 e prêmio Polifix, 1964. Conquistou, ainda, medalha de prata no Salão Santista de Belas Artes do Rio Grande do Sul. Foi incluído na mostra 50 Anos da Paisagem Brasileira, organizada por Sergio Miliet, em São Paulo . Há obras de sua autoria na Pinacoteca e no Palácio do Governo desse último Estado. Quirino da Silva focalizou-o na sua coluna do Diário da Noite (São Paulo, 20 de junho de 1968). TEODORO BRAGA, pág. 216; MEC, vol.4, pág. 285; PONTUAL, pág. 497; WALMIR AYALA, vol. 2, pág. 340; TEIXEIRA LEITE, pág. 483; ITAÚ CULTURAL; ACERVO FIEO, pág. 388, RUTH TARASANTCHI.

147 - JOHN REINHARD WEGUELIN - (1849 - 1927)
Lance Livre - Os três espadachins - ost - 32 x 24 - cid
Pintor, ilustrador e escritor nascido em South Stokes e falecido em Hastings, representante da Escola Inglesa. A partir de 1877, expôs, principalmente, na Academia Real de Londres e na Sociedade dos Artistas Britânicos. Passou a pintar somente aquarelas depois de 1893 e foi eleito para Sociedade Real de Aquarelistas em 1897. BENEZIT VOL.10, PÁG. 670; www.artmagick.com; artcyclopedia.com; arcadja.com; artprice.com.

148 - ANGELI - (1956)
Lance Livre - "Romualdo/Tarso" - dn e c - 27 x 55 - csd
Arnaldo Angeli Filho nasceu em São Paulo, SP. Cartunista, chargista e ilustrador. Aos 14 anos, publicou seu primeiro desenho na revista ‘Senhor’. Autodidata, aprendeu a desenhar copiando os trabalhos de Millôr Fernandes, Jaguar e Ziraldo . No jornal ‘Folha de S. Paulo’, publicou charges, a partir de 1973, e, desde 1983, tiras diárias em que criou personagens que retratavam tipos urbanos, com destaque para Rê Bordosa, Bob Cuspe e os velhos hippies Wood & Stock. Na década de 1980, publicou a revista ‘Chiclete com Banana’com novo elenco de personagens de sua autoria, como Walter Ego, Rigapov, Rhalah Rikota, Bibelô, Meiaoito e Nanico, Ritchi Pareide, Aderbal e Os Skrotinhos. Com Laerte (1951) e Glauco (1957-2010) criou a série Los Três Amigos, também publicada em ‘Chiclete com Banana’. Em 1983, ilustrou o livro da historiadora Lilia Moritz Schwartz: ‘República Vou Ver!’. Em 1995, publicou ‘FHC: Biografia Não Autorizada’, coletânea de charges produzidas durante o governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. O diretor Otto Guerra lançou, em 2006, o longa-metragem de animação ‘Wood & Stock - Sexo, Orégano e Rock'n Roll’. Em 2008, foi um dos homenageados no 1º Festival Internacional de Humor do Rio de Janeiro, que apresentou Angeli/Genial, uma mostra retrospectiva da produção do cartunista. Também nesse ano, foi lançado o curta-metragem de animação Dossiê Rê Bordosa. Seus desenhos estão incluídos na ‘Enciclopédia del Humor Latino Americano’, da Colômbia, na Antologia de Humor Brasileiro e no Museu do Cartum e Caricatura de Basiléia, Suíça. Atualmente, desenha para a Folha de S. Paulo e para o seu site no portal Universo On-line, com destaque para as tiras Let´s Talk About Sex, Luke e Tantra e, na "net-novela" A Morta Viva, Rê Bordosa. ITAU CULTURAL.

149 - GUIDO VIARO - (1897 - 1971)
Lance Livre - Banhistas - a - 22 x 28 - cie
Pintor, desenhista, gravador e professor, nasceu em Badia Polesine, Itália. Fez estudos de formação artística em Veneza e Bolonha, naquele País, vindo para o Brasil em 1928. Radicou-se em Curitiba 1930, onde lecionou pintura e desenho. Participou, recebendo premiações, em diversos Salões nacionais. JULIO LOUZADA vol.aa, pág.335; TEIXEIRA LEITE, pág. 522, PONTUAL, pág. 539; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 449; ARTE NO BRASIL, pág. 883.

150 - ALDEMIR MARTINS - (1922 - 2006)
Base: R$ 9.500,00 - Peixe - ast - 22 x 16 - cid e d - 1967
Reproduzido no convite deste leilão. -Com certificado de autenticidade do Estudio Aldemir Martins. - - Ver nota sobre o autor na descrição do lote 005 deste catálogo.

151 - NIOBE XANDÓ - (1915 - 2010)
Lance Livre - Plantas - osm - 36 x 21 - cid e d - 1960
Com a seguinte inscrição no dorso: "Niobe Xandó que saudades das minhas plantas - 1960 1978." -Pintora e desenhista natural de Campos Novos Paulista-SP. Foi ativa em São Paulo-SP. Autodidata, freqüentou o ateliê de Raphael Galvez a partir de 1946. Dentre as várias fases de sua obra merecem destaque as Flores Fantásticas, as Máscaras de origens africana e indígena, O Letrismo, o Mecanicismo e o Abstracionismo Geométrico. Participou de várias Bienais Nacionais e recebeu mais de 20 prêmios em Salões de Arte. Participou de mais de 100 exposições nacionais e internacionais e mereceu mais de 100 textos de críticos renomados. Em 2004 teve uma grande mostra antológica no Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM-SP). Em 2007 teve uma exposição retrospectiva fantástica e merecida na Pinacoteca do Estado de São Paulo. JULIO LOUZADA, vol. 12, pág. 435; PONTUAL, pág. 554; WALTER ZANINI, pág. 717; Acervo FIEO; TEIXEIRA LEITE; BENÉZIT; BARDI, Pietro Maria. Profile of the New Brazilian Art. São Paulo. 1970; SCHENBERG, Mário. Pensando a Arte. São Paulo. 1988. Acervo FIEO.

152 - TADASHI KAMINAGAI - (1899 - 1982)
Base: R$ 7.000,00 - "Paisagem de Belém" - ost - 51 x 70 - cid e d - Belém- Pará
Grande pintor japonês da Escola de Paris, amigo de Marquet, Vlaminch e Déiran, entre outros, passou no Brasil praticamente toda a década de 1940, aqui se ligando de amizades a pintores como Portinari, Pancetti e Djanira, e iniciando na arte vários jovens pintores de ascendência nipônica, como Flávio Shiró Tanaka, por exemplo. Autor de paisagem, naturezas mortas e retratos de excelente qualidade pictórica, Kaminagai veio freqüentes vezes ao Brasil, onde expôs com enorme sucesso. TEODORO BRAGA, pág.134; BENEZIT, vol.6, pág.152; WALMIR AYALA, vol.1, pág.435 e 437; MEC, vol.2, pág.401; PONTUAL, pág.287; ITAU CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 643; ARTE NO BRASIL; Acervo FIEO.

153 - UBIRAJARA RIBEIRO - (1930 - 2002)
Lance Livre - Composição - tm e col. - 50 x 35 - ci - 1983
Pintor, desenhista, gravador, artista gráfico, arquiteto e professor paulistano, nascido em 2 de outubro de 1930. Estudou pintura e gravura nas cidade de São Paulo e Salvador, com Pedro Corona, Waldemar da Costa e Mário Cravo Jr. Para o autor a arte é a corporificação de um processo de criatividade e percepção. Expôs individualmente pela primeira vez em 1964, na Galeria Seta-SP. Dentre as coletivas, destacam-se a da FAAP-SP, em 1965, I SPAC-SP, 1969. Foi escolhido como Melhor Gravador do Ano, em 1977, pela APCA. JULIO LOUZADA vol. 11 pág. 266; ITAÚ CULTURAL.

154 - JOAQUIM TENREIRO - (1906 - 1992)
Lance Livre - Estudo - g - 25 x 26 - cid
Português da cidade de Melo, Serra da Estrela, foi discípulo do Núcleo Bernardelli e de Quirino Campofiorito, no Rio de Janeiro-RJ. Fixou residência definitiva no Brasil no ano de 1929. Fez o Curso de Desenho do Liceu Português, onde conquista o prêmio Joaquim Alves Meira, a maior láurea daquele estabelecimento. Tem pinturas suas figurando no MAM-SP, no MNBA e Museu Manchete-RJ. Mário Barata escreve a seu respeito: " Depois de uma fatura limpa, de acabamento preciso e claro, Tenreiro, mesmo prosseguindo com certo rigor estilistico, cedeu, ultimamente, 'a tentação das densidades de matéria e ao cromatismo baixo, 'as vezes terroso, cinza, que o informal bastante generalizou." É o renovador do mobiliário brasileiro, responsável por toda uma linha de criação em que a funcionalidade se alia o bom gosto e o aproveitamento racional dos materais do País. MEC, vol.4, págs.381 E 382; PONTUAL, pág.520,; TEIXEIRA LEITE, pág.504; WALMIR AYALA, vol.2, pág.376 e 377 ; JULIO LOUZADA, vol.11, pág.320; ITAU CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 580; ARTE NO BRASIL, pág. 763.

155 - LIVROS -
Lance Livre - -
1) " A ESTILÍSTICA DO AXIOMISMO NA PINTURA DE CASTELLANE" POR GERALDO DUTRA DE MORAES- BIBLIOTECA BRASILEIRA DE ARTES- SÃO PAULO,1973. 2) "GUIDE TO THE NATIONAL MUSEUM VICENT VAN GOGH_AMSTERDAM"- EDIÇÃO: B.V.´T LANTHUYS, AMSTERDAM. 3) " VASA" -CATÁLOGO- AUTOR: ERLING MATZ- EDITOR: KATARINA VILLNER, VASA MUSEUM- ESTOCOLMO, SUÉCIA. 4) "PIEZAS MAESTRAS DE LA PINTURA MURAL MEXICANA" -PÔSTERS- PANORAMA EDITORIAL, S.A-LEIBNITZ No.31, MÉXICO 5, D.F 5) "EMMANUEL ZAMOR" -CATÁLOGO EXPOSIÇÃO-MUSEU DE ARTE DE SÃO PAULO ASSIS CHATEAUBRIAND, 1985. 6) "REFERENCIAL ANITA MALFATI" CATÁLOGO EXPOSIÇÃO-450 ANOS DE SÃO PAULO. EDITORAÇÃO MAGMA EDITORA, JANEIRO 2004. 7) "PICASSO_PRIMEIRA PARTE" COLEÇÃO GÊNIOS DA PINTURA- ABRIL CULTURAL LTDA, 1967. 8) " PICASSO_SEGUNDA PARTE" COLEÇÃO GÊNIOS DA PINTURA- ABRIL CULTURAL LTDA, 1967. 9) " DELACROIX" COLEÇÃO GÊNIOS DA PINTURA- ABRIL CULTURAL, 1967.

156 - SERGIO MILLIET - (1898 - 1966)
Base: R$ 4.000,00 - Natureza morta - osm - 45 x 37 - cse - 1956
Nascido e falecido em São Paulo, Capital. Poeta, ensaísta, crítico literário e de arte, e pintor. Ao lado de suas múltiplas atividades de poeta, crítico e estudioso das artes plásticas, Sergio Milliet também foi assíduo pintor de domingo, especialmente das praias de Santos. Foi diretor artístico do MAM-SP, o qual organizou em 1969, uma exposição de sua pintura, comentada no Jornal do Brasill, de 22/9/1969. PONTUAL, pág. 361; JULIO LOUZADA vol.10, pág. 598; ITAÚ CULTURAL; TEIXEIRA LEITE, pág. 325. Acervo FIEO.

157 - HENRIQUE CAVALLEIRO - (1892 - 1975)
Lance Livre - Paisagem - p - 26 x 37 - cie - Bahia- 1968
Com a seguinte inscrição:"da janela do meu quarto no hotel ..."Pintor, desenhista e professor. Foi aluno de Eliseu Visconti, tendo recebido em 1918 o prêmio de viagem à Europa. Participou de diversos salões e exposições. REIS JR., pág. 375; TEODORO BRAGA, pág. 117; PRIMORES DA PINTURA NO BRASIL, vol. 2, pág. 45 e 275; WALMIR AYALA, vol. 1, pág. 187 e 190; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 446; ARTE NO BRASIL, pág. 556; Acervo FIEO.

158 - JORGE GUINLE FILHO - (1947 - 1987)
Lance Livre - Composição - tm - 17 x 26 - cie - 1980
Pintor e desenhista. Expôs com regularidade no Rio e São Paulo a partir de 1973, com ótimo mercado. JULIO LOUZADA, vol. 2, pág.482; LEONOR AMARANTE, pág. 312. Acervo FIEO.

159 - RENOT - (1932)
Lance Livre - Figuras - tm - 18 x 12 - csd - 2002
Tapeceiro, desenhista e pintor baiano, ativo em São Paulo desde 1978, com diversas premiações, exposições e leilões. Também atua no mercado de arte como "marchand". JULIO LOUZADA vol.1, pág. 816, Acervo FIEO.

160 - ANTONIO FERRIGNO - (1863 - 1940)
Base: R$ 8.000,00 - Paisagem - ost - 26 x 36 - cid
Reproduzido no convite deste leilão. -Representou com maestria a chamada Escola de Amalfi. Estudou com Di Chirico e Morelli. Expôs em 1882 em Nápoles, imigrando para o Brasil em 1892, permanecendo em São Paulo até 05, quando retornou à Itália e fixou residência definitivamente em Salerno. No Brasil executou paisagens e marinhas, utilizando de técnica pictórica empastada e de um colorido cheio de vivacidade. Várias obras suas ficaram no Brasil, em importantes coleções particulares. ANTONIO FERRIGNO; BENEZIT, vol. 4, pág. 343; ANUAL ART SALES INDEX/82, vol.1, pág. 383; TEODORO BRAGA, pág. 94; MEC, vol. 2, pág. 156; LAUDELINO FREIRE, págs. 381 e 389; REIS JÚNIOR, pág. 365; PONTUAL, pág. 212. TEIXEIRA LEITE, pág. 192; ITAÚ CULTURAL; ARTE NO BRASIL, pág. 535, RUTH TARASANTCHI.

161 - YUGO MABE - (1955)
Lance Livre - "Paisagem do Ceará" - ost - 65 x 81 - cid - 1982
Pintor nascido na cidade de Lins-SP. Formou-se em comunicação pela FIAM-São Paulo em 1977. Filho do pintor Manabu Mabe (1924-1997). Começa a participar de mostras coletivas no início da década de 70 e é premiado nos Salões Bunkyo, em 1972 e 1975, e Paulista de Belas Artes, em 1975 e 1982. Em 1980, realiza sua primeira exposição individual, na Documenta Galeria de Arte, em São Paulo. ITAU CULTURAL; JULIO LOUZADA, vol. 13 pág. 360

162 - HEITOR DOS PRAZERES - (1898 - 1966)
Base: R$ 3.500,00 - Jogando peteca - ose - 30 x 40 - cid
Com autenticação da família do artista, na pessoa do curador da obra, Sr. Heitor dos Prazeres Filho, no dorso. -Compositor e pintor, iniciou-se na pintura em 1937. São seus temas preferidos o samba, favelas cariocas, mulatas e malandros. Participou da I Bienal de SP (1951), sendo nela premiado. Mostrou a sua obra em diversas exposições, no Brasil e no exterior. JULIO LOUZADA, vol.11, pág.247; MEC. Vol.3, pág.400; WALMIR AYALA. Vol.2, pág.194; TEIXEIRA LEITE, pág.408; PONTUAL, pag.439; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág.810; LEONOR AMARANTE, pág. 266; 673; Acervo FIEO.

163 - LE CORBUSIER - (1887 - 1965)
Base: R$ 2.700,00 - Composição - a - 19 x 30 - cid - 1957
Arquiteto, pintor, gravador, escultor, projetista e escritor. Charles-Édouard Jeanneret nasceu em La Chaux-de-Fonds, Suíça, e faleceu em Roquebrune-Cap-Martin, França. Naturalizou-se francês em 1930. Embora aclamado como um dos maiores e mais influentes arquitetos do século XX, também ocupa lugar notável na história da pintura moderna. Junto com Amédée Ozenfant fundou o ‘Purismo’ e publicaram suas doutrinas estéticas. Adotou o pseudônimo Le Corbusier (derivado do nome de um de seus avós) em 1920, mas continuou a assinar suas pinturas como ‘Jeanneret’. Também produziu desenhos, ilustrações para livros, litogravuras, desenhos de tapeçaria, mobiliário e numerosos livros, panfletos e artigos. Esteve no Brasil dando conferências, em 1929 e 1936. Sua influência sobre o pensamento arquitetônico e urbanístico em todo o mundo foi enorme. BENEZIT VOL.6, PÁG.522; DICIONÁRIO OXFORD, PÁG.298; www.fondationlecorbusier.fr; www.centerlecorbusier.com artprice.com; artnet.com.

164 - ARMANDO VIANNA - (1897 - 1988)
Lance Livre - Paisagem - ost - 46 x 55 - cie e d - 1986
No estado. -Este grande pintor carioca foi discípulo de Rodolfo Chambelland e Rodolfo Amoedo na antiga Escola Nacional de Belas Artes e de Eurico Alves e Stefano Cavalaro, no Liceu de Arte e Ofícios do Rio de Janeiro. É ainda hoje, considerado um dos maiores aquarelistas brasileiros. Realizou exposições individuais e em todas as principais capitais brasileiras. MEC vol.4, pág.470; JULIO LOUZADA vol.3, pág.186. PONTUAL pág. 538; ITAÚ CULTURAL; Acervo FIEO.

165 - SONIA EBLING - (1926 - 2006)
Lance Livre - "Isabela" - e em b - 17 x 8 - ass.
Nascida em Taquara, RS, SONIA EBLING consagrou-se como escultora e pintora. Participou da I Bienal de São Paulo. Premiada com viagem ao exterior no I SNAM. Morou em Paris 15 anos, onde frenquentou ateliês de artistas importantes e onde aperfeiçoou a sua importante e bela obra. MEC, vol. 2, pág. 89; PONTUAL, pág. 187; JULIO LOUZADA, vol 13, pág. 119; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 720; ARTE NO BRASIL, pág. 868; RGS, pág. 454.

166 - OSCAR PEREIRA DA SILVA - (1867 - 1939)
Lance Livre - Menina - dl e a - 9 x 6 - cid
Grande pintor brasileiro; prêmio de viagem à Europa em 1889, aperfeiçoou-se em Paris com Gérome e Leon Bonnat. "Sem ter revelado impulsos vigorosos que lhe evidenciassem poder emotivo, Oscar Pereira da Silva soube manter no transcorrer de bem cinquenta e sete anos de produção permanente e intensa, desde que retornou ao país, em 1896, todo o cuidado de um desenho severamente elaborado, sem num só instante voltar-se para o novo semblante que a pintura adquiria nessa transposição de tempo. " Quirino Campofiorito, in CAMPOFIORITO, Quirino. História da Pintura Brasileira no Século XIX. Ed.Pinakotheke-SP, 1983. PRIMORES DA PINTURA NO BRASIL, vol. 1, págs. 245/281; TEODORO BRAGA, pág. 177/8; LAUDELINO FREIRE, pág. 383; WALMIR AYALA, vol. 2, pág. 185; MEC, vol. 4, pág.277; PONTUAL, pág. 419; TEIXEIRA LEITE, pág. 402; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 437; ARTE NO BRASIL, pág. 553, Acervo FIEO; F. ACQUARONE, pág. 187, RUTH TARASANTCHI.

167 - BELMIRO DE ALMEIDA - (1858 - 1935)
Lance Livre - Paisagem - a - 17 x 11 - cid
Esse grande pintor brasileiro, cuja carreira artística começou pela caricatura, viveu em Paris quase toda a sua existência. Ao fim da vida, abeirou-se dos novos estilos artísticos em voga na Europa, praticando incursões até no campo do Futurismo. Luciano Migliaccio, assim se refere `a obra do mestre: " Belmiro (...) punha fim à época em que a arte brasileira ainda era prisioneira da retórica dos gêneros e se fundamentava na transposição em chave nacional da tradição européia. Dava início a uma arte nova, inspirada na realidade social urbana contemporânea, falando da transformação dos costumes no interior da família e da condição da mulher na sociedade moderna. Era uma pintura que objetivava a educação moral do público, imitando o exemplo da pintura vitoriana inglesa, mas adotando a estética do naturalismo francês. O artista deixava de ser uma espécie de sumo sacerdote do culto da nação, passando a recusar a idéia de uma pintura celebrativa, promovida pelo Estado e distante da representação da atualidade. Assim, como Amoedo e Aurélio Figueiredo, Belmiro tentava encarnar o modelo do artista dandy, o intelectual urbano que fazia de sua arte um estilo e um modo de vida (...)" in: MOSTRA DO REDESCOBRIMENTO (2000: SÃO PAULO, SP), AGUILAR, Nelson (org. ), SASSOUN, Suzanna (coord. ). Arte do século XIX. São Paulo: Fundação Bienal de São Paulo: Associação Brasil 500 anos Artes Visuais, 2000. p. 148. REIS JR, pág.224; THEODORO BRAGA, pág.49; Primores da Pint, no Brasil, vol.1, pág.229; LAUDELINO FREIRE, págs.382/383; WALMIR AYALA, vol.1, págs. 30/31; TEIXEIRA LEITE, pág. 68/69; PONTUAL, págs.66/67; MEC, vol.1, pág.48; ITAU CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 420; ARTE NO BRASIL, pág. 553; F. ACQUARONE, pág. 117.

168 - HEITOR DOS PRAZERES - (1898 - 1966)
Lance Livre - " Dançarinos " - ost - 50 x 61 - cid - 8.4.63 - Rio
Com autenticação da família do artista, na pessoa do curador da obra, Sr. Heitor dos Prazeres Filho. - - Ver nota sobre o autor na descrição do lote 162 deste catálogo.

169 - TUNEU - (1948)
Lance Livre - Composição - dn e ag - 19 x 25 - csd
Nascido Antonio Carlos Rodrigues, em São Paulo, Capital. Desenhista e pintor, começou a desenhar profissionalmente por volta de 1960. Foi orientado por Tarsila do Amaral em 1966, mesmo ano que começou a participar de exposições. Artista renomado, Tuneu figurou em diversas exposições importantes no país, que trouxeram o panorama da arte dos dias de hoje. JULIO LOUZADA, vol. 12 pág. 410; ITAU CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 764; LEONOR AMARANTE, pág.185, Acervo FIEO.

170 - LOTHAR CHAROUX - (1912 - 1987)
Base: R$ 6.000,00 - Composição - dn - 62 x 60 - cid - déc. 1960
Pintor e desenhista austríaco, natural de Viena, transferiu-se para o Brasil em 1928, fixando residência em São Paulo, Estudou no Liceu de Artes e Ofícios da cidade, onde conheceu Valdemar da Costa, com ele fazendo aprendizado de pintura a partir de 1940. Artista estável, sua evolução não sofreu sobressaltos, uma vez formado numa linguagem linear de sensibilidade pessoal, despojada e exigente, rigorosamente artesanal. PONTUAL, pág. 131; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI pág. 645; ARTE NO BRASIL, pág. 798; Acervo FIEO.

171 - EMIL NOLDE - (1867 - 1956)
Lance Livre - Nu - grav. - 10 x 8 - cid
Pintor, desenhista, gravador, escultor e professor, Emil Hansen, filho de camponeses, nasceu em Nolde, norte da Alemanha perto da fronteira com a Dinamarca. Estudou para ser marceneiro e entalhador, quando jovem. Trabalhou em Munique, em Karlsruhe - onde fez o curso de Arte Aplicada e em Berlim. Também fez estudos, entre outros, em Paris (Academia Julian), em Copenhague (escola de Kristian Zartman). Em 1902 se casou e mudou seu nome para Nolde. De 1905 a 1907 foi membro do ‘Die Brücke’, em Dresden, da ‘Secession’, em Berlim, até 1910.. Esteve viajando pela Itália, Rússia, Extremo Oriente e ilhas do Pacífico. Profundamente religioso, suas pinturas mais famosas são figurações do Velho e Novo Testamentos, paisagens e foi um dos expoentes da pintura floral do século XX. Embora tenha sido um antigo defensor do Partido Nacional-Socialista, teve sua obra declarada degenerada pelos nazistas e foi proibido de pintar. Mesmo assim, executou em segredo pequenas aquarelas (chamadas "pinturas não-pintadas"), a partir das quais concebeu grandes telas a óleo depois da guerra. Em 1926 fixou-se em Seebüll, também no norte da Alemanha quase fronteira da Dinamarca, onde viveu até morrer. Lá há a Fundação Nolde que possui uma extraordinária coleção de suas obras. BENEZIT VOL.. 7, PÁG. 743; EMIL NOLDE - CATÁLOGO EXPOSIÇÃO EM PARIS E MONTPELLIER, RMN 2008; DICIONÁRIO OXFORD, PÁG. 379; www.germanexpressionism.com; www.moma.org; www.britannica.com; www.emil-nolde.com.

172 - AUTOR DESCONHECIDO, SÉC. XIX - XX -
Lance Livre - Amanhecer - osm - 16 x 33 - n/as.

173 - ISABEL PONS - (1912)
Lance Livre - Composição - grav. P.A. - 46 x 33 - cid - 1968
Nasceu em Barcelona, Espanha. Importante gravadora, desenhista e pintora. Estudou pintura na Escola de Belas Artes de Barcelona (1925-1930). Ilustrou poemas de Garcia Lorca. Fixou residencia no Rio de Janeiro a partir de 1948. Estudou gravura com Friedlaender, no MAM-RJ, em 1959. A partir de então dedica-se principalmente à atividade de gravadora em metal, técnica que domina como poucos e a consagrou no cenário nacional e internacional. Está representada em diversos museus brasileiros e estrangeiros, como o MNBA, MAM-RJ, MOMA-NY, etc MEC, vol. 3-pág. 425; PONTUAL-pág. 431; WALMIR AYALA, vol. 2, págs.203/4; ITAU CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 707; ARTE NO BRASIL, pág. 853; LEONOR AMARANTE, pág. 126.

174 - CARLOS REIS - (1863 - 1940)
Lance Livre - Barco - a - 20 x 14 - cid
Pintor português, foi aluno de Silva Porto, freqüentou a Academia Colarossi- Paris, de 1889 a 1895. A partir de 1896 foi professor da Escola de Belas Artes de Lisboa, e a partir de 1911 diretor do Museu de Arte Moderna. Pintor de gênero retratista e excelente paisagista. LIVRO UM SÉC. DE PINTURAS E ESCULTURAS EM PORTUGAL, de Fernando de Pamplona, págs. 161, 166, 186, 275, 284, 186, 194, 196, 197, 199, 305, 363, 365, 366; BENEZIT vol.8, pág. 672,; JULIO LOUZADA vol.11, pág.262.

175 - LIVROS -
Lance Livre - -
1) "CÉZANE" BY LIONELLO VENTURI - EDITIONS D'ART ALBERT SKIRA S.A. GENEVA/1978. 2) "KANDINSKY - AT THE GUGGENHEIM" POR VIVIAN ENDICOTT BARNETT - PUBLISHERS ABBEVILLE PRESS - NEW YORK. 3) "VIVA PICASSO" - COMEMORAÇÃO DE UM CENTENÁRIO 1881-1981 POR DAVID DOUGLAS DUNCAN - EDITORA ABRIL S.A. CULTURA E INDUSTRIAL. 4) "THE GREAT BOOK OF POST-IMPRESSIONISM" - BY DIANE KELDER - ABBEVILLE PRESS-PUBLISHERS/NEW YORK. 5) "IMPRESSIONISM" THE EDITORS OF RÉALITÉS BY RENÉ HUYGHE - CHARTWELL BOOKS INC. 6) "IL RINASCIMENTO" - FELTRINELLI EDITORE MILANO.

176 - ENRICO BIANCO - (1918)
Base: R$ 8.000,00 - Carneiros - osm - 79 x 54 - cid - 1965
Nascido na Itália, é hoje considerado um de nossos melhores pintores. Atingiu um estilo pessoal, figurativo, eminentemente lírico, baseado em um desenho livre e numa cor sensível. THEODORO BRAGA, pág. 54; WALMIR AYALA, vol. 1, págs. 99, 110 e 104; MEC, vol. 1, pág. 242; PONTUAL, pág. 76; ITAU CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 594. Acervo FIEO. -

177 - CLÓVIS GRACIANO - (1907 - 1988)
Lance Livre - Dançarino - mon. - 44 x 29 - cid - 1968
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 082 deste catálogo.

178 - GENILSON SOARES DA SILVA - (1940)
Lance Livre - Pescadores - dn e a - 23 x 29 - ld - 1969
Pintor ativo em São Paulo. Trabalhou de 1970 até 1975 em grupo com Francisco Inarra e Lydia Okumura, que buscava vivenciar um processo de criação resultante de expressões individuais, tendo por referência o mesmo espaço físico e temporal. Realizou instações, apropriações, ações diretas (happenings), intervençoes e também trabalhos de multimedia. Expôs nos EUA. JULIO LOUZADA, vol. 4, pág. 1051

179 - MARIA DA PAZ MECATTI - (1918 - 1976)
Lance Livre - Favela - ost - 40 x 70 - cid
Natural dos Açores, Portugal, onde nasceu a 11 de outubro de 1918, vindo a falecer em São Paulo, em 4 de setembro de 1976, onde foi ativa. Foi casada com o pintor Dario Mecatti. Disfrutou de reconhecimento nacional e internacional, com unanimidade de critica e de público. Expôs suas obras a partir de 1938, na Europa, e também nas cidades de Buenos Aires, Lisboa, Florença e São Paulo.

180 - EMILIANO DI CAVALCANTI - (1897 - 1976)
Base: R$ 180.000,00 - Pescadores - dn - 31 x 40 - cid
Reproduzido no convite e na quarta capa do catálogo deste leilão. - Ver nota sobre o autor na descrição do lote 022 deste catálogo.

181 - ALDEMIR MARTINS - (1922 - 2006)
Lance Livre - Retirantes - grav. 15/30 - 23 x 27 - cid - 1950
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 005 deste catálogo.

182 - FANG, CHEN KONG - (1931)
Base: R$ 4.500,00 - Interior - ost - 62 x 87 - cie - 1981
Pintor, desenhista e gravador. Ativo em São Paulo, estudou com Y. Takaoka; expôs nos Salões de Belas Artes de São Paulo e do Rio de Janeiro, obtendo diversas premiações. Tem obras em coleções particulares e na Pinacoteca de São Paulo. MEC, vol. 2, pág. 124; JULIO LOUZADA, vol. 1, pág. 366; TEIXEIRA LEITE, pág. 189; PONTUAL, pág. 201.; ITAÚ CULTURAL; Acervo FIEO.

183 - JOHANN MORITZ RUGENDAS - (1802 - 1858)
Lance Livre - "San Christovao" - lito. color. - 23 x 32 - as. na pedra
No estado. -Pintor e desenhista, descendente de uma família de gravadores e pintores, iniciou seus serviços artísticos com o pai, professor e diretor de uma escola de desenho em Augsburg. Aperfeiçoou-se na Academia de Belas Artes de Munique. Contratado como desenhista da expedição científica do Barão de Langsdorff, transferiu-se para o Brasil em 1821, mas não completando sua missão. Todavia, ficou no país, realizou diversos trabalhos, fixando as paisagens e costumes do Brasil da época, que retornando à Europa, publicou em Paris, sob o título "Voyage Pittoresque au Brésil", em luxuosa edição litografada por Engelmann, com texto em francês e alemão, em 1835. PONTUAL, pág. 463/464; JULIO LOUZADA, vol. 1 pág. 846.

184 - NELSON LEIRNER - (1932)
Base: R$ 1.800,00 - Assim é...se lhe parece - foto - 100 x 65 - n/as.
Paulista da Capital, o autor descende de uma família de artistas. Foi aluno de Joan Ponç e Samson Flexor. Participa de coletivas a partir de 1958, inclusive com premiações nas bienais de Tóquio e São Paulo. Sua trajetória artística merece ser melhor conhecida pelos admiradores de sua obra. TEIXEIRA LEITE, pág. 283; ITAU CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 734; ARTE NO BRASIL, pág. 893; LEONOR AMARANTE, pág. 154.

185 - DOMENICO CALABRONE - (1928 - 1999)
Base: R$ 1.500,00 - Nu - m em b 001 - h= 10 - d
Pintor, escultor, ceramista e joalheiro. Nascido na Calábria, Itália, completou seus estudos artísticos em Roma, no ano de 1951. Fixou-se em São Paulo em 1954, passando e frequentar a Escola de Arte do Museu de Arte Moderna. Sua escultura, hoje conhecida internacionalmente, destaca-se pelo vigor de suas mensagens e pela alta qualidade artística e técnica. JULIO LOUZADA vol.2, pág.194; ITAU CULTURAL; LEONOR AMARANTE, pág. 336; WALTER ZANINI, pág. 770.

186 - EVANDRO CARLOS JARDIM - (1935)
Lance Livre - Bananeiras - grav. - 21 x 23 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 018 deste catálogo.

187 - EDGARD OEHLMEYER - (1909 - 1967)
Lance Livre - Paisagem - ag. - 10 x 14 - cid
Nasceu em Rio Claro, no dia 31 de maio e falecido em 4 de outubro de 1967. Nessa cidade cursou na Escola Profissional a seção de pintura com o prof. Carlos Hadler. Discípulo de Rocco, foi destacado paisagista e pintor de naturezas-mortas, tendo obtido diversas premiações nos SNBA e SPBA. TEODORO BRAGA, pág. 175; MEC. Vol.3, pág. 291; MAYER/1984, pag. 1070; TEIXEIRA LEITE, pág. 362; PONTUAL, pág. 389; ITAU CULTURAL; Acervo FIEO.

188 - MIRA SCHENDEL - (1918 - 1988)
Base: R$ 13.000,00 - Amanhecer - a - 15 x 10 - n/as. - 1979
Com certificado de autenticidade emitido pela Galeria Millan, São Paulo, em 10/04/2008. -Suíça, Mira imigrou para o Brasil em 1949, fixando-se inicialmente em Porto Alegre, onde fez pinturas e esculturas em cerâmica, nas quais assinava Mirra Hargesheimer, seu nome de solteira.. Realizou a sua primeira exposição individual, em 1952. Expôs em 1954 em São Paulo (MAM), para onde se transferiu. Participou de diversos salões, tais como o SPAM e Bienais de São Paulo, Córdoba e Veneza, obtendo premiações. A principio exclusivamente desenhista, com a utilização de signos, índices e símbolos, dedicou-se posteriormente à pintura, dentro da vertente minimalista que norteou toda a sua carreira. TEIXEIRA LEITE, pág. 464; JULIO LOUZADA, vol. 13, pág. 304; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 688; LEONOR AMARANTE, pág. 187.

189 - THÉO (DJALMA PIRES FERREIRA) - (1901 - 1980)
Lance Livre - Velhas raposas de Brasília - dn e a - 25 x 40 - cid
Caricaturista, Djalma Pires Ferreira, conhecido como Théo, nasceu na Bahia e veio para o Rio de Janeiro com 21 anos. Publicou seus primeiros trabalhos na "Tarde" (1918 a 1922) e no "Diário de Notícias", Seção Esportes (1919). Foi o divulgador da "Bola do Dia" das colunas de "O Globo" e colaborou no "Malho", "Careta", "Fon-Fon", outras revistas e jornais do Rio de Janeiro e na "Cigarra", em São Paulo. Exposições póstumas: São Paulo (1997, 2003); Belo Horizonte, MG (1997); Campinas, SP (1997); Brasília, DF (1998). ITAU CULTURAL; MEC VOL. 4, PÁG. 384; CARICATURISTAS BRASILEIROS, 1836 - 2001 PÁG. 120.

190 - NICOLA DE CORSI - (1882 - 1956)
Base: R$ 8.000,00 - Barcos - ost - 79 x 90 - cie
Reproduzido no convite deste leilão. -Embora tenha nascido na Rússia, a ascendência de Nicola de Corsi era espanhola, e toda a sua formação se deu em Nápoles, Itália, para onde se transferiu com toda a família ainda quando pequeno. Foi discípulo de Giacinto Gigante. Expôs na Bienal de Veneza em 1910. Esteve duas vezes no Brasil, onde mostrou o seu precioso trabalho. O jornal O Estado de São Paulo o chamou de Pintor das Multidões. JULIO LOUZADA vol.1, pág.315; ART PRICE ANNUAL 2000, pág. 539, RUTH TARASANTCHI.

191 - MICK CARNICELLI - (1893 - 1967)
Lance Livre - Cozinha - oscce - 36 x 10 - cie - 1941
Pintor ativo em São Paulo. Participou da coletiva 50 Anos de Paisagem Brasileira, São Paulo (1956), representado por obras em coleções paulistas; Paisagem Urbana, na Biblioteca Municipal de São Paulo;Santo André (1951), coleção João Amoroso Neto; e Coração de Jesus, coleção Lourdes Milliet. Participou, também, da I Bienal de São Paulo(1951) com as obras: Pátio de Manobras da Sorocabana e Subúrbio. MEC ,vol. 1, pág.359; JULIO LOUZADA, vol. 10 , pág. 595; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 630. Acervo FIEO.

192 - ANTONIO BANDEIRA - (1922 - 1967)
Base: R$ 2.300,00 - Composição - tm - 19 x 27 - cid
Grande pintor brasileiro, nascido em Fortaleza, Ceará e falecido em Paris onde viveu a maior parte de sua curta e rica vida. Começando figurativo, num estilo expressionista, adotou, já em França, um não figurativismo lírico, algo à maneira do grande Wols, seu amigo que iria manter até o precoce fim. É um dos pioneiros da arte abstrata no Brasil. BENEZIT, vol.1, pág.415; MEYER/87, pág.606; MEC, vol.1, págs.159,160 e 167; PONTUAL, págs. 48 e 49; WALMIR AYALA, vol.1, págs. 71 a 74; TEIXEIRA LEITE, pág. 52 a 54; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 637; ARTE NO BRASIL, pág. 599; LEONOR AMARANTE, pág. 34; Acervo FIEO.

193 - AUTOR DESCONHECIDO, SÉC. XIX - XX -
Lance Livre - Paisagem - ost - 55 x 69 - n/as.

194 - MANOEL SANTIAGO - (1897 - 1987)
Lance Livre - Marinha - ost - 28 x 36 - cid e d
Nascido em Manaus, pioneiro mundial da arte não-figurativa (a qual já praticava desde 1916), Santiago estudou no RJ com Visconti, e foi o principal responsável pelo Núcleo Bernardelli, no qual se formaram tantos dos melhores artistas do Modernismo carioca. Sua arte é um neo-impressionismo de belo colorido e opulentos efeitos de textura. PRIMORES DA PINTURA NO BRASIL, vol. 1, pág. 241; TEODORO BRAGA, pág. 211/212; Catálogo da Exposição de Paisagem Brasileira, MEC-MNBA / /Rio/1944; MAYER/84, pág. 1158; REIS JR., pág. 378; PONTUAL, pág. 473; WALMIR AYALA, vol. 2, pág. 292; ITAÚ CULTURAL, Acervo FIEO.

195 - LIVROS -
Lance Livre - -
1) "MUSEU DE ARTE CONTEMPORÂNEA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO" - CATÁLOGO GERAL DAS OBRAS /1973 - IMPRESSÃO EDANNE. 2) "MUSEU DE ARTE MODERNA DE SÃO PAULO - DO MODERNISMO À BIENAL" - IMPRESSÃO RAÍZES ARTES GRÁFICAS LTDA. 3) "40 ANOS DE MASP" - POR PIETRO MARIA BARDI - IMPRESSÃO RAÍZES ARTES GRÁFICAS/1986. 4) "MEMORIAL DA AMÉRICA LATINA" - IMPRESSÃO RAÍZES ARTES GRÁFICAS/1990. 5) "THE NATIONAL MUSEUM OF CUBA" - LETRAS CUBANS-HAVANA, AURORA ART PUBLISHERS/1978. 6) "MUSEU DE ARTE DE SÃO PAULO" - EDIÇÕES MELHORAMENTOS , POR PIETRO MARIA BARDI.

196 - TARSILA DO AMARAL - (1890 - 1973)
Lance Livre - Paisagem Antropofágica - dl - 11 x 20 - cid
Procedente da coleção do crítico de arte José Henrique Fabre Rolim, São Paulo. - - Ver nota sobre o autor na descrição do lote 107 deste catálogo.

197 - DURVAL PEREIRA - (1918 - 1984)
Lance Livre - Paisagem - ost - 50 x 70 - cid - 1964
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 077 deste catálogo.

198 - ALDO BONADEI - (1906 - 1974)
Base: R$ 7.500,00 - Natureza morta - g - 26 x 34 - cid - 1972
Com atestado de origem e autenticidade firmado por Eduardo do Santos, datado São Paulo, 20 de dezembro de 2010. - - Ver nota sobre o autor na descrição do lote 033 deste catálogo.

199 - HARRY ELSAS - (1925 - 1994)
Lance Livre - Menino - ost - 70 x 50 - cid - 1977
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 061 deste catálogo.

200 - ANTONIO GOMIDE - (1895 - 1967)
Base: R$ 15.000,00 - Índia - a - 29 x 21 - cid - fins 1920 - início 1930
Reproduzido no convite deste leilão. -Com certificado de autenticidade firmado por Elvira Vernaschi- historiadora e crítica de arte- membro da ABCA/AICA, autora do livro Gomide editado pela Universidade de São Paulo, 1989, no estado. -Pintor nascido em Itapetininga e falecido em São Paulo. Gomide estudou com o grande Hodler em Genebra, 1915 a 1918, e mais tarde, já em Paris, ligou-se a Picasso e aos cubistas que iriam influenciá-lo. Voltando ao Brasil em 1926, integrou-se ao movimento de renovação de nossas artes plásticas, conservando-se até morrer fiel aos postulados e cubistas de sua mocidade. Em 1968 o Museu de Arte Contemporânea dedicou-lhe importante retrospectiva. THEODORO BRAGA, pág.110, REIS JUNIOR, pág.377; PONTUAL, pags 244/245; MEC, vol.2, pág.275; WALMIR AYALA, vol.1, págs.353 a 355, ART PRINCE ANNUAL 2000, pág.955; TEIXEIRA LEITE, pág.222; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 548; ARTE NO BRASIL, pág. 694; Acervo FIEO.

201 - ALOYZIO ZALUAR - (1937)
Lance Livre - "Rio d' Areia" - o s/ag. - 26 x 34 - cid
Natural da cidade do Rio de Janeiro. Passou a frequentar a antiga ENBA em 1956. Participou de diversos SNAM entre 1958 e 1967, recebendo a Certificado de Isenção em 1966. Expõe individualmente a partir de 1964. TEIXEIRA LEITE chamou atenção, em 1964, para a influência de Goeldi nos seus trabalhos que, mais tarde, abordaram a temática do carnaval carioca, levando o artista e poeta José Paulo Moreira da Fonseca a situá-lo na fronteira entre o desenho e a pintura. ITAÚ CULTURAL; JULIO LOUZADA, vol. 11, pág. 349; MEC, vol. 4, pág. 528; PONTUAL, pág. 556; ACERVO FIEO, pág. 785. Acervo FIEO. -

202 - MARC FERREZ - (1843 - 1923)
Lance Livre - "Jardin Botanique" - foto - 21 x 16 - cid
Nasceu no Rio de Janeiro. Fotógrafo. Filho de Zepherin Ferrez e sobrinho de Marc Ferrez, escultores franceses que integraram a Missão Artística Francesa. Em 1851, viajou para Paris e residiu na casa do escultor Alphée Dubois. Em 1859 retornou ao Rio de Janeiro e trabalhou na Casa Leuzinger, estabelecimento fotográfico de propriedade de George Leuzinger. No ano seguinte conheceu Franz Keller-Leuzinger, com quem aprendeu técnicas fotográficas. Em 1865 inaugurou a Casa Marc Ferrez & Cia., e exerceu a profissão de fotógrafo. Em 1875, recebeu convite para integrar, como fotógrafo, a expedição chefiada por Charles Frederick Hartt, financiada pela Comissão Geológica do Império. Nessa função percorreu os atuais Estados da Bahia, Pernambuco, Alagoas e parte da região amazônica. No ano de 1880, encomendou ao francês M. Brandon a confecção de uma máquina fotográfica por ele idealizada, capaz de executar imagens panorâmicas em grandes dimensões. Foi o único fotógrafo brasileiro agraciado com o título de "Photografo da Marinha Imperial". Já reconhecido como fotógrafo de paisagens, retratos, de obras públicas, realizou a partir de 1903 a documentação completa das obras de construção da Avenida Central (atual Avenida Rio Branco), no Rio de Janeiro. Esse trabalho foi publicado por volta de 1907 no álbum ‘Avenida Central: 8 de Março de 1803 - 15 de Novembro de 1906. Em 1907, com Arnaldo Gomes de Souza, inaugurou o Cine Pathé. No ano de 1915, mudou-se para Paris, onde estudou fotografia em cores, até retornar, no início da década de 1920, ao Rio de Janeiro. Participou de inúmeras exposições oficiais e recebeu muitos prêmios: Estados Unidos (1876, 1904); França (1878, 1889); Rio de Janeiro (1879, 1881); Argentina (1882); Holanda (1883). Muitas exposições póstumas foram realizadas até então. ITAU CULTURAL; www.netsaber.com.br.

203 - OMAR PELEGATTA - (1925 - 2000)
Lance Livre - Paisagem - os/tc - 58 x 22 - cid
Italiano da Lombardia, PELLEGATTA foi pintor e gravador dedicado a temas sacros e casarios coloniais. Em sua obra, o ser humano é apresentado sempre de modo idealizado, na figura de ternas madonas, santos, coroinhas e cavaleiros. Participou de diversas coletivas e salões, a partir de 1957, recebendo premiações em sua maioria. JULIO LOUZADA, vol. 1, pág.735; MEC vol.3, pág.363; ITAU CULTURAL; Acervo FIEO.

204 - EUGÊNIO DE PROENÇA SIGAUD - (1889 - 1979)
Lance Livre - Trabalhador - ostcm - 23 x 17 - cse - 1975
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 051 deste catálogo.

205 - BRUNO GIORGI - (1905 - 1993)
Lance Livre - Torso - e em b - h=43 - b
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 085 deste catálogo.

206 - OSCAR PEREIRA DA SILVA - (1867 - 1939)
Lance Livre - O espadachim - osc - 30 x 20 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 166 deste catálogo.

207 - ALBERTO DA VEIGA GUIGNARD - (1896 - 1962)
Lance Livre - Cristo - a - 20 x 14 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 087 deste catálogo.

208 - MITSUTAKA KOGURE - (1938)
Lance Livre - Fachada - ost - 50 x 70 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 099 deste catálogo.

209 - MARIO ZANINI - (1907 - 1971)
Lance Livre - Pescadores - psa - 15 x 15 - cid
Fez parte da Família Artística Paulista, grupo com o qual expôs. Notáveis foram suas paisagens, tendo José Geraldo Vieira afirmado ser ele "o pintor da paisagem paulistana". MEC, vol. 4, pág. 531; PONTUAL, pág. 557; TEODORO BRAGA, pág. 250; WALMIR AYALA, vol. 2, pág. 451; ITAU CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 586; ARTE NO BRASIL, pág. 778; LEONOR AMARANTE, pág.38; Acervo FIEO.

210 - WEGA NERY - (1912 - 2007)
Base: R$ 12.000,00 - Barcos na madrugada - ost - 60 x 120 - cid e d - 1965
Reproduzido no convite deste leilão. -Natural de Corumbá-MT, estudou desenho e pintura na Escola de Belas Artes em São Paulo entre 1946 e 1949. Nos anos 50, aperfeiçoou estudos com Joaquim da Rocha Ferreira, Yoshiya Takaoka e Samson Flexor. Participou do Grupo Guanabara em 1952 e do Atelier-Abstração, liderado por Samson Flexor, em 1953. Expõs individualmente a partir de 1955. Recebeu o prêmio de melhor desenhista nacional em 1957 e o prêmio aquisição nacional em 1963. PONTUAL, pág. 551; TEIXEIRA LEITE, pág. 541, JULIO LOUZADA vol.9, pág. 919; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 682; ARTE NO BRASIL, pág. 942; LEONOR AMARANTE, pág. 57.

211 - ALDEMIR MARTINS - (1922 - 2006)
Base: R$ 4.000,00 - "Estudo para painel" - a - 29 x 72 - n/as. - déc. 1960
Com certificado de autenticidade do Estúdio Aldemir Martins-São Paulo. - - Ver nota sobre o autor na descrição do lote 005 deste catálogo.

212 - ARLINDO CASTELANE DI CARLI - (1910 - 1985)
Lance Livre - Paisagem - ose - 15 x 17 - cie
Pintor e escultor. Estudou no Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo, onde foi aluno de José Maria da Silva Neves e de Enrico Vio. Suas primeiras realizações foram na pintura. Mais tarde passou a dedicar-se também à escultura. Sofreu influência do pintor Armando Balloni. Em 1942, estreando no SPBA, recebeu prêmio de menção honrosa, seguindo-se nos anos posteriores, diversas premiações, inclusive de viagem ao estrangeiro. MEC, vol. 1, pág. 355; WALMIR AYALA, vol.1, págs. 183 e 184; ITAÚ CULTURAL.

213 - MARCELO GRASSMANN - (1925)
Base: R$ 2.500,00 - Figuras - dn - 47 x 60 - cid - 1967
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 143 deste catálogo.

214 - OSWALDO GOELDI - (1895 - 1961)
Lance Livre - Paisagem noturna - xilo. 2/12 - 19 x 19 - cid - Beatrix Reynal
"Primeira tiragem póstuma de Oswaldo Goeldi". -Desenhista, gravador e professor, nascido no Rio de Janeiro, filho de Emilio A Goeldi, naturalista suiço. A partir dos seis anos estudou na Suiça. Sua obra sofreu influência do expressionista austríaco Alfred Kubin. Retornando ao Brasil em 1919, realizou no Rio de Janeiro sua primeira exposição em 1921, no Liceu de Artes e Ofícios. Publicou albuns e ilustrou diversos e importantes livros. É artista altamente conceituado no País e no exterior, tendo merecido diversas homenagens póstumas, inclusive em filme. PONTUAL pág. 240; JULIO LOUZADA vol.11, pág130; MEC vol. 2, pág.271; ITAU CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 521; ARTE NO BRASIL, pág. 672; Acervo FIEO.

215 - LIVROS -
Lance Livre - -
1) "LA VIE SILENCIEUSE EM FRANCE" - MICHEL ET FABRICE FARÉ - OFFICE DU LIVRE. 2) "DALI" POR IGNACIO GÓMEZ DE LIAÑO - EDITORA AO LIVRO TÉCNICO S/A - INDÚTRIA E COMÉRCIO/RJ-1982. 3) "GAUGUIN" - POR ALAN BOWNESS - EDITORA CÍRCULO DO LIVRO. 4) "GUSTAV KLIMT" - O MUNDO DE APARÊNCIA FEMININA 1862-1918 POR GOTTFRIED FLIEDL, EDITORA BENEDIKT TASCHEN. 5) "TAMAYO" POR JOSÉ CORREDOR-MATHEOS, EDITORA RIZZOLI INTERNATIONAL PUBLICATIONS, INC - NEW YORK. 6) "FRANZ MARC - 1880-1916" POR SUSANNA PARTSCH - EDITORA BENEDIKT TASCHEN/1991.

216 - RENINA KATZ - (1925)
Lance Livre - "Caravela" - lito. 4/50 - 45 x 65 - cid - 2001
Pintora, gravadora e professora, Renina Katz é paulista. Sua arte é dominada pelo vigor e pela imaginação. MEC vol.2, pág.403/4; PONTUAL, pág. 288/9; WALMIR AYALA vol.1, pág.441; JULIO LOUZADA vol.11, pág.262; ITAU CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 606; ARTE NO BRASIL, pág. 834; LEONOR AMARANTE, pág. 98, Acervo FIEO.

217 - LEVINO FANZERES - (1884 - 1956)
Lance Livre - "Sítio do Cazuza" - osc - 23 x 15 - cie - 1926
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 032 deste catálogo.

218 - AUTOR DESCONHECIDO, SÉC. XIX - XX -
Lance Livre - No pasto - ost - 40 x 55 - cid - Muller Forste

219 - MARIA LEONOR APPE - (1933)
Lance Livre - Flores e Frutas - ost - 60 x 40 - cie - 2011
Nasceu em Santos, SP, no dia 22 de maio, transferindo residência para a Capital com a família em 1942, onde reside e é ativa. Desde cedo acompanhava o trabalho do pai, então pintor amador, que procurava incentivá-la nas artes plásticas. Autodidata, após o falecimento do pai em 1968, dedica-se à pintura, recebendo ensinamentos dos mestres Nestor Peres, Colete Pujol e Waldemar da Costa. A partir de 1990 dedica-se totalmente à pintura e à aquarela; integra a Diretoria da Associação Paulista de Belas Artes, da qual é sócia benemérita e conselheira perpétua. Participou de diversos certames oficiais, com premiações várias, tais como medalhas de bronze e de prata.

220 - MILTON DACOSTA - (1915 - 1988)
Base: R$ 50.000,00 - "Vênus" - ost - 38 x 46 - d
Reproduzido no convite deste leilão. -Este quadro participou da SP -Arte de 12 a 15 de maio de 2011 e da ART RIO de 8 a 11 de setembro de 2011. Reproduzido na capa do catálogo do Grande Leilão de Agosto de 1988 - Organização Paulo Puglise Galeria de Arte - Leiloeiro Oficial Roberto Castelli - São Paulo. Reproduzido no site www.galeria-ipanema.com - Ver nota sobre o autor na descrição do lote 113 deste catálogo.

221 - NOEMIA MOURÃO - (1912 - 1992)
Lance Livre - Moça com chapéu - tm - 30 x 22 - cid
Pintora e desenhista. Assina Noemia. Realizou sua primeira individual em 1934, no Rio de Janeiro. Residiu na Europa de 1934 a 1940, frequentando em Paris as academias de la Grande Chaumière e Ranson. Expôs em Montevideu e Buenos Aires. Foi citada por REIS JUNIOR e TEODORO BRAGA. Foi aluna (1932) e mulher (1933) de Di Cavalcanti. MEC vol.3, pág. 265; WALMIR AYALA vol.2, pág.135; PONTUAL, pág. 375; TEIXEIRA LEITE, pág. 356; ITAU CULTURAL; ARTE NO BRASIL, pág. 684. Acervo FIEO.

222 - SILVIA ALVES - (1947)
Lance Livre - "São Paulo em azul" - ost - 50 x 70 - cid e d - 2012
Nascida SILVIA Ferraro ALVES, em São Paulo, SP, a 2 de maio de 1947. É pintora, desenhista, escultora, gravadora, ilustradora, professora, poetiza e atriz, ativa nesta Capital. Estudou pintura e desenho com Lecy Bonfim, e pintura acadêmica com o professor Desdedith Campanelli. Artista festejada nos variados meios em que expressa as suas brilhantes qualidades artísticas. JULIO LOUZADA, vol, 10, pág, 49.

223 - DIAS RAMOS - (XX)
Lance Livre - Paisagem - ost - 80 x 120 - cie
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 062 deste catálogo.

224 - J. CARLOS - (1884 - 1950)
Lance Livre - Tipos cariocas - dn - 16 x 19 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 123 deste catálogo.

225 - CACIPORÉ TORRES - (1932)
Lance Livre - Meias luas - e em f - h= 28 - b - 1976
Nascido CACIPORÉ de Sá Coutinho de Lamare TÔRRES, na cidade de Araçatuba, SP. É escultor e professor. Participou do I SPAM (1951) e da I, II, III, VI, VIII e IX Bienal de São Paulo. Recebeu diversos prêmios, inclusive de viagem à Europa em 1951. MEC, vol. 4, pág. 406; PONTUAL, pág. 524; JULIO LOUZADA, vol. 10, pág. 156; ITAU CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 769; ARTE NO BRASIL, pág. 899; LEONOR AMARANTE, pág. 23.

226 - WALDOMIRO DE DEUS - (1944)
Lance Livre - Paisagem - ost - 46 x 55 - cid - 1967
Baiano de Boa Nova, Waldomiro de Deus é pintor e gravador. Em São Paulo desde 1960, expunha seus trabalhos nas praças da capital. Expõe em espaços oficiais desde 1965, inclusive no exterior. Ao todo já realizou mais de 100 exposições, com sucesso de crítica e de público. O seu trabalho mescla o misticismo religioso afro-baiano com elementos do cotidiano. ARTE NAIF NO BRASIL, pág. 239; ITAÚ CULTURAL, Acervo FIEO.

227 - VINCENZO CENCIN - (1925 - 2010)
Lance Livre - Barcos - ostcm - 30 x 37 - cid
Natural de Veneza, Itália, desde pequeno sente a feição mágica e iluminada de sua cidade natal e o mar que a rodeia. Após a II Grande Guerra vem para o Brasil, onde fixa a sua residência. Em 1981 inaugura a Galeria Velha Europa, em São Paulo. Sobre a sua obra, assim se manifestou o crítico José Roberto TEIXEIRA LEITE: "... para esse homem chegado já maduro às artes, depois de longa carreira em campo diametralmente oposto, o que importa é lançar, sobre o espaço da tela, reminicências do homem mediterrâneo..." JULIO LOUZADA, vol.11, pág. 69; ITAU CULTURAL.

228 - COLETTE PUJOL - (1913 - 1999)
Lance Livre - Ouro Preto - ostce - 30 x 23 - cie
Esta premiadíssima pintora e professora paulistana, recebeu as suas primeiras aulas de desenho e pintura de Antonio Rocco e de Lucília Fraga, ainda na capital paulista. Residindo em Salvador, freqüentou a Escola de Belas Artes, onde foi aluna de Presciliano Silva (1942 a 1944); a partir de 1946 até 1949, estudou na Europa. Possui obras em museus brasileiros. PONTUAL, pág. 440; MEC, vol. 3, pág. 438; TEODORO BRAGA, pág. 73; ITAÚ CULTURAL; Acervo FIEO.

229 - ELZA DE OLIVEIRA SOUZA - (1928 - 2006)
Lance Livre - " Mulata da Bahia" - ost - 41 x 34 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 073 deste catálogo.

230 - JOAQUIM DUTRA - (1864 - 1930)
Lance Livre - Jabuticabas - ost - 30 x 60 - cid - 1927
Pintor nascido e falecido em Piracicaba. Notabilizou-se pela paisagens documentárias locais, realizando ainda trabalhos em São Paulo, Limeira, Caconde, São Carlos e Capivari. Foi pai dos pintores Alipio, Antonio de Pádua, Archimedes e João Dutra. PONTUAL, pág.186; MEC, vol.2, pág.84; TEIXEIRA LEITE, pág.171; ITAU CULTURAL.

231 - IWAO NAKAJIMA - (1934)
Lance Livre - Amazônia - ast - 46 x 53 - cid e d - 2006 - São Paulo
Natural de Guma-Ken, Japão, onde nasceu a 9 de abril de 1934, permanecendo no Japão, onde fez estudos de pintura e desenho, até 1955, quando se transfere para o Brasil, como técnico em pintura sobre esmalte. É associado na APBA. Expõe individualmente a partir de 1982, e participa de coletivas a partir de 1974, inclusive no exterior. Em seu curriculum constam diversas premiações em certames oficiais. JULIO LOUZADA, vol. 6 pág. 767

232 - WALTÉRCIO CALDAS - (1946)
Lance Livre - Composição - grav. P.I. - 58 x 36 - cid
Waltércio Caldas Júnior nasceu no Rio de Janeiro. Escultor, desenhista, artista gráfico, cenógrafo e figurinista, estudou pintura com Ivan Serpa (1964) no MAM/RJ. Entre 1969 e 1975, realizou desenhos, objetos e fotografias de caráter conceitual. Na década de 1970, lecionou no Instituto Villa-Lobos, RJ; foi co-editor da revista ‘Malasartes’; integrou a comissão de Planejamento Cultural do MAM/RJ; participou da publicação ‘A Parte do Fogo’ e publicou com Carlos Zilio, Ronaldo Brito e José Resende o artigo ‘O Boom, o Pós-Boom, o Dis-Boom’, no jornal ‘Opinião’. Em 1979, sua produção foi analisada no livro ‘Aparelhos’, com ensaio de Ronaldo Brito, e, em 1982, no Manual da Ciência Popular, publicado na série Arte Brasileira Contemporânea, pela Funarte. Em 1986, o vídeo ‘Apaga-te Sésamo’, de Miguel Rio Branco, enfocou a sua produção. Participou das Bienais Internacionais de São Paulo (1987, 1989, 1996, 1998), da Documenta de Kassel (1992), entre outras. Recebeu, em 1993, o Prêmio Mário Pedrosa, da Associação Brasileira de Críticos de Arte - ABCA, por mostra individual realizada no Museu Nacional de Belas Artes - MNBA, RJ. ITAU CULTURAL; JULIO LOUZADA VOL. 11, PÁG. 49; VOL. 13, PÁG. 60.

233 - MARCIO SCHIAZ - (1965)
Lance Livre - Feira livre - ost - 50 x 40 - cid e d - 2005
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 048 deste catálogo.

234 - JOHN GRAZ - (1891 - 1980)
Lance Livre - "Anunciação" - dn - 20 x 14 - cid
Com certificado número 8 do Instituto John Graz. - - Ver nota sobre o autor na descrição do lote 070 deste catálogo.

235 - GAETANO MIANI - (1920 - 1992)
Lance Livre - Figura - ost - 70 x 50 - cid
Com dedicatória no dorso. -Pintor, desenhista, gravador, escultor, tapeceiro e especialista em arte antiga. Nasceu em Troina, Itália. Assina G. Miani. Estudou na Escola de Belas Artes de Palermo e de Milão (1935-1942). A partir de 1947, viveu entre Roma e São Paulo, lecionando pintura e desenho no Museu de Arte de São Paulo e na Fundação Armando Álvares Penteado. Entre 1947 e 1950, pintou o teto da igreja Nossa Senhora do Carmo de Campinas (abóbadas laterais e nave central) e, entre 1954 e 1960, executou vários painéis, destacando-se os do Palácio do Café/SP, Palácio da Fazenda/SP, Catedral de Taubaté e Matriz do Carmo de Campinas. Além dessas atividades, manteve galerias de arte - uma em São Paulo (1957 a 1964) e outra em Nova Iorque, EUA (1979). Participou das Bienais Internacionais de São Paulo de 1951, 1953, 1955, 1959, 1961 e 1963. Em 1988, ganha retrospectiva de sua obra no Museu de Arte de São Paulo e, em 1989, na Associazione Culturale Arte e Collezionismo, em Roma, Itália. ITAU CULTURAL; MEC VOL. 3, PÁG. 161; JULIO LOUZADA VOL. 2, PÁG. 677; VOL. 4, PÁG.735.

236 - GERSON DE AZEREDO COUTINHO - (1900 - 1967)
Lance Livre - Paisagem - ostcc - 37 x 45 - cie - Rio de Janeiro
Pintor e arquiteto gaúcho (cidade de Jaguarão), estudou com Henrique Bernardelli e na Escola de Belas Artes do Rio de Janeiro. Foi paisagista, e por várias vezes mereceu prêmios no Salão Nacional de Belas Artes. TEODORO BRAGA, pág. 108; PRIMORES DA PINTURA NO BRASIL, vol. 2, pág 133; Citado no Catálogo da Exposição de Paisagem Brasileira, Ministério da Educação e Saúde-MNBA/Rio/1944; WALMIR AYALA, vol. 1, pág. 67; RGS, pág. 104. Acervo FIEO. -

237 - MANEZINHO ARAUJO - (1910 - 1993)
Lance Livre - Paisagem - ost - 23 x 33 - cid - 1976
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 026 deste catálogo.

238 - INOS CORRADIN - (1929)
Lance Livre - Flores - lito. 90/190 - 47 x 32 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 028 deste catálogo.

239 - HILDA CAMPOFIORITO - (1901 - 1997)
Lance Livre - Composição - a - 16 x 12 - cie
Nascida HILDA Helena Eisenlohr CAMPOFIORITO, em 3/8/1901, na cidade do Rio de Janeiro. Pintora, ceramista, tapeceira e artesã de jóias e de batik, ingressou na antiga Escola Nacional de Belas Artes, em 1923, como aluna livre, ali permanecendo até 1929. Na companhia de seu marido, o pintor, professor e crítico de arte, Quirino Campofiorito, viajou mais tarde para a Europa, realizando cursos de aperfeiçoamento em PAris e Roma. Expôs por alguns anos no SNBA, Divisão Moderna, no Rio de Janeiro, obtendo premiações. JULIO LOUZADA, 12 pág. 82; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 602.

240 - JOSÉ SABÓIA - (1949)
Lance Livre - Jogador de futebol - ost - 30 x 30 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 015 deste catálogo.

241 - OLDACK DE FREITAS - (XX)
Lance Livre - Paisagem de Minas - ose - 17 x 23 - cid
Assina Oldack. Pintor fluminense que foi aluno de Armando Viana e Manuel Santiago. Participou de inúmeras exposições e Salões oficiais. Recebeu vários prêmios: Rio de Janeiro (1941, 1948, 1968). JULIO LOUZADA, VOL.1, PÁG. 399.

242 - MODESTO BROCOS Y GOMES - (1852 - 1936)
Lance Livre - Descascando frutas - grav. 51/110 - 30 x 49 - cid - Rio 1912, na placa
Tiragem póstuma. -Pintor, desenhista, gravador e professor, nascido em Santiago de Compostela, Espanha, a 9 de fevereiro de 1852, e falecido na cidade do Rio de Janeiro, onde era radicado e ativo, no dia 28 de novembro de 1936. Era brasileiro naturalizado. Estudou com Vitor Meireles e Zeferino da Costa, na Academia Imperial de Belas Artes-RJ (até 1875). Em Paris estudou com Henri Lehmann. Em 1952, o MNBA-RJ organizou importante retrospectiva de sua obra, por ocasião do centenário do seu nascimento. JULIO LOUZADA vol.10, pág. 144; MEC vol.1, pág. 297; PONTUAL, pág. 91; TEIXEIRA LEITE, pág. 88; WALMIR AYALA vol.1, pág.134; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 418; 602.

243 - NESTOR PERES - (1920 - 2004)
Lance Livre - "Ilha de São Francisco do Sul" - ost - 30 x 40 - cid - 1996- Santa Catarina
Natural de Jundiaí, SP. Pintor, professor, desenhista e gravador, assinava NESTOR PERES. Estudou no Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo, diplomando-se em 1947, ocasião em que recebeu Medalha de Honra ao Mérito. Aprimorou-se com Waldemar da Costa, Mario Zanini, Felisberto Ranzini entre outros. Expôs coletiva e individualmente em diversos salões, conforme extensa lista copilada por Julio Louzada, abaixo citado. JULIO LOUZADA vol. 2, pág.800; ITAÚ CULTURAL; Acervo FIEO.

244 - HENRIQUE GOLDSHMIDT - (1865 - 1952)
Lance Livre - A espera - a - 14 x 8 - cid
Pintor e desenhista nascido (24/2) e falecido no Rio de Janeiro-RJ. Especializou-se nas pequenas e delicadas aquarelas, privilegiando as localidades cariocas. Foi chamado de "...talentoso pintor miniaturista e fantasista" pelo jornal O Paíz do Rio de Janeiro. TEODORO BRAGA, pág. 109; LAUDELINO FREIRE, pág. 389; JULIO LOUZADA, vol. 5, pág. 442.

245 - GEORGES WAMBACH - (1901 - 1965)
Lance Livre - Modelo - dl - 40 x 27 - cid - 1922
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 067 deste catálogo.

246 - LUIZ FERNANDO BORGERTH - (1945)
Lance Livre - "Vórtice" - astce - 21 x 27 - cse - 2002
Pintor e desenhista nascido no Rio de Janeiro. Desde 1974 tem participado de inúmeras exposições e Salões oficiais, sendo premiado no Rio de Janeiro e em Teresópolis. Em Belo Horizonte participou de coletivas em 2000, 2005, 2007. ITAU CULTURAL; JULIO LOUZADA VOL. 7, PÁG. 94; www.catalogodasartes.com.br.

247 - MILTON DACOSTA - (1915 - 1988)
Lance Livre - Vênus - grav. VIII - 19 x 21 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 113 deste catálogo.

248 - KLAUDIO URSIC - (1924)
Lance Livre - Paisagem - ost - 50 x 60 - cid - 1974
Natural da Yugoslavia, estudou na Italia. No Brasil, realizou diversas exposições individuais na cidade de São Paulo, além de participar de Salões Oficiais e de coletivas em destacadas Galeria do País. JULIO LOUZADA vol. 3 - pág. 1162.

249 - GIULIANO RUFFINI - (1921)
Lance Livre - Flores - g - 63 x 46 - cie - 1966
Pintor com diversas participações em exposições e Salões oficiais. Suas obras têm sido comercializadas em vários leilões da Europa. artprice.com.

250 - ALDEMIR MARTINS - (1922 - 2006)
Lance Livre - Gabriela - grav. 85/100 - 25 x 13 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 005 deste catálogo.

251 - CAMILO EDUARDO TAVARES - (1932)
Lance Livre - "Roda de samba na favela" - ast - 30 x 40 - cid e d - Rio de Janeiro
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 001 deste catálogo.

252 - JOÃO HENRIQUE - (1935)
Lance Livre - Janela de subúrbio - osc - 27 x 17 - cid e d - 1968 - Rio de Janeiro
João Henrique Cursio Allemand, pintor e desenhista autodidata, nasceu em Muqui, ES. Em 1952 transferiu-se para o Rio de Janeiro. A partir de 1965 começa a apresentar seus trabalhos em mostras coletivas e, em 1978, instala um ateliê em Cabo Frio, RJ. Exposições individuais: Rio de Janeiro (1967, 1973, 1978); Brasília, DF (1972, 1979); Curitiba, PR (1975); Porto Alegre, RS (1981, 1983); Roma, Itália (2010); Cachoeiro do Itapemirim, ES (2010). Coletivas: Rio de Janeiro (1965, 1968); São Paulo (1972). JULIO LOUZADA VOL.1, PÁG.497; VOL.3, PÁG.549; MEC VOL.2, PÁG.336; ITAU CULTURAL; ww.gazetaonline.globo.com.

253 - MARIO GRUBER - (1927 - 2011)
Lance Livre - carnaval - lito. 62/140 - 42 x 30 - cid - 1971
Pintor e gravador, Gruber foi um dos principais artistas de São Paulo desde quando, ainda muito jovem, tomou parte no Grupo dos 19. PONTUAL, pág. 253; WALMIR AYALA, vol. 1, pág. 370; MEC, vol. 1, pág. 466; JULIO LOUZADA, vol. 1, pág. 448; ITAU CULTURAL; WALTER ZANINI, pág.649; ARTE NO BRASIL, pág. 803; LEONOR AMARANTE, pág. 376; Acervo FIEO.

254 - INNOCÊNCIO BORGHESE - (1897 - 1985)
Lance Livre - "Parque Pedro II" - ose - 21 x 15 - cid - 1960
Pintor e professor paulista, participante do Salão Paulista de Belas Artes, de 1935 a 1961. Diversas exposições individuais e coletivas, com muitas premiações. Pintou muitas paisagens tendo como tema a cidade de São Paulo. TEODORO BRAGA, pág 56; MEC, vol. 1, pág. 251; Acervo FIEO.

255 - ALDEMIR MARTINS - (1922 - 2006)
Lance Livre - Coqueiro - lito. 30/40 - 38 x 42 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 005 deste catálogo.

256 - ADRIAN HENRY VAN EMELEN - (1886 - 1945)
Lance Livre - Barcos - a - 34 x 23 - cie
Pintor e escultor ativo em São Paulo na primeira metade do Séc.XIX. Foi autor das figuras de bronze, dos bandeirantes: Manoel Preto e Francisco Brito Peixoto e da tela TROPEIROS À BEIRA DA ESTRADA (1830), atualmente no Museu Paulistano. MEC, vol.2, pág.111; JULIO LOUZADA, vol. 1, pág. 1022, Acervo FIEO.

257 - HUMBERTO COLL - (1935)
Lance Livre - "Casa de sítio" - ost - 30 x 40 - cie e d - 1984
Pintor e desenhista com diversas exposições coletivas e participações em Salões oficiais. JULIO LOUZADA VOL. 1, PÁG. 266; VOL. 2, PÁG. 291.

258 - EUGÊNIO DE PROENÇA SIGAUD - (1889 - 1979)
Lance Livre - "A construção" - ser. 17/200 - 27 x 35 - cid - 1973
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 051 deste catálogo.

259 - LULA CARDOSO AYRES - (1910 - 1987)
Lance Livre - Liteira - xilo. 3/20 - 44 x 34 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 080 deste catálogo.

260 - HANS KUNZE - (XIX - XX)
Lance Livre - Composição - ost - 70 x 70 - cid - 1975
JULIO LOUZADA, vol. 1 pág. 515

261 - HISAMATSU MITAKE - (1916)
Lance Livre - Cafezal - ost - 51 x 70 - cid
Pintor com participações nas seguintes mostras: II Salão de Paisagem Paulista, em 1969; Salão de Belas Artes de Santos-SP, em 1971 e Salão de Belas Artes de Piracicaba-SP, em 1972. JULIO LOUZADA, vol.3, pág. 746.

262 - KEN'ICHI HIROTA - (1932)
Lance Livre - "Obra 2001-24" - lito. 17/50 - 27 x 40 - cid - 2001
Pintor e gravador, nasceu na cidade japonesa de Niigata. De 1949 a 1953 fez estudos de pintura com Kichigoro Sato, em sua cidade natal. Em 1954, estudou pintura com Genichiro Inoguma em Toquio, Japão. Nos anos 70 viajou pelos EUA e America Latina, fixando residência no Brasil. Segundo o crítico Olivio Tavares de Araújo, o autor " .. é artista sempre em busca de perfeição, num trajeto firme, permanente, obstinado. Individuais a partir de 1963 e coletivas desde 1951, inclusive no exterior. JULIO LOUZADA, vol 3 pág. 518

263 - HELIO CASTRO - (XX)
Lance Livre - Pescadores - ost - 60 x 80 - cid
Excepcional pintor de paisagens e marinhas, dono de refinada técnica e composição, com inspiração nas escolas européias.

264 - GUIMA - (1927 - 1993)
Lance Livre - Composição fantástica - ost - 26 x 34 - cie - 1990
Pintor e desenhista de mérito invulgar, Guima era paulista de Taubaté, residiu por muitos anos no Rio de Janeiro e praticava o figurativismo expressionista, por vezes eivado de notas líricas, de outras descambando para o fantástico. MEC, vol. 2, pág. 306; PONTUAL, pág.257; WALMIR AYALA, vol. 1, págs. 377/8; JULIO LOUZADA, vol. 10, pág. 407; ITAÚ CULTURAL.

265 - JOSÉ SABÓIA - (1949)
Lance Livre - Colhendo mangas - ost - 30 x 30 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 015 deste catálogo.

266 - JUAREZ MACHADO - (1941)
Lance Livre - No bar - ser. 63/200 - 50 x 70 - cie - 1971
Com etiqueta de Contorno Galeria de Artes- Rio de Janeiro, no dorso. -Nasceu em Joinville, SC. Atualmente reside e trabalha em Paris, França, onde mantem ateliê. Pintor, escultor, desenhista, caricaturista, jornalista, cenógrafo, escritor e ator. Desenvolveu sólida carreira como desenhista de charges de humor. Sua arte essencialmente criativa, vai do lirismo à violência, da análise microscópica ao extravasamento onírico. Entre as exposições de que participa, destacam-se: 9ª Bienal Internacional de São Paulo, 1967; Zona Gallery, Nova Iorque (Estados Unidos), 1981; Retrospectiva Quatro Artistas da Geração 60, no MAC/PR, Curitiba, 1987; Châteaux Bordeaux, no Centro Georges Pompidou, Paris, 1988; Retrospectiva, no MAC/Joinville, 1990; Arte na América Latina: 100 Anos de Produção, no Instituto Estadual de Artes Plásticas da UFRGS, Porto Alegre, 1996. "Juarez Machado expõe a natureza humana, olha, registra, interpreta, ilumina, focaliza. É o mundo dos humanos, mas não é o mundo do juiz dos homens. Aqui não estamos no Juízo Final. Juarez é o artista contemporâneo, ele tem este olhar elaborado pela ciência, o grau de consciência reflexiva. Podemos dizer deste ponto de vista, que esta obra humanística e esta atitude de intensa pesquisa confere ao seu trabalho um caráter anti-medieval." Jacob Klintowitz in: "Juarez Machado - Copacabana 100 Anos, Ed. Simões de Assis, 1992." JULIO LOUZADA vol.11, pág. 186; PONTUAL, pág.284; Acervo FIEO; ITAU CULTURAL; MEC, vol. 3; TEIXEIRA LEITE, pág. 298. Acervo FIEO.

267 - GILDA LISBOA - (XX)
Lance Livre - Colhendo flores - ose - 38 x 23 - cid
Carioca, nascida de família tradicional, bisneta do almirante Tamandaré, Gilda Lisboa se projetou como artista plástica na década de 40, atuando principalmente no Rio de Janeiro. Estudou desenho com Eurico Alves e pintura na Sociedade Brasileira de Belas Artes. Nos anos 60 realizou importantes exposições individuais. Foi detentora de vários e significativos prêmios. JULIO LOUZADA, vol. 1 pág. 545 e 546

268 - EVANDRO CARLOS JARDIM - (1935)
Lance Livre - "A vista distante da árvore" - grav. P.A. - 22 x 24 - cid - 1973
com etiqueta da Bienal de Veneza de 1976, no dorso. - - Ver nota sobre o autor na descrição do lote 018 deste catálogo.

269 - JORGE MORI - (1932)
Lance Livre - Paisagem - grav. XVII/XXX - 30 x 44 - cid
Pintor nascido em São Paulo, Capital, foi o mais novo dos componentes do famoso Grupo dos 19. Desde 1952 fixou-se na Europa, tendo estudado em Paris as técnicas da pintura, do mosaico e do afresco. Em 1978 expôs em São Paulo, com sucesso, pinturas realistas, nas quais se revela um admirador dos velhos mestres italianos, flamengos e espanhóis. JULIO LOUZADA, vol. 9 pág. 599; ARTE NO BRASIL, pág. 816; ITAU CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 649.

270 - CARLOS KAHAN - (1959)
Lance Livre - Marinha - ost - 60 x 100 - cid e d - 2006
Nasceu em São Paulo, Capital, em 9 de maio de 1959. Inicia-se nas artes plásticas aos 16 anos, tendo aulas de pintura a óleo com Walter Lewy. Participou do XIV Salão Livre da Associação Paulista de Belas Artes. Figurou em exposições individuais e coletivas desde 1988, e internacional, a partir de 1986. JULIO LOUZADA, vol. 11 pág. 162

271 - GENTIL GARCEZ - (1903 - 1992)
Lance Livre - Marinha - ost - 9 x 12 - cie
Sua primeira individual deu-se em 1922. Participou assiduamente de certames artísticos realizados em São Paulo e em outras cidades do País. TEODORO BRAGA, pág. 105; MEC, vol. 2, pág. 240/241; JULIO LOUZADA, vol 1, pág. 410; ITAÚ CULTURAL; Acervo FIEO.

272 - FERNANDO ODRIOZOLA - (1921 - 1986)
Lance Livre - Composição - tm - 50 x 37 - cie - 1975
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 024 deste catálogo.

273 - FRANCISCO CÉA - (1908 - XX)
Lance Livre - A caminho da missa - osc - 10 x 15 - cie
JULIO LOUZADA vol.2, pág.258.

274 - HÉRCULES BARSOTTI - (1914 - 2010)
Lance Livre - Composição - ser. H.C. - 74 x 74 - ci
Pintor, desenhista, programador visual, gravador, nascido em São Paulo, SP . Iniciou-se nas artes em 1926, estudando desenho e composição com o pintor Enrico Vio. Começa a pintar em 1940 e, na década seguinte, realiza as primeiras pinturas concretas, além de trabalhar como desenhista têxtil e projetar figurino para o teatro. Em 1954, com Willys de Castro, funda o Estúdio de Projetos Gráficos, elabora ilustrações para várias revistas e desenvolve estampas de tecidos produzidos em sua tecelagem. Na década de 1960, convidado por Ferreira Gullar (1931), integra-se ao Grupo Neoconcreto do Rio de Janeiro e participa das exposições de arte do grupo realizadas no Ministério da Educação e Cultura, no Rio de Janeiro, e no Museu de Arte Moderna de São Paulo - MAM/SP. Em 1960, expõe na mostra Konkrete Kunst [Arte Concreta], organizada por Max Bill, em Zurique. Hercules Barsotti explora a cor, as possibilidades dinâmicas da forma e utiliza formatos de quadros pouco usuais, como losangos, hexágonos, pentágonos e circunferências. Em sua obra a disposição dos campos de cor cria a ilusão de tridimensionalidade. Entre 1963 e 1965, colabora na fundação e participa do Grupo Novas Tendências, em São Paulo. Em 2004, o MAM/SP organiza uma retrospectiva do artista. JULIO LOUZADA, vol. 1, pag. 98; ITAU CULTURAL

275 - J. CARLOS - (1884 - 1950)
Lance Livre - Carmem Miranda - dn e g - 23 x 13 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 123 deste catálogo.

276 - MANEZINHO ARAUJO - (1910 - 1993)
Lance Livre - Porto - ser. 125/300 - 45 x 60 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 026 deste catálogo.

277 - EDSON FRANCESCHINI - (1953)
Lance Livre - Quintal - ost - 37 x 50 - cid - 1981
Natural da cidade paulista de Araraquara, onde nasceu a 8 de junho. Estudou na Escola Panamericana de Arte em São Paulo. Realizou diversas exposições individuais, tendo participado com sucesso de outras tantas coletivas. Seus quadros possuem luz e encanto pessoais, que caracterizam a paleta desse pintor de velhos casarões de fazendas e cidades antigas de velhas tradições. JULIO LOUZADA vol.3, pág. 425; Acervo FIEO.

278 - INOS CORRADIN - (1929)
Lance Livre - Paisagem - lito. 140/190 - 47 x 60 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 028 deste catálogo.

279 - GILBERTO SALVADOR - (1946)
Lance Livre - Índios - lito. 23/50 - 49 x 66 - cid - 1978
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 097 deste catálogo.

280 - LUIS PAULO BARAVELLI - (1942)
Lance Livre - "Júlia" - grav. 6/100 - 38 x 31 - cid - 1977
Paulistano, BARAVELLI é pintor, desenhista, escultor, arquiteto e artista gráfico, formado em desenho e pintura na FAAP-SP, e em arquitetura na USP. Aperfeiçoou-se em pintura com Wesley Duke Lee. Fundos a Escola de Arte Brasil, juntamente com Carlos Alberto Fajardo, José Resende e Frederico Nasser. É um pesquisador de múltiplas técnicas e materiais, desde o desenho e a pintura até a escultura e o objeto, desde o ferro e a madeira até o acrílico e a fórmica. É artista contemporâneo de expressão e reconhecimento da crítica especializada. JULIO LOUZADA vol.2, pág. 98; TEIXEIRA LEITE, pág. 55; ITAÚ CULTURAL; ARTE NO BRASIL, pág. 908; LEONOR AMARANTE, pág. 154; Acervo FIEO.

281 - ARTHUR LUIS PIZA - (1928)
Lance Livre - "Grande Moitié" - grav. 37/50 - 50 x 65 - cid - 1959
Reproduzido sob o número 75 no Catálogo Geral de Gravuras do autor. -Gravador, desenhista, pintor e escultor, nasceu em São Paulo, SP. Assina Piza. Iniciou a formação artística em 1943, estudando pintura e afresco com Antonio Gomide. Após participar da 1ª Bienal Internacional de São Paulo, em 1951, viajou para a Europa e passou a residir em Paris. Freqüentou o ateliê de Johnny Friedlaender, aperfeiçoando-se nas técnicas de gravura em metal. Realizou muitas exposições individuais e coletivas, participou de vários Salões oficiais e obteve importantes prêmios: Bienal Internacional de São Paulo (1953, 1959); Trienal de Grenchen, Suíça (1961); Bienal de Liubliana, atual Eslovênia (1961); Exposição Internacional de Havana, Cuba (1965); Bienal de Santiago do Chile (1965); Bienal de Veneza (1966); Bienal de Cracóvia, Polônia (1970); Bienal Internacional de Florença, Itália (1970); Bienal de San Juan, Porto Rico (1970, 1979); Mostra de Gravura, Curitiba – PR (1978); Bienal da Cidade do México (1980). No fim dos anos 1980, cria um mural tridimensional para o Centro Cultural da França, em Damasco, Síria. Em 2002, são apresentadas na Pinacoteca do Estado de São Paulo e no Museu de Arte do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre, duas amplas retrospectivas de sua obra. BENEZIT VOL. 8, PÁG. 370; MEC, VOL. 3, PÁG. 422; PONTUAL, PÁG. 428/29; JÚLIO LOUZADA, VOL. 1, PÁG. 773; VOL. 2, PÁG. 823; VOL. 4, PÁG.899; VOL.6, PÁG. 896; VOL.13, PÁG. 268; ITAU CULTURAL; ARTE NO BRASIL, PÁG. 855; LEONOR AMARANTE, PÁG. 75; ACERVO FIEO; artfacts.net; artcyclopedia.com; artnet.com; artprice.com

282 - LEVINO FANZERES - (1884 - 1956)
Lance Livre - Pão de Açúcar - ostcm - 18 x 27 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 032 deste catálogo.

283 - ALDO BONADEI - (1906 - 1974)
Lance Livre - Autorretrato - xilo. 49/80 - 60 x 46 - cid - 1971
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 033 deste catálogo.

284 - CALISTO CORDEIRO, DITO K.LIXTO - (1877 - 1957)
Lance Livre - "O Deus dinheiro" - dn - 30 x 48 - cid
No estado. -Desenhista, caricaturista e pintor. Estudou na ENBA. Desenhou o primeiro sêlo de impôsto de consumo impresso no Brasil. Sua atividade de caricaturista durou mais de 30 anos, com intensa colaboração em jornais e revistas do Rio de Janeiro, tais como O Riso, D. Quixote, Carêta, A Semana Ilustrada, Fon-Fon!, Ilustração Brasileira, A Caricatura, O Cruzeiro, O Tagarela, O Malho e tantas outras. Participou de diversos certames do gênero. Sua excepcional obra é até hoje objeto de estudo por especialistas, que não se cansam de lhe tecer elogiosas críticas. PONTUAL, pág. 291; JULIO LOUZADA vol 12 pág. 218; WALTER ZANINI, pág. 806; ARTE NO BRASIL; HISTÓRIA DA CARICATURA NO BRASIL, pág. 1014.

285 - PAULO LIONETTI - (1960)
Lance Livre - "Intervenções maliciosas B" - tm s/t - 50 x 70 - d - 2011
Pintor e desenhista natural de São Paulo, SP, onde vive e trabalha. Sua formação artística foi na Associação Paulista de Belas Artes (APBA). Exposições individuais: Santa Bárbara do Oeste, SP (2008); Barretos, SP (1999). Tem participado de muitas mostras e Salões oficiais, desde 2001, em São Paulo e pelo interior do estado. Participou também de exposições em: Portugal (2008, 2009); Dubai - Emirados Árabes (2008), onde obteve a Medalha de Ouro. www.paulolionetti.arteblog.com.br.

286 - CARLOS PRADO - (1908 - 1992)
Lance Livre - Composição - dce - 40 x 30 - cid - 1986
Arquiteto, pintor, gravador e ceramista paulistano. Recebeu menção honrosa no SPBA de 1935, participando também na I e II BSP e na exposição de Arte Moderna no Brasil, realizada em Buenos Aires, Rosário, Santiago do Chile e Valparaíso, em 1957. No dizer de TEIXEIRA LEITE, em sua obra A Gravura Brasileira Contemporânea, Carlos Prado utilizava por vezes a gravura como meio expressivo, subordinando-a, porém, a interesses maiores. TEIXEIRA LEITE, pág. 421; JULIO LOUZADA, vol. 11, pág. 254. PONTUAL, pág. 438; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 582; ARTE NO BRASIL, pág. 781. Acervo FIEO.

287 - AUTOR DESCONHECIDO, SÉC. XIX - XX -
Lance Livre - Paisagem - a - 23 x 33 - cie ileg. - 1904

288 - ALIBERTO BARONI - (1911 - 1994)
Lance Livre - Paisagem - ostce - 27 x 17 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 047 deste catálogo.

289 - CARLOS PRADO - (1908 - 1992)
Lance Livre - A espera - lito. IV/XX - 24 x 18 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 286 deste catálogo.

290 - LIVROS -
Lance Livre - -
1) "FULVIO PENNACCHI" POR PIETRO MARIA BARDI - IMPRESSÃO RAÍZES ARTES GRÁFICAS LTDA/1980. 2) "LASAR SEGALL" - SÃO PAULO MUSEUM OF ART, BRAZIL - POR PIETRO MARIA BARDI - EDIZIONI DEL MILIONE-1959. 3) "SOPHIA TASSINARI E SUA ARTE" - 30 ANOS DE ARTE, POR PIETRO MARIA BARDI - EDITORA LABORGRAF/1980. 4) "YOSHIYA TAKAOKA" - EDITADO NO MASP EM AGOSTO DE 1980 - IMPRESSÃO DIGITAL GRÁFICA LTDA. 5) "ALDO BONADEI" POR JACOB KLINTOWITZ, IMPRESSÃO RAÍZES ARTES GRÁFICAS/1980. 6) "BIANCO" - A ARTE DE ENRICO BIANCO, POR PIETRO MARIA BARDI -LÉO CHRISTIANO EDITORIAL LTDA.

291 - FARNESE DE ANDRADE - (1926 - 1996)
Lance Livre - Composição - tm - 50 x 70 - cid - 1964
Mineiro de Araguari. Pintor e gravador. Foi discípulo de Guignard, e se tornou destacado aluno pela sua criatividade. Mais tarde mudou-se para o Rio de Janeiro, onde aperfeiçoou-se no curso de Friedlander no MAM. No principio suas obras eram compostas de objetos que eram devolvidos pelo mar, bonecos mutilados e corroídos, madeiras e imagens de gesso. Com o passar do tempo, desenvolveu seu processo de criação, voltando-se para as suas raízes, memórias, tabus familiares e morais. Assim, chegou aos " bric-à-bracs" , antiquários, o kitsch e o sacral. JULIO LOUZADA vol.1B, pág. 64.; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 760; ARTE NO BRASIL, pág. 911; Acervo FIEO.

292 - MONA GOROVITZ - (1937)
Lance Livre - Composição - asp - 21 x 31 - cid - 1978
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 040 deste catálogo.

293 - HEINZ KUHN - (1908 - 1987)
Lance Livre - Composição - tm - 29 x 20 - d - 1980
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 043 deste catálogo.

294 - ALOISIO LUCAS DE SIQUEIRA - (1938)
Lance Livre - Negra - g - 46 x 33 - ci
Ex coleção do crítico de arte Mário Schenberg- São Paulo. -Natural de Serra Talhada, PE. Transferindo-se para São Paulo em 1963, conheceu Mário Schemberg, que o incentivou a permanecer sempre fiel à sua maneira de ser como pintor, que transmite a pureza e o sentimento do sertanejo do nordeste. ARTE NAIF NO BRASIL, pág. 215; ITAÚ CULTURAL; ACERVO FIEO.

295 - BRUNO GIORGI - (1905 - 1993)
Lance Livre - Flautista - dlc - 29 x 21 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 085 deste catálogo.

296 - INIMÁ DE PAULA - (1918 - 1999)
Lance Livre - Paisagem - g - 16 x 21 - cie - 1979
Mineiro de Itanhomi, Inimá, depois de prestar o serviço militar em Juiz de Fora, passou a frequentar o Núcleo Antônio Parreiras (que no início dispunha de professores, mas logo se transformou em ateliê livre), da mesma cidade, em 1938. Integrou-se ao grupo de Bandeira e Aldemir Martins na cidade de Fortaleza (1941). No Rio frequentou o ateliê de Portinari e realizou a sua primeira individual (1948). Recebeu o prêmio viagem ao estrangeiro no I SNAM (1952), certame do qual participou por diversas vêzes até 1960. Em Paris estudou com Lothe. É um de nossos artistas mais completos. JULIO LOUZADA, vol.11, pág.152; PONTUAL, pág. 271; MEC, vol.3, pág.355; WALMIR AYALA, vol.1, págs. 401 1 404; TEIXEIRA LEITE, pág.260; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 637; ARTE NO BRASIL, pág. 870; Acervo FIEO.

297 - ANGEL CESTAC - (1948)
Lance Livre - Figuras - tm - 22 x 18 - cid - 1981
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 042 deste catálogo.

298 - KARL ERNEST PAPF - (1838 - 1910)
Lance Livre - Estudo botânico - dn - 24 x 20 - cid
Natural de Dresden, Alemanha, veio para o Brasil em 1867 sob contrato do fotógrafo Albert Henschel. Residiu no Recife - Pernambuco, e Salvador-Bahia. Foi exímio retratista, paisagista e pintor de naturezas mortas, destacando-se aí as orquídeas, que o artista cultivava em um esplêndido orquidário, em sua casa de Petrópolis - RJ. BENEZIT, vol. 8, pág. 119; MAYER / 83, págs. 84/957/1081; MEC, vol. 3, pág. 333; PONTUAL, pág. 405; WALMIR AYALA, vol. 2, pág. 162 e 165. TEIXEIRA LEITE pág. 384; ITAÚ CULTURAL.

299 - ARMANDO SENDIN - (1928)
Lance Livre - Na praia - ost - 81 x 60 - csd - 1977
Pintor, desenhista, gravador, escultor e ceramista. Realizou estudos artísticos na Espanha e na França. Retornando ao Brasil, (após figurar em mostras coletivas no estrangeiro) e fixando-se em São Paulo, participou em 1967, do 1º SOP, XVI SPAM, I Salão de Arte Contemporânea de Santos (Prêmio Prefeitura). Ganhou o 1º Prêmio de pintura na mostra Roma e a Campanha Romana (Auditório-Itália, São Paulo). Ainda em 1967, expôs individualmente na Galeria F. Domingo, de São Paulo, voltando a fazê-lo nas galerias KLM (São Paulo, 1968), do Centro Cultural Brasil-Estados Unidos (São Paulo, 1968) e Goeldi (GB, 1968), também apresentado seus trabalhos, com Maria de Lourdes Novais e Vitor Décio Gerhard, na Galeria IBEU (GB, 1968). Figurou ainda no II SOP (1968). A respeito de suas obras, de caráter abstracionista, disse Samson Flexor, em 1968: "Considero os óleos e guaches de Armando Sendin como sendo lugares ideais de encontro e fusão dos elementos primordiais: a terra e o fogo. Fusão resultando em cinzas com focos de brasa que a frescura dos azuis-turquesa mal consegue apagar". Em 1965 publicou o livro Cerâmica Artística, especialidade que lecionou, entre 1959 e 1964, em escola por ele próprio fundada em São Paulo. TEIXEIRA LEITE, pág.472; WALMIR AYALA, vol.2, pág.316-317; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 754; LEONOR AMARANTE, pág. 196. Acervo FIEO.

300 - CHARLES I. ANSON - (XIX - XX)
Lance Livre - Fazenda na costa inglesa - ost - 51 x 81 - cie
Pintor paisagista ativo em Londres, representante da Escola Inglesa. A partir de 1875 expôs na Academia Real, na Suffolk Street, na Sociedade dos Novos Aquarelistas e na Grosvenor Gallery. BENEZIT VOL. 5, PÁG. 697; www.1st-art-gallery.com; artnet.com; arcadja.com; askart.com; artnet.com.

301 - MANABU MABE - (1924 - 1997)
Lance Livre - Composição - ser. 92/100 - 43 x 50 - cid - 1980
Com dedicatória. -Pintor autodidata, veio para o Brasil com a família em 1934, fixando-se em Lins-SP, onde trabalhou na lavoura do café; ligado ao abstracionismo informal, até a metade dos anos 50 fez pintura figurativa, especialmente paisagens e naturezas mortas; dedicou-se ainda à tapeçaria. ARTE NO BRASIL, vol. 2, pág. 1050; TEIXEIRA LEITE, pág. 296; PONTUAL, pág. 325/6; MEC, vol. 3, pág. 13; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 644; LEONOR AMARANTE, pág. 83, Acervo FIEO.

302 - JOSÉ ROBERTO AGUILAR - (1941)
Lance Livre - "Igreja Bom Jesus de Matosinhos Congonhas" - xilo. 182/250 - 27 x 38 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 052 deste catálogo.

303 - ALDEMIR MARTINS - (1922 - 2006)
Lance Livre - Menino - grav. 42/100 - 39 x 26 - cid - 1974
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 005 deste catálogo.

304 - EDITH MARTHA PFISTER - (1925)
Lance Livre - Paisagem - ost - 40 x 49 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 054 deste catálogo.

305 - LIVROS -
Lance Livre - -
1) "CARYBÉ - OLHA O BOI" , POR DIAULAS RIEDEL - EDITORA CULTRIX LTDA - 1966. 2) "A AVENTURA MODERNISTA" - COLEÇÃO GILBERTO CHATEAUBRIAND MAM-RJ, IMPRESSÃO PANCROM/1994 3) "MAM-RJ - DO MODERNO AO CONTEMPORÂNEO" - COLEÇÃO GILBERTO CHATEAUBRIAND - MAIO/JULHO DE 1981, IMPRESSÃO IMPRINTA. 4) "O MUNDO DA ARTE - ARTE MODERNA" - ENCICLOPÉDIA DAS ARTES PLÁSTICAS EM TODOS OS TEMPOS, NORBERT LYNTON - EDITORA EXPRESSÃO E CULTURA. 5) "HISTÓRIA DA ARTE BRASILEIRA" POR PIETRO MARIA BARDI - EDITORA MELHORAMENTOS. 6) "A PINTURA PINTURA DE THOMAZ IANELLI" - POR FERREIRA GULLAR, EDITORA GRÁFICOS BRUNNER LTDA 1985/SP.

306 - BLANCO Y COUTO - (1950)
Lance Livre - Natureza morta - ost - 38 x 46 - cse - 1989
Com autenticação do autor. -José Manoel BLANCO Y COUTO nasceu em La Coruña, Espanha, vindo para o Brasil em 1962. Expõe regularmente desde 1975, com sucesso de crítica, público e vendas. WALMIR AYALA, vol. 1, pág. 105; JULIO LOUZADA, vol. 11, pág. 36.

307 - MASSAO OKINAKA - (1913 - 2000)
Lance Livre - Composição - dn e ag - 93 x 28 - csd
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 057 deste catálogo.

308 - MANOEL MARTINS - (1911 - 1979)
Lance Livre - Paisagem - dlc - 16 x 25 - cid
Com dedicatória no dorso. - - Ver nota sobre o autor na descrição do lote 058 deste catálogo.

309 - MIGUEL DOS SANTOS - (1944)
Lance Livre - Dragões - g - 50 x 34 - cid - 1969
Com dedicatória. -Pintor, desenhista e ceramista pernambucano da cidade de Caruaru. " ... é um ceramista ligado por raízes profundas 'a imagística popular. Suas formas (atropomorfas) e suas cores, são mais um estandarte contra a resignação e a indignidade. O onírico de suas cerâmicas é o grito mais alto dessa rica forma de arte do Nordeste" (catálogo da exposição do artista na Universidade da Bahia, em 1968) JULIO LOUZADA, vol. 10, pág. 793; ITAÚ CULTURAL.

310 - EUGENIO ZAMPIGHI - (1859 - 1944)
Base: R$ 12.000,00 - O bom humor é eterno - ost - 54 x 80 - cie
Reproduzido no convite deste leilão. -Pintor. Inspirado pelas cenas de gênero domésticas, raramente participava de exposições porque preferia trabalhar por encomenda. Ensinou na Academia de Modena. JULIO LOUZADA, vol. 5, pág. 1156

311 - ROBERTO DE LAMONICA - (1933 - 1995)
Lance Livre - "Jyz.-4 5/2 & war.1" - lito. 91/110 - 26 x 20 - cid - 1965
Gravador, pintor e professor. Inicia seus estudos na Escola de Belas Artes de São Paulo. Trabalha no Museu de Arte de São Paulo sob orientação de Poty e Darel; mais tarde, estuda gravura com Renina Katz. Em 1958, muda-se para o Rio de Janeiro e estuda com Orlando da Silva no Liceu de Artes e Ofícios. No ano seguinte, aperfeiçoa-se com Johnny Friedlaender no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro. Em 1963, é convidado para lecionar na Escola de Belas Artes de Minneapolis, Estados Unidos. Em 1965, recebe a Bolsa Guggenheim e, no ano seguinte, vai para Nova York onde leciona gravura em várias instituições, como a New School for Social Research e a Art Students League. De 1982 a 1984, dirige o atelier de gravura da Universidade de Sydney. ITAÚ CULTURAL; JULIO LOUZADA, vol. 1, pág. 521.

312 - DIAS RAMOS - (XX)
Lance Livre - Marinha - ost - 50 x 65 - cie
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 062 deste catálogo.

313 - ERICO DA SILVA - (1932 - 2004)
Lance Livre - Pescadores - ost - 22 x 32 - cid
Nascido em Itajaí, SC. Participou de diversos salões nacionais de arte moderna, recebendo diversas premiações, inclusive de aquisição. A partir de 1970 realiza pesquisas no campo do objeto. JULIO LOUZADA vol. 11, pág. 299; PONTUAL pág. 491; MEC vol. 4, pág. 249; ITAU CULTURAL; Acervo FIEO.

314 - MARCELO GRASSMANN - (1925)
Lance Livre - Animais fantásticos - xilo. - 38 x 30 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 143 deste catálogo.

315 - ODON NOGUEIRA - (1980)
Lance Livre - Figuras - e em c - h= 31 - ass.
Escultor, natural de Bela Vista, Goiás. Atualmente reside e é ativo na cidade de Goiânia, naquele Estado. Iniciou seu trabalho com pedra sabão, passando para a argila, material com que vem se destacando. Realiza exposições desde 2003, com sucesso de público e critica.

316 - ALUISIO CARVÃO - (1920 - 2001)
Lance Livre - Composição - dn - 31 x 21 - cid
Importante pintor, escultor, Ilustrador, ator e cenógrafo brasileiro, natural de Belém-PA. Em 1952 estuda pintura com Ivan Serpa, no MAM-RJ, participando, entre 1954 e 1956, Grupo Frente e, entre 1960 e 1961, integra o Grupo Neoconcreto. Nos anos seguintes viaja para a Europa com o prêmio de viagem recebido no SNAM-RJ. No fim dos anos 60 passa a empregar materiais não tradicionais, como tampinhas metálicas de garrafa, pregos e barbante agrupados em suportes de madeira. Em 1996 ocorre retrospectiva de sua obra no Museu Metropolitano de Arte, em Curitiba, no Museu de Arte Moderna - MAM/BA e no MAM/RJ. "A preocupação inicial de Aluísio Carvão era com a forma: reduzir a obra a estruturas elementares, gestálticas. A partir da dissidência neoconcreta, da qual fez parte, é a cor que irá se impor, envolvendo a estrutura, ou melhor, a cor é, ela mesma, espaço. Carvão não é um pintor metafísico. Através da cor ele revela sua relação sensual com o mundo. Como ele diz: ´Vermelhos-guarás, araras, aroma das flores de manacá, o som do vento terral, o calor equatorial, o amarelo-laranja do sol, ressonâncias atávicas de Van Gogh e Mondrian, em trânsito pela Península Ibérica, Nordeste, Amazônia e nosso litoral daqui´. Nas pinturas da ´série cromativa´ ou no ´cubocor´ da fase neoconcreta, Carvão dá à cor sua máxima concretude e fisicalidade, mas, feito isto, ocorre a retração da cor, que se mutiplica em complementares, abrindo caminho para a caracterização como espaço lírico, território da memória. Sua linguagem e seus motivos são aéreos: sóis, luas, pipas, bandeirolas, mastros, arcos. Enfim, são formas que voam e ascendem, sem contudo perder o vínculo com a terra. " Frederico Morais, in MORAIS, Frederico. Vertente construtiva. In: DACOLEÇÃO: os caminhos da arte brasileira. São Paulo: Júlio Bogoricin, 1986. p. 131-132. JULIO LOUZADA, vol. 5 pág. 210/211; ITAU CULTURAL; WALTER ZANINI, 655; LEONOR AMARANTE, 75; ARTE NO BRASIL, 921; Acervo FIEO.

317 - MARIA LEONOR APPE - (1933)
Lance Livre - Natureza Morta - ost - 60 x 40 - cie - 2011
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 219 deste catálogo.

318 - MARIA BONOMI - (1935)
Lance Livre - "Inventor" - lito. 5/11 - 60 x 60 - ma - 2000
Gravadora, pintora, figurinista, cenógrafa, muralista e escultora. No Brasil desde os nove anos de idade, residiu no Rio de Janeiro, com o seu avô, o construtor Conde Martinelli. Em 1950, já em São Paulo, estudou inicialmente com Yolanda Mohalyi, em seguida, a partir 1953, com Karl Plattner e Livio Abramo. Fez estudos de aperfeiçoamento no exterior, estudando com grandes mestres. Participante assídua de exposições coletivas, salões e mostras nacionais e internacionais, com muitas premiações. JULIO LOUZADA vol.1, pág. 142; PONTUAL, pág. 80; ITAU CULTURAL; WALTER ZANINI,pág. 692; ARTE NO BRASIL, pág. 837; LEONOR AMARANTE, pág. 75, Acervo FIEO.

319 - ATHOS BULCÃO - (1918 - 2008)
Lance Livre - "Aquarius" - p - 16 x 37 - cse - 1973
Pintor e desenhista. Começou a dedicar-se a arte estimulado por Portinari, que, em 1945, o convidou a trabalhar nas obras da Pampulha, em Belo Horizonte. No ano anterior realizara exposição individual na sede recém-inaugurada do Instituto dos Arquitetos do Brasil no Rio de Janeiro, voltando a fazê-lo na Capital mineira em 1946 e 1947. Já então conquistara medalhas de prata em pintura e desenho no SNBA. Recebendo bolsa de estudos no governo francês, viajou em 1948 para Paris, onde permaneceu um ano, visitando ainda a Itália. De regresso ao Brasil, passou a dedicar-se também a trabalhos no campo da decoração. Residindo mais recentemente em Brasília, ali criou azulejos e vitrais para a Igreja de Nossa Senhora de Fátima, com motivos cristãos da Pomba e da Estrela, símbolos do Divino Espírito Santo e da natividade. Participou como isento de júri dos II SAMDF (1965), realizando em 1968 exposição individual de desenhos em Brasília (Galeria Encontro). Rubem Braga focalizou-o em uma crônica publicada na revista Manchete (14 de agosto de 1954). TEODORO BRAGA, PÁG. 59; MEC, vol. 1, pág. 301; WALMIR AYALA, vol.1, pág. 140; PONTUAL, pág. 93; TEIXEIRA LEITE, pág. 92; JÚLIO LOUZADA, vol. 7, pág.112; ITAÚ CULTURAL.

320 - GIACOMO FAVRETTO - (1849 - 1887)
Base: R$ 8.000,00 - Reunião familiar - ostcm - 48 x 28 - cid
Pintor italiano, nasceu e faleceu em Veneza. Embora não se tenha descartado totalmente das tendências próprias da arte italiana, sofreu grande influência do pintor francês Alberto Pasini. Realista, seu princípio era buscar inspiração no tempo presente, mesmo quando se tratava de arranjá-la; sobretudo não retinha nada do que via, guardando a imaginação do que poderia ser. Como morreu jovem, aos 38 anos, não deixou obra muito vasta. BENEZIT, vol. 4, pág. 295/296

321 - JESUALDO ANTONIO GELAIN - (1940)
Lance Livre - "Nasceu Ana Maria" - ose - 60 x 90 - cid e d - 1995
Pintor nascido em Santa Rosa, RS. Autodidata no início de sua carreira, teve aulas com Colete Pujol. Participou de vários Salões e exposições oficiais em: Canoas, RS (1960); Aparecida do Norte, SP (1961); São Carlos, SP (1964); São Paulo (1966 a 1968, 1985). Foi premiado, em 1966, no Salão da Escola de Belas Artes de São Paulo.

322 - EDUARDO CARLSON - (1924)
Lance Livre - Pescador - ose - 26 x 40 - cie
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 072 deste catálogo.

323 - ELZA DE OLIVEIRA SOUZA - (1928 - 2006)
Lance Livre - Menina - ostcm - 22 x 17 - cie
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 073 deste catálogo.

324 - AUTOR DESCONHECIDO, SÉC. XX -
Lance Livre - Paisagem de Ouro Preto - a - 29 x 21 - cid - M. Noda- 1943
Com etiqueta Galeria Uirapuru- São Paulo, no dorso. -

325 - LIVROS -
Lance Livre - -
1) "CARLOS ARAUJO" POR CLAUDE DRAEGER, EDITIONS ANTHESE/1987. 2) "SEIS DÉCADAS DE ARTE MODERNA NA COLEÇÃO ROBERTO MARINHO" , COM DIVERSAS PARTICIPAÇÕES NOS TEXTOS - EDIÇÕES PINAKOTHEKE. 3) "SILVA - A PINTURA, NÃO O ROMANCE" - POR OLÍVIO TAVARES DE ARAÚJO, EDITORA MÉTRON/1998. 4) "VOLPI" - VERLAG GORBACH GMBH GAUTING - LIVRARIA KOSMOS EDITORA. 5) "CAMARGO" POR RONALDO BRITO - EDITORA AKAGAWA. 6) "ALDEMIR MARTINS" - LINHA COR E FORMA, EDITOR EMANOEL ARAÚJO - IMPRESSÃO RAÍZES ARTES GRÁFICAS LTDA-1985.

326 - JOSÉ ANTONIO DA SILVA - (1909 - 1996)
Lance Livre - "Fazenda do Paulo" - dn - 12 x 18 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 078 deste catálogo.

327 - DURVAL PEREIRA - (1918 - 1984)
Base: R$ 7.500,00 - Boiada - ost - 90 x 120 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 077 deste catálogo.

328 - NELSON LEIRNER - (1932)
Lance Livre - Elementos - grav. - 83 x 61 - cid - 1983
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 184 deste catálogo.

329 - CARYBÉ - (1911 - 1997)
Lance Livre - Pelourinho - dn - 30 x 21 - cid
Reproduzido na página 90 do livro "As sete portas da Bahia", editora Martins- São Paulo. -Desenhista, gravador, pintor e escultor, radicado na Bahia. Sua arte é lírica, de boa técnica, baseada no povo, que lhe forneceu o melhor da sua temática. PONTUAL, pág. 116; WALMIR AYALA, vol. 1, pág. 180 e 181; TEIXEIRA LEITE, págs. 111 e 112; MEC, vol.1, pág. 355; BENEZIT, vol. 2, pág. 524; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 717;ARTE NO BRASIL, pág. 874; LEONOR AMARANTE, pág. 63; Acervo FIEO.

330 - LOTHAR CHAROUX - (1912 - 1987)
Base: R$ 9.000,00 - Linhas - g - 100 x 35 - cid - 1970
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 170 deste catálogo.

331 - MARIO ZANINI - (1907 - 1971)
Lance Livre - paisagem - a - 21 x 32 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 209 deste catálogo.

332 - EDSON MOTTA - (1910 - 1981)
Lance Livre - A caçada - a - 16 x 23 - cid
Mineiro de Juiz de Fora, estudou na ENBA no Rio de Janeiro, onde foi aluno de Rodolfo Chambelland, Marques Junior e Outros. Foi um dos fundadores do Núcleo Bernardelli, que dirigiu por alguns anos. Expositor nas diversas versões do SNBA. Em 1939 ganhou o premio viagem à Europa, onde estudou Conservação e Restauro, ofício que lhe renderia prestígio e respeito no País, PONTUAL, 374; TEIXEIRA LEITE, 336; ITAU CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 579.

333 - ALDO BONADEI - (1906 - 1974)
Base: R$ 6.500,00 - Flores - gscce - 37 x 26 - csd
Reproduzido sob o n.° 378 em catálogo de Evandro Carneiro Leilões - Rio de Janeiro. - - Ver nota sobre o autor na descrição do lote 033 deste catálogo.

334 - MIRA SCHENDEL - (1918 - 1988)
Lance Livre - "Louvai o Senhor" - dn e a - 18 x 14 - cie - 1965
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 188 deste catálogo.

335 - SONIA EBLING - (1926 - 2006)
Lance Livre - Banhista - e em b - h=33 - b
Reproduzido na página 156 do livro "Sonia Ebling: a natureza da criação" de autoria de Jacob Klintowitz. - - Ver nota sobre o autor na descrição do lote 165 deste catálogo.

336 - EUGÊNIO DE PROENÇA SIGAUD - (1889 - 1979)
Lance Livre - Trabalhador - dn - 16 x 14 - cid - 1976
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 051 deste catálogo.

337 - ALDEMIR MARTINS - (1922 - 2006)
Base: R$ 4.000,00 - " Gato vermelho " - ast - 57 x 46 - cid e d - 2002
Com certificado de autenticidade do Estúdio Aldemir Martins. - Ver nota sobre o autor na descrição do lote 005 deste catálogo.

338 - ALBERTO DA VEIGA GUIGNARD - (1896 - 1962)
Lance Livre - Ouro Preto - dn - 19 x 27 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 087 deste catálogo.

339 - OMAR PELEGATTA - (1925 - 2000)
Lance Livre - Paisagem - ose - 26 x 17 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 203 deste catálogo.

340 - VITTÓRIO GOBBIS - (1894 - 1968)
Base: R$ 5.000,00 - Galinheiro - ost - 78 x 87 - cie
Reproduzido no livro Do Modernismo à Bienal.São Paulo: MAM, 1982. -Natural de Treviso, Itália. Iniciou seus estudos na terra de origem, tendo após fixado residência em São Paulo, onde foi pintor atuante. Obteve diversas premiações nos Salões Paulistas, no SNBA e no Salão Paulista de Arte Moderna. Participou da I e II Bienais de São Paulo. O MNBA e o MASP possuem obras deste festejado pintor. MEC, vol.2, pág.271; TEIXEIRA LEITE, pág. 220; PONTUAL, pág.240; WALMIR AYALA, vol.1, pág.350; ITAU CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 579; ARTE NO BRASIL, pág. 777, Acervo FIEO.

341 - MARCIO SCHIAZ - (1965)
Lance Livre - Paisagem - osm - 18 x 23 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 048 deste catálogo.

342 - RENÉE LEFÈVRE - (1910 - 1996)
Lance Livre - Capela - dn e a - 23 x 30 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 092 deste catálogo.

343 - JOSINALDO FERREIRA BARBOSA - (1951)
Lance Livre - "Mulheres ribeirinhas com potes" - ast - 40 x 50 - cid e d - Remanso- Bahia, 2011
Pintor, assina Josinaldo. Com diversas exposições individuais e coletivas no Brasil e no exterior. Tambem participou de Salões, entre eles o Salão de Piracicaba. JÚLIO LOUZADA vol. 12 pág. 214.

344 - FULVIO PENNACCHI - (1905 - 1992)
Lance Livre - Família - g - 7 x 4 - ci - 1970
Nasceu em 27 de dezembro na cidade de Villa Collemandina, na Itália, e fixou-se no Brasil desde 1929, após ter estudado em Florença, e haver-se diplomado em pintura pela Academia Real de Pintura de Lucca. Pennacchi integrou a Familia Artística Paulista. Muralista de inspiração pré-renascentista, sua pintura é sensível e pessoal de modo especial na interpretação dos grandes temas bíblicos e da vida dos santos (mercê de uma infância marcada por sólida educação religiosa Católica), e na evocação do mundo caipira. Realizada em 1973, considerado o Ano de Pennacchi, importante retrospectiva da obra deste festejado artista no MAM de São Paulo. O artista fez exposições em Milão e foi homenageado em seu país natal. TEODORO BRAGA, pág. 192; MEC, vol, 3, pág. 365; WALMIR AYALA, vol, 2, pág. 182; PONTUAL, pág. 416; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 584; ARTE NO BRASIL, pág. 784; Acervo FIEO.

345 - LIVROS -
Lance Livre - -
1) "ANNUAIRE DE L'ART INTERNATIONAL 1980-1981", PATRICK SERMADIRAS 2) "MODERN MEXICAN PAINTERS" - BY MACKINLEY HELM - DOVER PUBLICATIONS, INC. NEW YORK. 3) "FRIDA KAHLO" POR RAUDA JAMIS EDITORA MARTINS FONTES 4) "EL GRECO", BY LEO BRONSTEIN, PUBLISHERS HARRY N. ABRAMS, INC - NEW YORK. 5) "GUADALAJARA" - MÉXICO-1996, IMPRESSO POR COLORISTAS Y ASOCIADOS S.A. DE C.V. IMPRESIÓN. 6) "OS IMPRESSIONISTAS", POR DENIS THOMAS, EDIÇÃO AO LIVRO TÉCNICO S/A.

346 - RUBEM VALENTIM - (1922 - 1991)
Lance Livre - " Emblema - 86 " - ast - 22 x 27 - d - Brasília - DF
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 096 deste catálogo.

347 - MOACIR ALVES - (1904 - 1982)
Lance Livre - "Paisagem da Gávea" - ostcm - 20 x 26 - cid - 1945
Carioca de nascimento, diplomou-se em arquitetura na antiga Universidade do Brasil. Anos mais tarde tornou-se membro e ocupou o cargo de secretário da Sociedade Brasileira de Artes do Rio de Janeiro. Começou a participar de coletivas em 1930, sendo grande o número de premiações.Possui obras no antigo Palácio da Fazenda (RJ) e na sede na Light, em Toronto, Canadá. JULIO LOUZADA vol.9, pág. 38; ITAÚ CULTURAL.

348 - BELMONTE, BENEDITO BASTOS BARRETO - (1887 - 1947)
Lance Livre - Chá da tarde - dn - 41 x 28 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 098 deste catálogo.

349 - AUTOR DESCONHECIDO, SÉC. XIX -
Lance Livre - Nobres - ost - 46 x 71 - cie - V. Garin

350 - RAIMUNDO CELA - (1890 - 1954)
Base: R$ 6.500,00 - Pescador - dc - 29 x 42 - cid - 1944
Pintor, desenhista, gravador e professor, Raimundo Cela nasceu em 19/7/1890, na cidade cearense de Sobral, e faleceu em Niterói, RJ, no dia 6/6/1954. Sempre fiel a temática nordestina, suas telas retratam movimentadas cenas de pesca, jangadeiros, mares bravios e as luminosas praias de Fortaleza. JULIO LOUZADA, vol 13, pág. 80; MEC, vol. 1, pág. 395; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 637; ARTE NO BRASIL, pág. 837; F. ACQUARONE, pág. 215.

351 - EMILIANO DI CAVALCANTI - (1897 - 1976)
Lance Livre - Figura na sacada - dn e l - 29 x 22 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 022 deste catálogo.

352 - ANTONIO BANDEIRA - (1922 - 1967)
Base: R$ 5.000,00 - Composição - dn e a - 20 x 14 - cid - 1966
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 192 deste catálogo.

353 - NOBUO TORIY - (1947)
Lance Livre - Paisagem - ost - 46 x 38 - cie e d - 2001
Pintor, I. Nobuo Toriy nasceu em Onda Verde, SP. Assina N. Toriy. Participou das coletivas: XIV SAP do Grupo Seibi, SP (1970); Salão Bunkyo, SP (1972 a 1979, 1981 a 1985); Liberdade Garô Galeria de Arte, SP (1987); Rosa Gallery, SP (1992); Fundação Mokiti Okada, SP (1993, 1995); Centenário de Amizade Brasil-Japão no Museu Metropolitano de Curitiba, PR (1995). Foi premiado nos Salões Bunkyo em 1972, 1973 e 1974. ITAU CULTURAL; JULIO LOUZADA VOL.6, PÁG.1124; VOL. 8, PÁG. 840; www.imigrantesjaponeses.com.br.

354 - IBERÊ CAMARGO - (1914 - 1994)
Base: R$ 3.000,00 - Jardim - a e g - 21 x 28 - cid - 1958
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 036 deste catálogo.

355 - YOLANDA MOHALYI - (1909 - 1978)
Lance Livre - "Nu na banqueta" - dn - 65 x 46 - cid
Obra descrita sob o número 18 (desenhos) da exposição Yolanda Mohalyi realizada na Dan Galeria em 1984. - - Ver nota sobre o autor na descrição do lote 105 deste catálogo.

356 - BERNARDINO FICARELLI - (1887 - 1960)
Lance Livre - Barcos - ostcm - 37 x 51 - cid
Pintor e decorador nascido em Bitetto, província de Bari, Itália e falecido em São Paulo. Veio criança para o Brasil. Radicando-se em São Paulo, estudou, no início do século, no Liceu de Artes e Ofícios e iniciou-se no trabalho de decoração como aprendiz de Sebastiano Sparapani. Em 1909 retornou à Itália, prosseguindo em sua formação. Frequentou as Escolas de Belas Artes de Roma e Florença. Durante a I Guerra Mundial, permaneceu um ano nos Estados Unidos. De volta a São Paulo, estabeleceu-se como pintor decorador. De 1918 a 1921 participou da firma "Frioli & Ficarelli" e contou por vários anos com a colaboração de aprendizes como Volpi e Rebolo. Nos anos 30, abandonou progressivamente suas decorações, voltando-se para o desenho e a pintura. Em 1933 estabeleceu seu ateliê no Edifício Santa Helena convivendo com os pintores que, mais tarde, foram conhecidos como "Grupo Santa Helena". Frequentou os cursos livres de modelo vivo na Sociedade Paulista de Belas Artes. Realizou a única individual de sua carreira em 1939 e, nos anos 40, participou de vários Salões Paulistas de Belas Artes, Salões do Sindicato e os da Associação Paulista de Belas Artes. ITAU CULTURAL; MEC VOL. 2, PÁG. 173; www.adrstudio.com/ficarelli.

357 - TARSILA DO AMARAL - (1890 - 1973)
Lance Livre - Paisagem - dn - 20 x 14 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 107 deste catálogo.

358 - ISABEL DE JESUS - (1938)
Lance Livre - Bicho - g - 50 x 35 - ci - 1965
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 081 deste catálogo.

359 - ANGELO CANNONE - (1899 - 1992)
Lance Livre - Golfo - osm - 15 x 40 - cie
Com etiqueta de autenticação do artista no dorso. -Nascido na Itália, radicou-se no Brasil. Seu estilo liga-se ao dos Macchiajoli oitocentistas (os equivalentes italianos dos impressionistas franceses) e ao de Pratella em especial. São especialmente notáveis suas paisagens e marinhas. WALMIR AYALA, vol. 1, pág. 168; JULIO LOUZADA vol.11, pág.54; ITAÚ CULTURAL; Acervo FIEO.

360 - JOSÉ DE OLIVEIRA MACAPARANA - (1952)
Lance Livre - Flores - tm - 50 x 36 - cid - 1970
Escultor, autodidata, o artista é natural de Macaparana, PE, sendo filho e neto de marceneiros. Faz sua primeira exposição individual na Galeria Empetur em 1970, no Recife. Entre 1972 e 1973, reside no Rio de Janeiro; depois muda-se para São Paulo. Entre as mostras de que participa, destacam-se: IV Bienal Ibero-Americana de Arte, Cidade do México, 1984 (Artista Convidado); Salão de Arte Contemporânea, São Paulo, 1986; MAC - 25 Anos, no Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo, 1988; Bienal Internacional de São Paulo 1991; Tendências Construtivas no Acervo do MAC/USP, no Centro Cultural Banco do Brasil, Rio de Janeiro, 1996. JULIO LOUZADA, vol. 9 pág. 509; ITAU CULTURAL; Acervo FIEO.

361 - EDUARDO MORI - (1943)
Lance Livre - Composição - ost - 30 x 30 - cid
Nascido em São Paulo, iniciou seus estudo artísticos em Paris, onde residiu por longos anos, realizando algumas exposições de desenhos e óleos, retratando cenas do cotidiano. Posteriormente radicou-se em Los Angeles-EUA onde, mais liberto da influência acadêmica, se fixou no abstracionismo, buscando apenas na cor a forma de expressar toda a sua arte, com a qual se consagrou. JULIO LOUZADA vol.11, pág.219

362 - IRACEMA ARDITI - (1924 - 2006)
Lance Livre - "Futuro campeão" - ost - 16 x 22 - cie e d
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 112 deste catálogo.

363 - JUAREZ MACHADO - (1941)
Base: R$ 3.000,00 - " Nubentes " - dn e a - 67 x 50 - cse - 1974 - Rio - verão
Com a seguinte inscrição: " Aos amigos com amor e carinho dos Nubentes. Rio, verão 1974 ". - Ver nota sobre o autor na descrição do lote 266 deste catálogo.

364 - GLAUCO PINTO DE MORAES - (1928 - 1990)
Base: R$ 4.500,00 - "Autorretrato na na janela do atelier" - ost - 40 x 35 - cid - 1981- Porto Alegre
Pintor, desenhista e gravador nascido em Passo Fundo, RS e falecido em São Paulo, em 5/5/1990. Em 1968 abandona a carreira jurídica para se dedicar somente à pintura. Para tanto muda-se para São Paulo, onde participa com sucesso na XIII BSP, através do tema Locomotivas. Artista engajado, participou de todos os movimentos nas décadas de 70 e 80. O festejado crítico Jacob Klintowitz assim se referiu ao artista e obra no seu livro O Oficio da Arte: A Pintura: "um dos casos raros de pintor tardio, oriundo de outra atividade. Talvez seja o que explique a repentina maturidade humana desta pintura já revelada pronta aos olhos do público brasileiro." TEIXEIRA LEITE, 408; JULIO LOUZADA, vol. 12, pág. 179; RGS, pág. 226; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 754; LEONOR AMARANTE, pág. 267.

365 - LIVROS -
Lance Livre - -
COLEÇÃO DE 5 LIVROS - "GRANDES MUSEUS DO MUNDO" - EDITORA OBRART , POR NICOLÁS J. GIBELLI

366 - LAN - (1925)
Lance Livre - "Baile" - dl e a - 45 x 34 - cid - 1978
Reproduzido no livro "As escolas de Lan" texto de Haroldo Costa. -Batizado Lanfranco Rossetti Vassely-Rossi, nasceu em Florença, Itália. Desenhista e caricaturista, iniciou suas atividades em Montevidéu, UruguaI, de onde transferiu-se logo após para a Argentina (Buenos Aires). Radicou-se em 1952 na cidade do Rio de Janeiro, onde ativou desde então. Segundo o crítico Herman Lima, o autor é titular " ...Dum traço que tem um sinete marcadamente platino, leve nervoso, serpenteante, encontrável, realmente, nos maiores artistas do lápis na imprensa Argentina e do Uruguai, especialmente Lino Palácios e Divito." MEC, vol. 2, pág. 438

367 - HÉLIOS SEELINGER - (1878 - 1965)
Lance Livre - Orquestra - ost - 17 x 38 - cie - 1956 - Rio de Janeiro
Reproduzido sob o número 142 de Catálogo de Leilão Evandro Carneiro, Rio de Janeiro. - - Ver nota sobre o autor na descrição do lote 117 deste catálogo.

368 - AUTOR DESCONHECIDO, SÉC. XIX - XX -
Lance Livre - "Minha casa em São Vicente" - ost - 34 x 39 - n/as. - 1884

369 - LUIZ SACILOTTO - (1924 - 2003)
Lance Livre - Figura - dn - 54 x 36 - cid - 1947
Paulista de Santo André, veio a falecer em São Bernardo do Campo SP. Pintor, escultor, desenhista. Estuda pintura no Escola Profissional Masculina do Brás, entre 1938 e 1943, e desenho na Associação Brasileira de Belas Artes, de 1944 a 1947. Em 1952, integra o Grupo Ruptura, ao lado de Waldemar Cordeiro, Geraldo de Barros, Kazmer Fejer, Leopoldo Haar, Lothar Charoux e Anatol Wladyslaw. Considerado um dos precursores da arte concreta no Brasil, participa de eventos de arte concreta no país e no exterior. Em 1989, recebe o prêmio artes visuais da APCA e, em 2000, é eleito melhor artista pela APCA. "Sacilotto é um operário avançado da parcimônia pictórica e escultórica (...). Que coisa mais simples e primordialmente neoliticado que um pattern de triângulos negros sobre fundo branco que se trianguliza em signos ao mesmo tempo iguais e opostos? No entanto, uma obra como essa tem a fascinação mesmérica de um mandala ocidental. Diacronicamente, aí estão o objet trouvé, a op, a conceitual, a minimal; sincronicamente, quanto mais você olha para ela mais vê coisas e espaços em constantes e inconstantes mutações. É dessa forma que Sacilotto sabe preservar a expressão na construção. " Décio Pignatari, in: LOUZADA, Júlio. Artes plásticas Brasil 1985: seu mercado, seus leilões. São Paulo: vol. 1 1984. p. 853-854. JULIO LOUZADA, vol. 1 pag. 853; ITAU CULTURAL. Acervo FIEO.

370 - DARIO MECATTI - (1909 - 1976)
Base: R$ 5.000,00 - Feira - ost - 32 x 42 - cie
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 089 deste catálogo.

371 - MARIA HELENA CHARTUNI - (1942)
Lance Livre - Figuras - ost - 64 x 55 - ci - 1977
Com carimbo do Mirante das Artes de Pietro Maria Bardi- São Paulo, no dorso. -Paulistana, é pintora e desenhista. Foi aluna de Luigi Zanotto. Participou de salões oficiais a partir de 1963 (Bienal SP). Premiada em 1967 com viagem à Europa. Fez diversas ilustrações para a revista Mirante das Artes, em cuja galeria expôs individualmente em 1967. MEC. Vol. 1 pág. 433; WALTER ZANINI, pág. 735; ARTE NO BRASIL, pág. 968.

372 - UBI BAVA - (1905 - 1988)
Lance Livre - Estudo - dl - 35 x 28 - cie - 1973
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 122 deste catálogo.

373 - MAURICIO NOGUEIRA LIMA - (1930 - 1999)
Lance Livre - "O estudo nº 007" - g e n - 28 x 22 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 108 deste catálogo.

374 - J. CARLOS - (1884 - 1950)
Lance Livre - Samba - dn e a - 21 x 16 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 123 deste catálogo.

375 - FRANCISCO STOCKINGER - (1919 - 2009)
Lance Livre - Nu - e em b - h= 36 - b
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 145 deste catálogo.

376 - SEPP BAENDERECK - (1920 - 1988)
Lance Livre - Composição - ost - 112 x 81 - cid - 1971
Nascido em Hodzag, Iuguslávia, em 09/1/1920 , e falecido em São Paulo, Brasil, em 17/7/1988. Importante pintor, desenhista e gravador, assinava suas obras SEPP. Estudou nas Universidades de Belgrado e de Berlim, e na Escola de Belas Artes de Zagreb, até 1945, quando, no final da guerra, refugia-se na Áustria. Radicou-se no Rio de Janeiro a partir de 1948, onde fez sua primeira individual em 1951. Transfere-se para São Paulo em 1959, realizando, a partir de 1974, expedições ecológicas ao Amazonas junto com Frans Krajcberg, quando produziu diversas obras ligadas à natureza. Participou de mais de trinta coletivas, e realizou diversas exposições individuais. JULIO LOUZADA, vol. 3 pág. 1046; ITAÚ CULTURAL, Acervo FIEO.

377 - CAMPOS AYRES - (1881 - 1944)
Lance Livre - Paisagem - osc - 16 x 23 - cie
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 125 deste catálogo.

378 - FERNANDO ODRIOZOLA - (1921 - 1986)
Lance Livre - Pássaro - tm - 34 x 48 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 024 deste catálogo.

379 - JOSÉ JULIO DE SOUZA PINTO - (1855 - 1939)
Lance Livre - Camponesas - dl - 12 x 17 - cid
Pintor de gênero, retratista e paisagista, natural da Ilha de Terceira, Açores - Portugal. Cursou a Academia de Belas Artes do Porto e foi aluno de João Correia. Ganhando Prêmio de Viagem, residiu muitos anos em Paris, onde acabou permanecendo, encerrada a bolsa, por um longo período de sua vida, tornando-se discípulo de Cabanel e Yvon. Participou de inúmeras exposições, ganhando prêmios em 1883, 1889, 1895 e Hors Concours, em 1900, na Exposição Universal. Possui obras em vários museus. Faleceu na cidade do Porto, Portugal. JULIO LOUZADA, vol. 1, pág. 936.

380 - ARCÂNGELO IANELLI - (1922 - 2009)
Base: R$ 15.500,00 - Composição - p - 50 x 37 - cid - 1982
Com certificado do Instituto Arcângelo Ianelli.Pintor. Fez aprendizado de pintura com Valdemar da Costa, em São Paulo, a partir de 1942. Participou de diversos Salões no País, e no exterior, obtenções várias e importantes premiações. Seus trabalhos fazem parte do acervo de museus e coleções particulares no mundo todo. Inicialmente figurativo, passou a abstracionismo, trabalhando com blocos cromáticos distribuídos com certo rigor construtivo sobre o espaço plano. A seu respeito, disse o crítico Enrico Crispolti, em 1966: " Mas quais são, então, os temas expressivos próprios da pintura de Ianelli? Ele mesmo, falando-me de experiências já distantes, recorda-me anos de um naturalismo sumário pela vontade de síntese, sublinhado como hoje são propostos em sua pintura horizontes muito diferentes. Creio, no entanto, que uma matriz naturalista preside o intenso lirismo dessa telas recentes de Ianelli (...) ". PONTUAL, pág. 358; MEC vol.3, pág. 345; WALTER ZANINI, pág. 644; ARTE NO BRASIL, pág. 798; LEONOR AMARANTE, pág. 218. Acervo FIEO.

381 - LEVINO FANZERES - (1884 - 1956)
Lance Livre - paisagem - osm - 19 x 27 - cie
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 032 deste catálogo.

382 - HERMELINDO FIAMINGHI - (1920 - 2004)
Lance Livre - Composição - g - 23 x 28 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 132 deste catálogo.

383 - GALDINO GUTTMANN BICHO - (1888 - 1955)
Lance Livre - Vista da Lagoa Rodrigo de Freitas - ostcm - 25 x 30 - cid
Nascido em Petrópolis, passou sua infância em Sergipe, transferindo-se para o Rio de Janeiro, onde iniciou seus estudos. Foi aluno de Zeferino da Costa e de Rodolpho Amoedo. Recebeu diversos prêmios pelas suas participações em Salões Nacionais, inclusive o de Viagem à Europa em 1921. De espírito inquieto e temperamento polêmico, foi elemento ativo na vida artística carioca, sobretudo antes do predomínio das tendências modernas de que fora um dos precursores, pelo gosto nas pesquisas de luz dos impressionistas. LAUDELINO FREIRE, pág. 512; TEODORO BRAGA, pág. 114; REIS JUNIOR, pág. 372; WALMIR AYALA, vol. 1, pág. 104; PRIMORES DA PINTURA NO BRASIL, vol. 2, pág. 248; ARTE NO BRASIL, pág. 602.

384 - GERSON DE SOUZA - (1926 - 2008)
Lance Livre - "Dona Santa" - ost - 27 x 22 - cie e d - 1988
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 134 deste catálogo.

385 - LIVROS -
Lance Livre - -
1) " MASP - A PINACOTECA DO MASP DE RAFAEL A PICASSO" - POR PIETRO MARIA BARDI - GRÁFICA EDITORA HAMBURG/1982. 2) "MUSEUS - MUSEU NACIONAL DE BELAS ARTES" - COLEÇÃO MUSEUS BRASILEIROS - RIO DE JANEIRO 1979 - EDIÇÃO FUNARTE - IMPRESSÃO GRAPHOS INDUSTRIAL GRÁFICO LTDA. 3) "MUSEUS - MUSEU DE ARTE DE SÃO PAULO" - COLEÇÃO MUSEUS BRASILEIROS - 3 - RIO DE JANEIRO 1981 - EDIÇÃO FUNARTE - IMPRESSÃO PORTINHO CAVALCANTI EDITORA LTDA. 4) "O MUSEU HISTÓRICO NACIONAL", COMPOSTO E IMPRESSO EM 1989 - BANCO SAFRA. 5) "MUSÉE DU LOUVRE - ET MUSÉE DU JEU DE PAUME", FERNAND NATHAN, IMPRESSÃO HERACLIO FOURNIER S.A. VITORIA/1981. 6) "RIJKSMUSEUM AMSTERDAM" - ENCICLOPÉDIA DOS MUSEUS - ARNOLDO MONDADORI EDITORE - MILÃO/1969

386 - CARLOS OSWALD - (1882 - 1971)
Lance Livre - Pierrot - grav. - 27 x 19 - cid
Reproduzido sob o número 50 no livro "Carlos Oswald" editado pelo Museu Nacional de Belas Artes- Rio de Janeiro. -Gravador e pintor, ativo no Rio de Janeiro, estudou na Europa; foi o primeiro a fazer gravura em metal com finalidade artística; dedicou-se a temas religiosos, paisagens, cenas de gêneros e retratos. PONTUAL, pág. 397; ARTE NO BRASIL, vol. 2, pág. 1053; ITAÚ CULTURAL.; WALTER ZANINI, pág. 446; Acervo FIEO.

387 - ABELARDO ZALUAR - (1924 - 1987)
Lance Livre - Paisagem - osm - 12 x 15 - cie - 1951
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 137 deste catálogo.

388 - MICK CARNICELLI - (1893 - 1967)
Lance Livre - "Na cheia de la salute" - ost - 55 x 46 - cse - 1956- Veneza
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 191 deste catálogo.

389 - DAREL VALENÇA LINS - (1924)
Lance Livre - Rostos - dn - 30 x 23 - cid
Este importante pintor, gravador, desenhista e professor, conquistou em 1957, no SNAM, o prêmio de viagem ao estrangeiro, voltando a ser contemplado na VII Bienal de São Paulo, como o melhor desenhista nacional. Foi aluno de Henrique Oswald e recebeu aconselhamento técnico de Goeldi. MEC vol.3, pág. 18; PONTUAL, pág.160/161; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 715; ARTE NO BRASIL, pág. 839; LEONOR AMARANTE, pág. 125; Acervo FIEO.

390 - JOHN GRAZ - (1891 - 1980)
Base: R$ 40.000,00 - Paisagem - ost - 45 x 100 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 070 deste catálogo.

391 - TOBIAS MARCIER - (1948 - 1982)
Lance Livre - Figura surreal - ostce - 33 x 23 - cie - 1976
Natural de Minas Gerais, o autor é ativo no Rio de Janeiro, onde começou a expor em 1964. Filho de Emeric Marcier, teria herdado do pai o apuro técnico, o exercício obstinado e o desejo de profissionalizar-se. Expôs individualmente na Galeria Bonino, RJ, em 1969. JULIO LOUZADA, vol. 1, pág. 979.

392 - FRANCISCO GOLDSCHMIDT - (XIX - XX)
Lance Livre - Cristo - a - 57 x 41 - cid
Nascido e falecido no Rio de Janeiro, assim como o irmão - Henrique Goldschmidt, Francisco foi pintor amador que se especializou em registrar o litoral carioca. JULIO LOUZADA, VOL. 3, PÁG. 469.

393 - MARCELO GRASSMANN - (1925)
Lance Livre - Guerreiro - grav. P. A. - 50 x 36 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 143 deste catálogo.

394 - BARRICA - (1913 - 1993)
Lance Livre - Paisagem - ost - 38 x 55 - cid
Com etiqueta da Galeria Uirapurú de José Roberto Bortoletto- São Paulo, no dorso. -Batizado CLIDENOR CAPIBARIBE DE MOURA. Um dos corifeus da arte moderna no Ceará, onde nasceu. Barrica foi pintor e desenhista de tendência expressionista.MEC. Vol.1, pág, 184; PONTUAL, pág.55; WALMIR AYALA, vol.1, pág.84/85. TEIXEIRA LEITE, pág.57; JULIO LOUZADA, vol.10, pág.96; ITAU CULTURAL.

395 - BRUNO GIORGI - (1905 - 1993)
Base: R$ 7.500,00 - "Flautista" - e em b - h= 67 - b
Reproduzido no livro "Bruno Giorgi" editor Marcos Marcondes- São Paulo. - - Ver nota sobre o autor na descrição do lote 085 deste catálogo.

396 - GUSTAVO DALL'ARA - (1865 - 1923)
Base: R$ 2.500,00 - Dama - sang. - 43 x 33 - le - 1916 - Rio de Janeiro
Pintor italiano, ilustrador e caricaturista. Realizou sua formação artística na Academia de Belas Artes de Veneza, estudando com Villa, Franco Dall'ara e Deslandes. Por volta de 1889, veio radicar-se no Rio de Janeiro, como convidado para ilustrar um dos jornais cariocas da época e também por motivos de saúde. Paisagista e marinhista, dedicou-se a fixar aspectos do Rio antigo. Nogueira da Silva chamou-o o pintor da cidade, "tanto se entregara ele, o bizarro e macambúzio, Gustavo Dall'ara, ao urbanismo pictural da metrópole. MEC, vol. 2, pág. 14; REIS JR., pág. 270; PONTUAL, pág. 157; WALMIR AYALA, vol. 1, pág. 234; Catálogo da Exp. De Paisagem Brasileira - Min. Da Educ. e Saúde - MNBA/Rio/1944 ; LAUDELINO FREIRE, pág. 388; TEODORO BRAGA, pág. 78; TEIXEIRA LEITE, pág. 144; JULIO LOUZADA, vol. 11, pág. 84; ITAÚ CULTURAL.; ARTE NO BRASIL, pág. 839.

397 - ALDO BONADEI - (1906 - 1974)
Base: R$ 9.000,00 - Natureza morta - a e n - 37 x 56 - cie - 1963
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 033 deste catálogo.

398 - ANGELI - (1956)
Lance Livre - "Romualdo/Tarso" - dn e c - 19 x 37 - csd
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 148 deste catálogo.

399 - CARLOS PRADO - (1908 - 1992)
Lance Livre - Menino brincando - osm - 41 x 34 - cie
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 286 deste catálogo.

400 - JOÃO JOSÉ VAZ - (1859 - 1931)
Base: R$ 2.800,00 - Barcos - osm - 18 x 32 - cid
Pintor e decorador de igrejas, palácios e teatros. Natural de Setubal, Portugal. Foi discípulo de Anunciação e Silva Porto. Participou com pintura a óleo e aquarela nas Exposições da Sociedade Promotora de Belas Artes, do Grêmio Artístico, do Grupo Leão e da Sociedade Nacional de Belas Artes onde foi premiado em 1915 e 1916. Em 1949 foi-lhe erigido um monumento em Setubal. Possui obras em vários museus de Portugal. FERNANDO DE PAMPLONA PÁG. 166 E 167; BENEZIT VOL.10, PÁG.414; arcadja.com.

401 - ALDEMIR MARTINS - (1922 - 2006)
Lance Livre - Figura - lito. - 34 x 21 - cid - 2000
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 005 deste catálogo.

402 - TADASHI KAMINAGAI - (1899 - 1982)
Base: R$ 2.500,00 - Mulher sentada - ost - 48 x 34 - cid
Reproduzido sob o número 211 de Catálogo de Leilão Renot- São Paulo, julho de 2006. - - Ver nota sobre o autor na descrição do lote 152 deste catálogo.

403 - UBIRAJARA RIBEIRO - (1930 - 2002)
Base: R$ 2.500,00 - Composição - a - 37 x 50 - ci - 1989
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 153 deste catálogo.

404 - JOAQUIM TENREIRO - (1906 - 1992)
Lance Livre - "Estudo" - g - 25 x 27 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 154 deste catálogo.

405 - LIVROS -
Lance Livre - -
1) "MARC CHAGALL" - MODERN MASTERS SERIES - ANDREW KAGAN - ABBEVILLE MODERN MASTERS. 2) "EXPOSICIÓN DE SIQUEIROS" - POR YUTAKA TSUJI - EDITORA ASAHI SHIMBUN/1972. 3) "GUSTAV KLIMT - WOMEN" - BY ANGELICA BÄUMER - EDITORA WEIDENFELD PAPERBACKS. 4) "THE REAL WORLD OF THE IMPRESSIONISTS 1848-1918" - YANN LE PICHON, BY CLARKSON N. POTTER, INC. PUBLISHERS. 5) "GREAT MODERN MASTERS", BY SIR JOHN ROTHENSTEIN, EXCALIBUR BOOKS/1980. 6) "HISTÓRIA GERAL DA ARTE - PINTURA I" , POR JOSÉ ALVAREZ LOPERA E JOSÉ MANUEL PITA ANDRADE, EDITORA DEL PRADO/1995.

406 - FERRACIOLI - (1949)
Lance Livre - Composição - ost - 80 x 60 - cie e d - 1988
Nascido em Mococa, SP, FERRACIOLI é um artista com linguagem própria, apresentando um misto feliz de erotismo, misticismo e ficção científica. Dedica-se exclusivamente à pintura desde 1970. Em sua pintura atual, síntese de suas diversas fases, predominam texturas, além da busca de efeitos cromáticos num disciplinado rigor geométrico. Expõe individualmente com sucesso desde 1974, e participa de coletivas desde 1969, inclusive no exterior: Itália, Japão e USA. JULIO LOUZADA, vol.11, pág.110; ITAÚ CULTURAL; Acervo FIEO.

407 - HENRIQUE CAVALLEIRO - (1892 - 1975)
Lance Livre - Figuras - dn - 19 x 20 - ci - 1960
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 157 deste catálogo.

408 - JOSÉ PANCETTI - (1902 - 1958)
Lance Livre - Menina - dlc - 17 x 11 - cid
Nasceu em Campinas e faleceu no Rio de Janeiro. Filho de italianos chegados a Campinas em 1891. Foi marinheiro por longos anos, tendo aprendido a sua arte a bordo dos navios. Era conhecido como o Pintor Marinheiro. Participou do Núcleo Bernardelli, no Rio de Janeiro, onde conviveu com Milton Dacosta, Ado Malagoli e João José Rescala. Participou do SNBA durante vários anos, recebendo premiações. Sobre o artista assim se manifestou Medeiros de Lima: " ... Juntamente com Alberto da Veiga Guignard, Alfredo Volpi e Lasar Segall, Pancetti retoma na pintura a melhor tradição da paisagística brasileira (...) Mas, de todos, Pancetti foi o que melhor soube captar a fôrça, a exuberância e a luminosidade litorânea brasileira" . TEODORO BRAGA, pág. 130; PONTUAL, págs. 403 e 404; MEC, vol. 3, pág. 332; REIS JUNIOR, pág. 383; ITAU CULTURAL; TEIXEIRA LEITE, pág. 380; WALTER ZANINI, pág. 573; ARTE NO BRASIL, pág. 597; LEONOR AMARANTE, pág. 28.

409 - RENOT - (1932)
Lance Livre - "Pássaro e bahianas endomingadas" - tm - 23 x 16 - cid - 1980
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 159 deste catálogo.

410 - ANTONIO FERRIGNO - (1863 - 1940)
Base: R$ 8.000,00 - Cais - osm - 30 x 40 - cid
Reproduzido no convite deste leilão. - - Ver nota sobre o autor na descrição do lote 160 deste catálogo.

411 - JOSÉ MARIA DE SOUZA - (1935 - 1987)
Lance Livre - "Itinga" - ose - 38 x 46 - cie e d - 1982/1983- Bahia
Baiano de Valença, Bahia. Diplomou-se na Escola de Belas Artes da Bahia, onde teve como prof. Mario Cravo em gravura e Juarez Paraíso, em desenho. Realizou várias individuais no Rio de Janeiro, cidade onde se fixou por algum tempo, retornando para a Bahia. Sua figuração é pessoal e o limite profundo de sua obra está povoado de algo cuja definição se coloca entre o humilde e o grotesco. Realizou individuais a partir de 1960 (entre elas: Galeria Bonino, RJ-1965 e 1967); e coletivas (SNAM-RJ 1959, 1962 e 1963, entre outras). JULIO LOUZADA, vol. 1, pág. 498; ITAÚ CULTURAL.

412 - HEITOR DOS PRAZERES - (1898 - 1966)
Base: R$ 3.500,00 - O tintureiro na favela - ost - 35 x 47 - cid - 4.10.1961
Com autenticação da família do artista, na pessoa do curador da obra, Sr. Heitor dos Prazeres Filho. - - Ver nota sobre o autor na descrição do lote 162 deste catálogo.

413 - LEÓN FERRARI - (1920)
Lance Livre - A fuga do norte - lito. 12/100 - 70 x 50 - cie
Com marca em relevo seco de Papel Assinado- Brasil. -Gravador e escultor argentino, natural da cidade de Buenos Aires. Começou a fazer escultura em 1954, com diversos materiais e com arame de aço inoxidável. Em 1962, iniciou sua série de desenhos escritos. Em 1964 colaborou com Rafael Albertino no livro de poesias e desenhos "Escritos en el Aire", editado por Vanni Scheiwiller em Milão. Em 1965, abandonou a arte abstrata e participou do movimento cultural que acompanhou a atividade política argentina, colaborando na organização de diversas mostras coletivas. A partir de 1976 fixa residência no Brasil, em São Paulo, onde voltou a esculpir e experimentar outras técnicas, como fotocópias, etc. Desenvolveu uma série de esculturas sonoras que deram origem aos instrumentos lúdicos musicais com os quais deu 4 concertos-performance. JULIO LOUZADA, vol. 3, pág. 403

414 - SERGIO TELLES - (1936)
Base: R$ 3.500,00 - "Lavadeiras" - ost - 31 x 41 - cid e d - Bahia- 1998
Com certificado de autenticidade firmado pelo autor datado de 20 de agosto de 2008. -Pintor, professor e diplomata, estudou pintura na ENBA/Rio; foi discípulo de Levino Fanzeres, Paul Gagarin, Rodolpho Chambelland e Paschoal Valente. Artista de renome internacional, consagrou-se pela sua requintada técnica de composição e domínio da cor. Com exposição retrospectiva programada para o Museu Nacional de Belas Artes do Rio de Janeiro em 2009. TEIXEIRA LEITE, pág. 503; MEC, vol. 4, pág. 380; JULIO LOUZADA, vol. 11, pág. 319; ITAÚ CULTURAL. Acervo FIEO.

415 - ROBERTO CIDADE - (1939)
Lance Livre - Guerreiro - e em b - h= 44 - ass.
Escultor gaúcho da cidade de Caçapava do Sul, onde nasceu a 11 de agôsto. Formou-se pela Faculdade de Belas Artes da Universidade de Santa Maria. Estudou escultura com Dorotéa Vergara Pinto da Silva. Seu trabalho passou por breve análise de Jacob Klintowitz, festejado crítico de arte brasileiro, no jornal Zero Hora de Porto Alegre, em setembro de 1982: "Um escultor de grandes volumes, formas agresivas, brutal (...) Escultores e artistas como Roberto Cidade, capaz de contar a sua história, transmitir a sua mensagem com vigor e clareza, são bem-vindos." Ao longo dos últimos vinte anos de carreira, participou de diversos certames e mostras, angariando premiações e reconhecimentos. JULIO LOUZADA, vol. 13 pág. 85; RGS, pág. 419.

416 - OSCAR PEREIRA DA SILVA - (1867 - 1939)
Lance Livre - "Quo vadis, máquina? - dn - 49 x 49 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 166 deste catálogo.

417 - BELMIRO DE ALMEIDA - (1858 - 1935)
Lance Livre - Ninfas - dn - 16 x 19 - cie
Com inscrições no dorso. - - Ver nota sobre o autor na descrição do lote 167 deste catálogo.

418 - WALTER LEWY - (1905 - 1995)
Lance Livre - Paisagem surreal - ost - 35 x 60 - cie - 1983
Pioneiro do surrealismo, o qual praticava desde que chegou ao Brasil, em 1937, fixando residência em São Paulo. Participou de Salões Nacionais e Bienais de São Paulo, entre 1951 e 1965, recebendo diversas premiações oficiais. JULIO LOUZADA, vol. 10, pág. 497; MEC, vol. 2, pág. 474; TEODORO BRAGA, pág. 245; TEIXEIRA LEITE, pág. 286; ITAU CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 630; LEONOR AMARANTE, pág. 142; Acervo FIEO.

419 - CARLOS SCLIAR - (1920 - 2001)
Lance Livre - Paisagem - dn - 28 x 21 - ci
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 049 deste catálogo.

420 - ANITA MALFATTI - (1896 - 1964)
Base: R$ 50.000,00 - "Burrinho correndo" - ost - 35,5 x 24,5 - cid - A.M.
Reproduzido no convite deste leilão. -Versão do primeiro quadro pintado pela autora em 1909, que está reproduzido na página 19 do livro "Anita Malfati no tempo e no espaço", de autoria de Marta Rossette Batista. Procedente da Coleção do Prof. Dr. Luiz Fernando Costa e Silva- São Paulo. -Proto-mártir do modernismo brasileiro, com sua mostra de 1917 em São Paulo, Anita Malfatti foi, no dizer de Dario da Silva Brito, o "estopim" da Semana de 1922. Recebeu prêmio de honra no Salão Paulista de 1934. Várias exposições coletivas e individuais como: Anita Malfatti no Museu de Arte Brasileira - FAAP. BENEZIT, vol. 7, pág. 118; TEODORO BRAGA, pag. 151/2; MEC, vol. 3, pág. 45; PONTUAL, pág. 332/3; WALMIR AYALA, vol. 2, pág. 33 e 35; ITAÚ CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 478; ARTE NO BRASIL, pág. 652; LEONOR AMARANTE, pág. 24.

421 - BALTHAZAR DA CÂMARA - (1890 - ca-1982)
Base: R$ 3.000,00 - Rosto - ost - 45 x 34 - csd - Recife- 1931
Pintor e professor, nascido e falecido em Recife, PE. Estudou com Franz Hoepper, em Recife. Participou ativamente dos movimentos artísticos de Pernambuco no final do século XIX até a primeira metade do século XX. Vindo para o Rio de Janeiro, estudou na antiga Escola Nacional de Belas Artes, onde foi discípulo de Carlos Chambelland. Mesmo lecionando pintura na Escola de Belas Artes de Recife, participou do Salão Nacional de Belas Artes - RJ, entre 1925 e 1941 e de outros Salões em: Salvador, BA (1949); Maceió, AL (1981). Realizou exposições individuais (1941) em São Paulo e Recife. Foi premiado no Rio de Janeiro (1926, 1927, 1930, 1954). MEC VOL. 1, PÁG. 327; ITAU CULTURAL; JULIO LOUZADA VOL. 1, PÁG. 175.

422 - AUTOR DESCONHECIDO, SÉC. XIX - XX -
Lance Livre - Na estrada - ost - 50 x 70 - cid - M. Giovanni

423 - IRACEMA ARDITI - (1924 - 2006)
Lance Livre - "L´amore" - ost - 70 x 50 - cid e d - 1972
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 112 deste catálogo.

424 - WALTER LEWY - (1905 - 1995)
Lance Livre - Surreal - g - 20 x 13 - cid - 1959
Com etiqueta número 1008 de Renot Ateliê, São Paulo, no dorso. - - Ver nota sobre o autor na descrição do lote 418 deste catálogo.

425 - LIVROS -
Lance Livre - -
1) "GIOVANNI BATTISTA CASTAGNETO - O PINTOR DO MAR (1851-1900), POR CARLOS ROBERTO MACIEL LEVY - EDIÇÕES PINAKOTHEKE. 2) "ADO MALAGOLI PINTURAS E MARIO QUINTANA POEMAS" TEXTO COM DIVERSAS PARTICIPAÇÕES, EDIÇÃO COMEMORATIVA DOS 80 ANOS DO PINTOR E DO POETA - EDITORA LÉO CHRISTIANO EDITORIAL LTDA. 3) "TARSILA SUA OBRA E SEU TEMPO" POR ARACY A. AMARAL, IMPRESSÃO RAÍZES ARTES GRÁFICAS LTDA/1986. 4) "A COR NA ARTE BRASILEIRA" POR JACOB KLINTOWITZ - - IMPRESSÃO RAÍZES ARTES GRÁFICAS LTDA-1982. 5) "FACCHINETTI" POR DONATO MELLO JÚNIOR - ART EDITORA LTDA E EDITORA RECORD - SÃO PAULO. 6) "JOÃO BAPTISTA CASTAGNETO_1862-1900" - CATÁLOGO EXPOSIÇÃO- QUADROS DE COLEÇÕES DE SÓCIOS DA SOCIARTE- IMPRESSÃO: UNIBANCO EDITORA, PUBLICIDADE E GRÁFICA LTDA- SÃO PAULO, 1978.

426 - CARLOS LOUSADA - (1905 - 1984)
Base: R$ 1.800,00 - Casario - osm - 25 x 80 - cie e d - 1970
Autodidata, começou a pintar em 1956 e já nesse ano foi aceito no Salão Ferroviário promovido pelo Ministério da Viação. Participou do Salão Nacional de Arte Moderna de 1962 a 1969, recebendo o certificado de Isenção de Júri em 1967, e da Bienal da Bahia em 1966, assim como da mostra " Três Primitivos ", na Galeria Relevo, Rio de Janeiro (1965). Realizou mostras individuais no Museu de Arte Moderna da Bahia (1964), e na Galeria Rosalvo Ribeiro, de Maceió (1965), e em conjunto com Heitor dos Prazeres e Ivan Moraes no Museu Nacional de Belas Artes do Rio de Janeiro (1966).

427 - CLÓVIS GRACIANO - (1907 - 1988)
Lance Livre - Flores - mon. - 33 x 26 - cid - 1942
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 082 deste catálogo.

428 - EMILIANO DI CAVALCANTI - (1897 - 1976)
Base: R$ 25.000,00 - Ao grande poeta - dn - 45 x 32 - cid - déc. 50
Com a seguinte dedicatória: "Ao Luiz Peixoto. O casamento é qual uma chapa photographica. O namoro representa o plano arranjado pelo photographo, as nupcias, a exposição da chapa, a lua de mel a revelação ou desenvoslvimento das mesmas; os filhos a cópia positiva...eis o lar ideal..."Grande Poeta" E. Di Cavalcanti. - - Ver nota sobre o autor na descrição do lote 022 deste catálogo.

429 - GILVAN SAMICO - (1928)
Lance Livre - "Rumores de guerra em tempo de paz" - xilo. 11/120 - 97 x 60 - cie - 2001
Batizado Gilvan José Meira Lins Samico, o artista nasceu em 15/6/1928, na capital pernambucana de Recife. Inicia-se na pintura como autodidata. Em 1948, freqüenta a Sociedade de Arte Moderna do Recife. Estuda xilogravura com Lívio Abramo, em 1957, na Escola de Artesanato do Museu de Arte Moderna de São Paulo. Em 1958 estuda gravura com Oswaldo Goeldi na Escola Nacional de Belas Artes-RJ. Em 1968, recebe o prêmio viagem ao exterior no 17º Salão Nacional de Arte Moderna-MAM-RJ. Em 1971, integra o Movimento Armorial, voltado à cultura popular nordestina e à literatura de cordel. Os quarenta anos de gravura do artista foram comemorados em 1997 com importante exposição no Centro Cultural Banco do Brasil, no Rio de Janeiro. JULIO LOUZADA vol.10, pág. 784; ITAU CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 720; ARTE NO BRASIL, pág. 688.

430 - BENEDITO CALIXTO DE JESUS - (1853 - 1927)
Base: R$ 10.000,00 - "Praia de José Menino- Santos..." - o s/p m - 9 x 11 - cid - com inscrições no dorso
Reproduzido no convite deste leilão. -Título completo "Praia de José Menino em Santos, vista da Ilha Porchat". Com certificado de autenticidade firmado por Celso Calixto Rios, datado de 20 de março de 2012. -Pintor, professor, historiador, ensaísta, nascido em Conceição de Itanhaém, SP e falecido em São Paulo. Transferiu-se para Brotas, SP, onde adquiriu noções de pintura com o tio Joaquim Pedro de Jesus, ao auxiliá-lo na restauração de imagens sacras de uma igreja local. Realizou sua primeira individual em São Paulo, no ano de 1881. Fixou-se por algum tempo em Santos e depois de ter executado a decoração do Teatro Guarani, partiu para Paris em 1883, estudando na Academia Julian e no ateliê de Jean François Raffaëlli. Retornou ao Brasil em 1885 e passou a residir em São Vicente. Produziu inúmeras marinhas em que representa o litoral paulista; realizou diversos painéis de temas religiosos para igrejas na capital e interior do Estado de São Paulo; pintou vistas de antigos trechos das cidades de São Paulo, Santos e São Vicente para o Museu Paulista da Universidade de São Paulo, por encomenda do diretor do museu o historiador Afonso d´Escragnolle Taunay. Dedicou-se também a estudos históricos da região e à preservação de seu patrimônio e publicou, entre outros, os livros 'A Vila de Itanhaém' (1895) e 'Capitanias Paulistas' (1924). Existem obras suas nos acervos de diversos museus brasileiros. TEODORO BRAGA PÁG. 51; REIS JR PÁG. 214; LAUDELINO FREIRE PÁG. 387; PONTUAL PÁG. 68/69; MEC VOL.1, PÁG. 326/327; WALMIR AYALA VOL.1, PÁG.153; MAYER/83 PÁG. 601; TEIXEIRA LEITE PÁG. 97; ITAU CULTURAL; WALTER ZANINI PÁG. 505; ARTE NO BRASIL PÁG. 599, RUTH TARASANTCHI; JULIO LOUZADA VOL. 1, PÁG. 172.

431 - HARRY ELSAS - (1925 - 1994)
Lance Livre - Costurando - ost - 93 x 74 - cie - 1978
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 061 deste catálogo.

432 - GUANG HANG FANG - (1946)
Lance Livre - Paisagem - ost - 50 x 60 - cid
Pintor Chinês, radicado em São Paulo, Com exposições individuais na Galeria Paulista em 1999 e Renot Escritório de Arte . JULIO LOUZADA vol.12 pág. 190.

433 - LIBINDO FERRAZ - (1877 - 1951)
Lance Livre - "Saco pinhão" - ost - 24 x 35 - cie - 1949- Ilha do Governador
Nasceu em Porto Alegre-RS, e faleceu no Rio de Janeiro-RJ. Pintor e professor. Realizou estudos artísticos na Itália. Foi um dos fundadores, em 1908, do Instituto de Belas Artes de Porto Alegre, onde lecionou até 1936. MEC, vol. 2 - pág. 150; PONTUAL-pág. 207; LAUDELINO FREIRE pág. 518.

434 - NELSON LEIRNER - (1932)
Lance Livre - Jogo de damas - o em al e mad - 22 x 22 x 5 - déc. 1970
"design Nelson Leirner". - - Ver nota sobre o autor na descrição do lote 184 deste catálogo.

435 - CACIPORÉ TORRES - (1932)
Lance Livre - Composição - e em b - h= 10 - ass.
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 225 deste catálogo.

436 - EVANDRO CARLOS JARDIM - (1935)
Lance Livre - Paisagem - grav. P. A. - VII/X - 18 x 23 - cid
Complemento de técnica: água forte, água tinta, ponta seca e buril. Reproduzido no livro "A gravura em metal" de Marco Buti e Anna Letycia. - - Ver nota sobre o autor na descrição do lote 018 deste catálogo.

437 - EDGARD OEHLMEYER - (1909 - 1967)
Base: R$ 2.000,00 - Flores - ose - 25 x 20 - csd
Ex-coleção do Dr. Heitor Portugal. - - Ver nota sobre o autor na descrição do lote 187 deste catálogo.

438 - MIRA SCHENDEL - (1918 - 1988)
Base: R$ 13.000,00 - Paisagem - a - 15 x 10 - n/as. - 1979
Com certificado de autenticidade emitido pela Galeria Millan, São Paulo, em 10/04/2008. - - Ver nota sobre o autor na descrição do lote 188 deste catálogo.

439 - RUBEM VALENTIM - (1922 - 1991)
Base: R$ 6.000,00 - "Emblema-89" - ast - 70 x 50 - d - 1989
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 096 deste catálogo.

440 - BRUNO GIORGI - (1905 - 1993)
Base: R$ 4.000,00 - Ritmo - e em b - h=47,5 - d
Reproduzido no convite deste leilão. -Versão de escultura existente em frente a Academia Brasileira de Letras - Rio de Janeiro. - - Ver nota sobre o autor na descrição do lote 085 deste catálogo.

441 - NEWTON MESQUITA - (1948)
Base: R$ 6.000,00 - Paisagem - ostce - 100 x 100 - ci
Pintor e gravador paulistano, Newton Mesquita é inquieto; provoca a sua arte com novos experimentos e técnicas. Desenhista de mão cheia, solta o traço com habilidade, recriando imagens, cores e texturas. JULIO LOUZADA, vol. 9, pág. 578; ITAÚ CULTURAL, Acervo FIEO.

442 - ANTONIO BANDEIRA - (1922 - 1967)
Base: R$ 2.300,00 - Composição - tm - 19 x 26 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 192 deste catálogo.

443 - AUTOR DESCONHECIDO, SÉC. XIX -
Lance Livre - Nobres - ost - 46 x 72 - cid - V. Garin

444 - ALDEMIR MARTINS - (1922 - 2006)
Base: R$ 3.500,00 - Gato laranja - ast - 40 x 50 - cie e d - outubro 2003 - Com certificado de autenticidade do Estúdio Aldemir Martins. -
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 005 deste catálogo.

445 - LIVROS -
Lance Livre - -
1) " MONET_25 MASTERWORKS- PUBLICADO POR HARRY N. ABRAMS, INCORPORATED, NEW YORK, 1982. 2) " GREAT MASTERPIECES BY FREDERIC REMINGTON" POR LOUIS CHAPIN- ARTBRAS BOOK- CROWN PUBLISHERS, INC- NEW YORK, 1979. 3) "THE VASA MUSEUM" (GALARVARVET DJURGARDEN STOCKHOLM)-REVISTA-ESTOCOLMO, SUÉCIA. 4) "THE OSEBERG FIND_ AND THE OTHER VIKING SHIP FINDS_ POR THORLEIF SJOVOLD_ UNIVERSITETETS OLDSAKSAMLING- OSLO, 1963. 5) "DIEGO RIVERA_SU OBRA MURAL EN LA CIUDAD DE MEXICO" POR BERTA TARACENA-EDICIONES GALERIA DE ARTE MISRACHI EM COLABORACIÓN COM LA CAMARA NACIONAL DE COMERCIO DE LA CIUDAD DE MEXICO, MEXICO,1981. 6) "LEONARDO DA VINCI" POR JACK WASSERMAN, EDITORA RECORD.

446 - TARSILA DO AMARAL - (1890 - 1973)
Lance Livre - Paisagem Antropofágica - dl - 8 x 16 - cid
Procedente da coleção do crítico de arte José Henrique Fabre Rolim, São Paulo. - - Ver nota sobre o autor na descrição do lote 107 deste catálogo.

447 - DURVAL PEREIRA - (1918 - 1984)
Base: R$ 4.500,00 - Casario - ost - 120 x 90 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 077 deste catálogo.

448 - MANOEL SANTIAGO - (1897 - 1987)
Lance Livre - Marinha - ost - 22 x 33 - cid e d
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 194 deste catálogo.

449 - OMAR PELEGATTA - (1925 - 2000)
Lance Livre - Domingo no parque - ost - 60 x 80 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 203 deste catálogo.

450 - ELISEU D´ANGELO VISCONTI - (1866 - 1944)
Base: R$ 14.000,00 - Paisagem - osm - 30 x 25 - cid
Reproduzido no convite deste leilão. -Reproduzido a cores- lote 600- no segundo grande leilão comemorativo do 75º aniversário da Tradição ERNANI realizado em 1981- Rio de Janeiro. -Considerado o maior pintor que trabalhou no Brasil, nasceu na Itália, mas fez sua formação artística na Escola de Belas Artes do Rio de Janeiro e em Paris. Foi sucessivamente, realista, simbolista, adepto do Art Noveau e pós- impressionista, até chegar em algumas paisagens já quase no fim da vida, a uma síntese admirável de todos esses estilos e tendências. Sua obra-prima - e uma das obras- primas da arte brasileira de todos os tempos - é a decoração do Teatro Municipal do Rio de Janeiro, principamente o friso do foyer, iniciado em 1914. TEODORO BRAGA, pág. 240/241; LAUDELINO FREIRE, págs. 515/ 133/ 151/ 510 e 512; BENEZIT, vol. 10, pág. 535; REIS JR., pág. 293 /300 /304 /371 /375/ 380/ 381/ 388/ 389; MEC, vol. 4, pág. 393; PONTUAL, pág. 543/544/545; WALMIR AYALA, vol. 2, pág. 422 e 423; MAYER/84, pág. 1252; ITAU CULTURAL; WALTER ZANINI, pág. 420; ARTE NO BRASIL, pág. 553; LEONOR AMARANTE, pág. 42; Acervo FIEO; F. ACQUARONE, pág. 171.

451 - ALOYZIO ZALUAR - (1937)
Lance Livre - " Sanhaço" - o s/ag. - 24 x 30 - cid - 1982
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 201 deste catálogo.

452 - OSWALDO GUAYASAMIN - (1919 - 1999)
Base: R$ 2.800,00 - Figura - tm - 37 x 24 - cid
Pintor, desenhista e escultor que nasceu em Quito, Equador e faleceu em Baltimore, EUA. Formou-se pela Escola de Belas Artes de Quito. Ainda jovem realizou sua primeira exposição, obteve todos os prêmios nacionais, o Grande Prêmio da Bienal da Espanha e o Grande Prêmio da Bienal de São Paulo (1957). Realizou muitas exposições individuais e sua produção foi muito frutífera em pinturas de cavalete, murais, esculturas e monumentos. Projetou um mural interior no Edifício do Parlamento do Memorial da América Latina, em São Paulo (1992). Expôs em museus de quase todas as capitais da América e Europa. BENEZIT VOL. 5, PÁG. 259; www.guayasamin.org; ITAU CULTURAL.

453 - ALBERTO TEIXEIRA - (1925 - 2011)
Lance Livre - Composição - a - 50 x 37 - cie - 1967
Alberto Dias D'Almeida Teixeira nasceu em São João do Estoril, Portugal e faleceu em Campinas, SP. Pintor, desenhista e professor. Assinou em monograma até 1984 e depois A. Teixeira. Estudou desenho e pintura na Sociedade Nacional de Belas Artes (1947-1950), em Lisboa. Fixando residência em São Paulo, em 1950, foi aluno de Samson Flexor e tornou-se membro do Atelier Abstração. Expôs em diversas edições da Bienal Internacional de São Paulo (entre 1953 e 1965), do Panorama da Arte Atual Brasileira (1970 e 1973) e na Bienal Brasil Século XX, organizada pela Fundação Bienal de São Paulo (1994). Suas participações no Prêmio Leirner de Arte Contemporânea e no 1º Salão Esso de Artistas Jovens lhe renderam, respectivamente, o segundo e o primeiro prêmio em pintura. JULIO LOUZADA, VOL. 3 PÁGS. 1118 A 1122; ITAU CULTURAL; PONTUAL, PÁG. 517; TEIXEIRA LEITE, PÁG. 497; MEC VOL. 4, PÁG. 376; ACERVO FIEO.

454 - WEGA NERY - (1912 - 2007)
Base: R$ 4.800,00 - "Reflexos" - dn - 60 x 44 - cid - 1958
Intitulado no dorso. - - Ver nota sobre o autor na descrição do lote 210 deste catálogo.

455 - BRUNO GIORGI - (1905 - 1993)
Lance Livre - Torso - e em b - h=25 - b
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 085 deste catálogo.

456 - LEVINO FANZERES - (1884 - 1956)
Base: R$ 2.000,00 - Paisagem - osm - 38 x 60 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 032 deste catálogo.

457 - ALDO BONADEI - (1906 - 1974)
Base: R$ 6.500,00 - Natureza morta - osc - 22 x 16 - cie
Ex coleção Renato Antônio Brogiolo- Rio de Janeiro. - - Ver nota sobre o autor na descrição do lote 033 deste catálogo.

458 - MITSUTAKA KOGURE - (1938)
Lance Livre - Fachada - ost - 81 x 54 - cie - 1975
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 099 deste catálogo.

459 - MARIO ZANINI - (1907 - 1971)
Lance Livre - Pescadores - psa - 15 x 15 - cie
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 209 deste catálogo.

460 - MANABU MABE - (1924 - 1997)
Base: R$ 12.000,00 - Composição - ost - 51 x 51 - cid e d - 1983
Reproduzido no convite deste leilão. -Com etiqueta número 186 de Oscar Seráphico Galeria de Arte -Brasília, DF. - - Ver nota sobre o autor na descrição do lote 301 deste catálogo.

461 - TOMOO HANDA - (1906 - 1996)
Lance Livre - Paisagem - ost - 40 x 48 - cid - 1977
Pintor, desenhista e historiador. Natural de Utsonomiya, Japão, imigrou para o Brasil no início do séc. passado.Foi o grande precursor dos artistas nipo-brasileiros em atividade no País, cuja obra praticou com finura e lirismo. Foi o mestre inconteste de duas gerações de artistas que nele tinham seu líder. PONTUAL, 259; JULIO LOUZADA, vol. 2, 489; TEIXEIRA LEITE, pág. 242; ITAU CULTURAL ; WALTER ZANINI, pág. 587.

462 - ARLINDO CASTELANE DI CARLI - (1910 - 1985)
Lance Livre - "Remanso do Perequê- Guarujá" - ost - 74 x 117 - cie
Com etiqueta do Primeiro Salão Rotário de Belas Artes de São Paulo e cidades adjacentes, 1965. - - Ver nota sobre o autor na descrição do lote 212 deste catálogo.

463 - MARCELO GRASSMANN - (1925)
Lance Livre - Moça - dn e a - 35 x 50 - cid - 1985
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 143 deste catálogo.

464 - AUTOR DESCONHECIDO, SÉC. XIX -
Lance Livre - Buscando ovos - ost - 40 x 33 - n/as.

465 - LIVROS -
Lance Livre - -
E. BENEZIT - DICTIONNAIRE DES PEINTRES, SCULPTEURS, DESSINATEURS ET GRAVEURS - TOME PREMIER - LIBRAIRIE GRÜND/1966. (8 VOLUMES)

466 - RENINA KATZ - (1925)
Lance Livre - "Permuta XXXIII: 2/2 Dionísio" - ser. 43/119 - 66 x 45 - cid - 1974
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 216 deste catálogo.

467 - SOBRAGIL GOMES CARÔLLO - (1896 - 1974)
Lance Livre - No morro - ost - 81 x 65 - cie - 1960- Rio
Pintor, desenhista e cenógrafo gaúcho, falecido no Rio de Janeiro, onde fixou residência. Foi aluno de Eugênio Latour, em Porto Alegre. Participou de todas as edições do SNBA-RJ, ganhando diversos prêmios, inclusive o de viagem ao exterior 1954. MEC. vol. 1, pág. 360; JULIO LOUZADA, vol. 1 pág 214; RGS, pág. 452. Acervo FIEO. -

468 - ALDEMIR MARTINS - (1922 - 2006)
Lance Livre - Peixe - ascce - 33 x 45 - cie
Com certificado de autenticidade do Estúdio Aldemir Martins-São Paulo. - - Ver nota sobre o autor na descrição do lote 005 deste catálogo.

469 - MARIA LEONOR APPE - (1933)
Lance Livre - Natureza Morta - ost - 60 x 40 - cid - 2012
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 219 deste catálogo.

470 - ALDO BONADEI - (1906 - 1974)
Base: R$ 90.000,00 - Natureza Morta - ost - 65 x 53 - cse - 1932
Reproduzido no convite e na capa do catálogo deste leilão. - Ver nota sobre o autor na descrição do lote 033 deste catálogo.

471 - NOEMIA MOURÃO - (1912 - 1992)
Lance Livre - Moça - dn e a - 25 x 18 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 221 deste catálogo.

472 - SILVIA ALVES - (1947)
Lance Livre - "Homenagem à Vincent" - ost - 70 x 50 - cid e d - 2010
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 222 deste catálogo.

473 - DIAS RAMOS - (XX)
Lance Livre - Paisagem - ost - 80 x 100 - cie e d - Itália
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 062 deste catálogo.

474 - INOS CORRADIN - (1929)
Base: R$ 3.000,00 - "Equilibrista ítalo-brasileiro" - ost - 70 x 50 - cie e d
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 028 deste catálogo.

475 - CACIPORÉ TORRES - (1932)
Lance Livre - Composição - e em b - h= 32 - ass.
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 225 deste catálogo.

476 - WALDOMIRO DE DEUS - (1944)
Lance Livre - "Carneiros na ruinha" - ast - 30 x 30 - cid e d
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 226 deste catálogo.

477 - EUGÊNIO DE PROENÇA SIGAUD - (1889 - 1979)
Lance Livre - Paisagem - ose - 27 x 17 - csd - 1956
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 051 deste catálogo.

478 - COLETTE PUJOL - (1913 - 1999)
Lance Livre - Ouro Preto - a - 30 x 23 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 228 deste catálogo.

479 - IWAO NAKAJIMA - (1934)
Lance Livre - " Esperança" - ast - 73 x 60 - cie e d - 1990 - São Paulo
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 231 deste catálogo.

480 - JOÃO TIMÓTHEO DA COSTA - (1879 - 1930)
Lance Livre - Paisagem - osm - 18 x 29 - csd - Rio - 1919
Pintor e decorador ativo no Rio de Janeiro, onde nasceu e faleceu. Ingresou na ENBA-RJ em 1894, onde foi aluno de Rodolfo Amoedo e João Zeferino da Costa. Expôs no SNBA-RJ entre 1906-1913, tendo obtido todos os prêmios, exceto o de viagem, que nunca pleiteou. Além de retratos, marinhas, cenas de gênero e gravuras em metal, deixou decorações em diversos edifícios públicos e particulares, como por exemplo no Copacabana Palace-RJ. O MNBA possui diversas obras suas. MEC, vol. 1, pág. 471; TEIXEIRA LEITE, pág. 508. ITAÚ CULTURAL, ARTE NO BRASIL, PONTUAL, pág. 522; ARTE NO BRASIL, pág. 556.

481 - J. CARLOS - (1884 - 1950)
Lance Livre - Art noveau - dn - 25 x 15 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 123 deste catálogo.

482 - ROBERTO MAGALHÃES - (1940)
Lance Livre - Animais Fantásticos - xilo. 89/100 - 50 x 71 - cid - 1963
Gravador e desenhista, praticamente autodidata, fez rápidos estudos na antiga ENBA, no Rio de Janeiro, sua cidade natal, onde é ativo. Desde 1963 participa de coletivas e salões, tendo recebido diversas premiações. É desenhista festejado pela crítica especializada. PONTUAL, pág. 328; ITAÚ CULTURAL; ARTE NO BRASIL, pág. 966; LEONOR AMARANTE, pág. 143. Acervo FIEO.

483 - MARCIO SCHIAZ - (1965)
Lance Livre - "Casario com igreja" - ost - 30 x 40 - cie e d
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 048 deste catálogo.

484 - GERSON DE AZEREDO COUTINHO - (1900 - 1967)
Lance Livre - Paisagem - ose - 21 x 27 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 236 deste catálogo.

485 - GAETANO MIANI - (1920 - 1992)
Lance Livre - Composição - dn - 55 x 44 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 235 deste catálogo.

486 - ELZA DE OLIVEIRA SOUZA - (1928 - 2006)
Lance Livre - Namorados - g - 32 x 19 - cie
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 073 deste catálogo.

487 - MANOEL NAVARRO - (XX)
Lance Livre - Gaúcho - ose - 27 x 20 - cie
Artista ativo em São Paulo, onde participou das mostras do SPBA, conquistando, entre outros, o II Prêmio Prefeitura de São Paulo (1948) e Grande Medalha de Prata (1976). Conceituado e fino retratista. JULIO LOUZADA, vol. 2 pág. 712

488 - NANÁ VIEGO - (1928)
Lance Livre - Figuras - tm e col. - 34 x 47 - cid - 1964
Pintora, desenhista e gravadora. Júlia Joana Morales Viego Schaeffer nasceu em Las Villas, Santa Clara, Cuba. Recebeu orientação artística de Frank Schaeffer, Augusto Bracet, José Assunção Souza, Edith Behring e José Lima. Radicada no Brasil desde 1949, fixou residência no Rio de Janeiro e casou-se com o pintor Frank Schaeffer. Realizou exposições individuais no Rio de Janeiro (1955, 1969) e em Bogotá, Colômbia (1974). Participou de inúmeras mostras e Salões oficiais, entre as quais, do Salão Nacional de Arte Moderna do Rio de Janeiro (1959 a 1962, 1973, 1975) e da XII Bienal Internacional de São Paulo (1973). MEC VOL. 4, PÁG. 473; www.mfvirtualgallery.art.br.

489 - JORGE MORI - (1932)
Lance Livre - Flores - grav. 6/50 - 36 x 24 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 269 deste catálogo.

490 - JOSÉ SABÓIA - (1949)
Lance Livre - Colhendo mangas - ast - 30 x 50 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 015 deste catálogo.

491 - MATY VITART - (1955 - 2002 (?))
Lance Livre - Lenhador - tm - 43 x 28 - ci - 1975
Pintora e ilustradora, nasceu em Marrakesh, Marrocos. Inicialmente fixada em Olinda (Pernambuco), inicia carreira como artista autodidata e aprende litografia no ateliê de João Câmara Filho. Expõe, pela primeira vez, no Museu de Arte Contemporânea de Olinda. Em paralelo a artes plásticas, realiza ilustrações para jornais e revistas. Entre as exposições de que participa, destacam-se: Bienal Internacional de São Paulo, 1976; Panorama de Arte Atual Brasileira, no MAM/SP, São Paulo, 1977/1980; Salão Nacional de Artes Plásticas, na Funarte, Rio de Janeiro, 1984 (Prêmio Aquisição). Segundo o crítico Paulo Klein, citado na obra do MEC abaixo, " À primeira vista, a obra de Maty Vitart, assim como o teatro alemão de Wedekind, aparenta ser uma sátira aguda, cínica e irônica, além de notavelmente subjetiva em seu manifesto. Porém, também neste caso, a deformação caricaturesca se desprende da base satírica, emite forças próprias e transforma os seres humanos em marionetes rígidas e mecanicamente manipuláveis. " JULIO LOUZADA vol. 9 pág. 908; ITAÚ CULTURAL; MEC, vol. 4, Acervo FIEO.

492 - ADELSON DO PRADO - (1944)
Lance Livre - Canavial - ost - 16 x 22 - cie - 1968
Baiano, Adelson do Prado recria, num ambiente singelo, costumes, paisagens e crenças de sua paisagem natal. PONTUAL, pág. 14; TEIXEIRA LEITE, pág. 14; WALMIR AYALA vol.2, pág.221; ITAÚ CULTURAL..

493 - FULVIO PENNACCHI - (1905 - 1992)
Lance Livre - Vila de pescadores - ser. 55/195 - 16 x 51 - cid - 1989
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 344 deste catálogo.

494 - ANTONIO GODOY MOREIRA - (1899 - 1975)
Lance Livre - Paisagem - ost - 40 x 30 - cid
Pintor e restaurador, que foi ativo no Estado de São Paulo. JULIO LOUZADA, vol. 10, pág. 386; Acervo FIEO.

495 - GEORGES WAMBACH - (1901 - 1965)
Lance Livre - Modelo - dl - 40 x 27 - cid - 1922
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 067 deste catálogo.

496 - FUKUDA (ROBERTO KENJI FUKUDA) - (1943 - 2008)
Lance Livre - Composição - lito. 104/199 - 70 x 95 - cid - 2004
Pintor, gravador e escultor nascido em Indiana, SP, e ativo na Capital. Filho de artista (seu pai é o pintor Tamotsu Fukuda), pinta desde cedo. Suas telas não passam desapercebidas, sejam pelas cores harmoniosas, vivas e vibrantes, sejam pela suavidade das composições, que tranquilizam o expectador. JULIO LOUZADA, vol. 11, pág. 120; ITAÚ CULTURAL; Acervo FIEO.

497 - ALFREDO EUGUL SAMAD - (XX)
Lance Livre - Colombina - ost - 116 x 74 - cid - 1986
Pintor argentino natural de Navarro, Provincia de Buenos Aires. Fixou residência no Brasil a partir de 1954. Expôs individualmente em Buenos Aires em 1951, participando de coletivas a partir de 1953, destacando-se: III Salão Nacional de Artes Plásticas do Rio de Janeiro (Gravura), Salão Museu de Arte Moderna -MAM-SP (Desenho) e III Salão Brasileiro de Arte (Fundação Mokiti Okada) São Paulo (pintura). Recebeu o Prêmio Aquisição no III Salão de Arte Contemporânea de Americana-SP.

498 - CARLOS ARAÚJO - (1950)
Lance Livre - Mulher - lito. 11/15 - 68 x 48 - cid - 1981
Com dedicatória. -Pintor, desenhista e litógrafo paulistano. Fez sua primeira individual em 1974, no MASP-SP, onde realizou outras exposições. Na sua obra observam-se elementos da pintura renascentista. Participou de diversas exposições coletivas, com sucesso de crítica e de público. Foi premiado em 1984 pela Associação Paulista de Críticos de Arte - APCA. JULIO LOUZADA, vol. 10, pág. 71; ITAU CULTURAL; TEIXEIRA LEITE, pág. 33.

499 - ALBERTO PINEDO - (1919)
Lance Livre - "Penumbra" - osm - 14 x 14 - cie
Pintor nascido em Sena Madureira, Acre. Assina A. Pinedo. Mudou-se para São Paulo aos sete anos e aos dezenove foi para o Rio de Janeiro onde iniciou sua formação artística com Levino Fânzeres e Oswaldo Teixeira. A convite de Ivan Serpa participa da fundação do Grupo Frente dos Pintores de Vanguarda sem, no entanto, aderir ao grupo. Mora em Brasília, DF, a partir de 1960 e volta para o Rio de Janeiro em 1983. Exposições individuais: Rio de Janeiro (1946); Brasília, DF (1978, 1980, 1992, 1994). Participa de várias coletivas e Salões oficiais: Belo Horizonte, MG (1945); Rio de Janeiro (1947 a 1952, 1976); Brasília, DF (1978, 1992). Prêmios: Belo Horizonte, MG (1944); Rio de Janeiro (1952); Brasília, DF (1978, 1992). JULIO LOUZADA VOL. 2, PÁG. 813; VOL. 6, PÁG. 686; VOL. 7, PÁG. 558; MEC VOL. 3, PÁG.397.

500 - ALDEMIR MARTINS - (1922 - 2006)
Lance Livre - Borboletas - grav. 52/100 - 17 x 13 - cid
- Ver nota sobre o autor na descrição do lote 005 deste catálogo.